Comentários
Ayla Aguiar Ayla Aguiar Author
Title: [LIVRO] RESENHA – UMA CANÇÃO DE NINAR
Author: Ayla Aguiar
Rating 5 of 5 Des:
Remy não acredita no amor. Sempre que um cara com quem está saindo se aproxima demais, antes que fique sério ou ela se machuque. Tant...

Remy não acredita no amor. Sempre que um cara com quem está saindo se aproxima demais, antes que fique sério ou ela se machuque. Tanta desilusão não é para menos: ela cresceu assistindo os fracassos dos relacionamentos de sua mãe, que já vai para o quinto casamento.
Então, como Dexter consegue fazer a garota quebrar esse padrão, se envolvendo pra valer? Ele é tudo que ela odeia: impulsivo, desajeitado e, o pior de tudo, membro de uma banda, como o pai de Remy – que abandonou a família antes do nascimento da filha, deixando para trás apenas uma musica de sucesso sobre ela.
Remy queria apenas viver um ultimo namoro de verão antes de partir para a faculdade, mas parece estar começando a entender aquele sentimento irracional que falam as canções de amor... 


Tá aqui um livro que eu demorei bastante pra ler. No caso dessa história, não me conquistou tanto quanto Os Bons Segredos, da mesma autora. Não que seja ruim, mas sabe quando poderia ter sido muito melhor e a autora não o fez? Pois é.

No caso desse livro, temos a história da Remy, que foi criada pela mãe, é uma adolescente normal, mas desacreditada totalmente no amor, vendo a mãe ir de um casamento ao outro sem durar muito, e atualmente começando o quinto. E que só quer sair da cidade na qual foi criada. Para isso, muda totalmente o foco nos estudos, indo de uma aluna regular ruim para uma excelente, garantindo uma vaga em Stanford, a qual ela irá logo após as ultimas férias de verão escolares depois da formatura. Ela nunca se sentiu de fato em casa com a mãe, eu acho. A Remy queria mais do que tudo sair dessa vida de cidade pequena, parada, e começar do zero e um lugar totalmente novo.

Nisso, eu concordo completamente com ela. Não que ela tenha tido uma criação ruim, só teve uma mãe basicamente meio ausente, deixando ela e o irmão muito por conta própria, pois a mãe se focou basicamente na carreira de escritora mediana, mas que acaba ganhando bem pelas vendas dos livros, e acho que posso incluir a família aqui como de classe média alta. E ela foi abandonada pelo pai antes mesmo de nascer, só tendo uma música feita para ela como lembrança. E com o dinheiro dos direitos autorais caindo na conta dela envolvendo a musica, é que a Remy vai poder pagar Stanford.

No quesito história de amor e amizades: primeiro que eu não gostei muito das amigas dela, a única que se salvou mesmo foi a menina que teve o namoro interrompido, pois o ex dela é um babaca, e segundo que a Remy tem 3 regras para os namoros: nunca deixar ficar sério (ela termina depois das primeiras semanas em que, nas palavras dela, é a melhor época), não deixar o cara partir seu coração e, em hipótese nenhuma, sair com um músico.

Só que depois de conhecer o Dexter, e de tanta insistência dele, começa o namoro... E ela não consegue seguir a regra de terminar, pois além de tudo, ele é musico, já está indo além das regras que ela se impôs, e tem Stanford no final das férias.

Agora, o bom do livro todo é, de fato, o aprendizado da Remy e do próprio Dexter, e por que não dos amigos dele também né. O conceito de vida, de amor, de tudo um pouco na vida dela mudou. E sim, eu amei o final. Só digo que ela foi pra Stanford. Achei simplesmente fantástico ela não mudar os planos por ninguém. Mesmo que o Dexter tenha mudado a visão dela. Acho que as três coisas que mais gostei foram: ela querer sair da influência da mãe, mudar, e querer um novo lugar pra recomeçar; mudar a visão de mundo e ver que nem tudo é como a gente pensa; e não mudar os planos por ninguém. Tenho um pouco desses três elementos na minha vida. Mas de resto, a historia foi bem mediana. 

Título:  Uma Canção de Ninar                                          Autor: Sarah Dessen
Editora: Seguinte 
Páginas: 352
Ano: 2016
Onde Comprar: Amazon

Reações:

Sobre o Autor

 
Top