Comentários
Mariana Ribeiro Mariana Ribeiro Author
Title: [REVIEW] PRETTY LITTLE LIARS - S07E05/06/07: ALONG COMES MARY/ WANTED DEAD OR ALIVE/ ORIGINAL G'A'NGSTERS
Author: Mariana Ribeiro
Rating 5 of 5 Des:
Finalmente depois de muito atraso, pelo qual me desculpo, volto com o comentário dos episódios anteriores, uma vez que a summer finale ...

Finalmente depois de muito atraso, pelo qual me desculpo, volto com o comentário dos episódios anteriores, uma vez que a summer finale já nos alcançou. Assim, assumindo um tom mais informal, comentarei alguns episódios nesse texto, e os dois últimos, anteriores à summer finale, no próximo texto. Daí, ficamos com uma review inteira para abordar nossas frustrações e contentamentos a respeito do episódio desta semana. 

Após Alison ser liberada e descobrir que seu marido não passava de um impostor, cujo nome real era Archer, acaba fazendo amizadinha com sua tia, Mary Drake, que, devo ressaltar, está bancando muito a vítima para o meu gosto. Em outras palavras, forçada é pouco né tia? Isso porque, no quinto episódio vimos uma Mary Drake contando sua tristeza por não poder ficar com seu bebê. Até aí tudo bem. Acontece, que com o passar dos episódios, como estamos vendo, cada dia temos mais revelações a respeito de Jessica, que está se tornando um verdadeiro monstro. 

Momentos altos desse quinto episódio: Aria recebe a proposta de se casar com Ezra – o que, como sabemos, está demorando mais do que o desejado para se concretizar –, e Noel Kahn aparece brevemente, para então sumir nos episódios seguintes. 

No episódio seguinte, o sexto, tivemos tudo mais centrado em Hanna resolvendo os problemas a respeito de seu casamento que não mais existe, já que o noivo não mais o é. E, além disso, tivemos Alison sendo atacada – coitada, não sei como aguenta tantas catástrofes em sua vida, ainda mais depois de ser roubada pelo fulaninho; muitos acertos de contas, de Emily com Jenna e Alison com sua tia “muito boa para ser verdade”; e, enfim, a quase revelação, e o bater botas de Sara, que, infelizmente ou whatever, deu adeus à trama. Essa revelação, obviamente, tem tudo a ver com Noel Kahn, que também deve ter sido responsável pelo sotaque britânico que tocou o terror na galera e não esqueçamos: entregou de bandeja a AD provas incriminadoras. 


Ok. Então até aqui acho que estava tudo caminhando tranquilo, e ao usar essa palavra, quero dizer um tranquilo bom, até que começou o arrastar. Sim, plots "nada a ver" para fazer o tempo passar mais rápido, tal como o de Ezra atrás de Nicole, aliás, quem é ela mesmo? Pois bem, é isso que eu, e também você deve estar se perguntando agora. Pelo menos, para quem não tinha percebido ainda, o que acho difícil, tivemos a confirmação de que se Spencer não ama mais Toby, ainda resta algo inacabado ali, como pudemos notar depois da afirmação de Toby sobre ir embora de Rosewood. Ai, ai...

Ah, tem mais: aparição de Jason. Baita susto isso sim, já ia achando que trocaram de ator de novo, mas enfim, era só um novo visual. Já Noel, nada de novo, não é? Sempre foi suspeito, até que desapareceu, para, então, reaparecer agora, sem mais nem menos. Simples e confuso, assim como a vida. Filosofias de lado, sabemos que o personagem está definitivamente envolvido em toda essa história de AD. 

Entretanto, as cenas finais, que por vezes esquecemos, também nos dizem muito, como, por exemplo, que Noel também está sendo manipulado pelo verdadeiro cabeça da operação vingança por Charlotte. Isso porque pudemos ver pastas com informações sobre as pessoas, e, inclusive, a de Noel sendo queimada. Será que este então já teria pago sua dívida com AD, ao, vamos supor, matar Sara? Entretanto, isso, infelizmente, riscaria o nome de Noel da lista, já que, ainda que tenha tomado parte de toda a trama, não é o chefe, e, portanto, não vai resolver nada ir atrás dele como insistem em fazer as liars

Além disso, temos o fato de que as liars encontraram um abrigo/ covil – como sempre – contendo informações sobre todas elas, menos sobre Aria, cuja pasta está nas mãos de AD para usos futuros, provavelmente. Bem que Aria poderia ser manipulada por AD, isso seria demais, ou, ao menos, diferente. 


Enfim, acho que para a audiência não dizer que não há explicações para muito do que já ficou para trás, acabamos por descobrir o que se passou daquela vez em que Jessica agiu estranho com Jason e não deixou o filho entrar na própria casa. Sabíamos que é porque tinha alguém lá dentro, mas não sabíamos quem. Só espero que com essa aparição de Mary Drake e algumas explicações, a série não esqueça de esclarecer muita coisa que ficou sem conclusão, uma vez que se pressupõe ser uma série policial/ de mistério. Porém, acredito ser difícil, dado a bola de neve que se formou com tanta informação e mistérios sobre mistérios sobre mistérios. 

Obs.: volto logo mais com a segunda parte dos comentários/crítica/tem horas que não sei mais o que estou escrevendo, então não me leve a mal. 
Reações:

Sobre o Autor

 
Top