Comentários
Dessa Piccinini Dessa Piccinini Author
Title: [LIVROS] RESENHA - LOBO POR LOBO
Author: Dessa Piccinini
Rating 5 of 5 Des:
O Eixo ganhou a Segunda Guerra Mundial, e a Alemanha e o Japão estão no comando. Para comemorar a Grande Vitória, todo ano eles organi...

O Eixo ganhou a Segunda Guerra Mundial, e a Alemanha e o Japão estão no comando. Para comemorar a Grande Vitória, todo ano eles organizam o Tour do Eixo: uma corrida de motocicletas através das antigas Europa e Ásia. O vencedor, além de fama e dinheiro, ganha um encontro com o recluso Adolf Hitler durante o Baile da Vitória. Yael é uma adolescente que fugiu de um campo de concentração, e os cinco lobos tatuados em seu braço são um lembrete das pessoas queridas que perdeu. Agora ela faz parte da resistência e tem uma missão: ganhar a corrida e matar Hitler. Mas será que Yael terá o sangue frio necessário para permanecer fiel à missão?

"O mundo dentro destas páginas poderia ter sido o nosso. E foi, durante um tempo e em um lugar, então devemos fazer o possível para não esquecer isso." - GRAUDIN, p 355.
Lobo por lobo não era uma novidade quando o vi na lista de lançamentos da Editora Seguinte. Eu já havia ouvido falar sobre o livro por booktubes gringas e havia me interessado pela premissa do livro. Quando o vi nos lançamentos fiquei feliz por ter a oportunidade de tirar minhas próprias conclusões do "e se..." que Graudin cria nas 360 páginas de seu livro. 

E se o Eixo tivesse ganho a 2ª Guerra Mundial? Se o Japão nunca tivesse invadido Pearl Harbor e, consequentemente, os Estados Unidos nunca tivesse entrado na guerra? E se Hitler tivesse dominado a Inglaterra e a Rússia? Devemos concordar que nada de bom sairia disso, certo? 

Lobo por Lobo nos narra a história de Yael, uma garotinha judia que conseguiu fugir de um campo de concentração e agora vive no mundo que Hitler sonhou: a Germânia. E não só isso, fora a América, o resto do mundo está dividido entre o que um dia foi Alemanha e Japão (existia a Itália, mas Hitler dominou esse também). A supremacia ariana foi alcançada o todo aquele que não se encaixava era levado para os campos de trabalho forçado, onde os seres impuros viviam. Yael faz parte da resistência: um grupo que pretende assassinar o Führer e começar um golpe de estado. Basicamente eles desejam começar uma segunda operação Valkiria. 

Para isso, Yael precisa entrar na corrida do eixo: uma corrida de motocicletas entre adolescentes de 13 a 17 anos que passa da Europa e chega até a Ásia. Mas, primeiro, ela precisa assumir o posto da última vencedora da corrida: Adele Wolf - a perfeita propaganda da raça ariana. 

Isso só é possível graças a uma habilidade que Yael conquistou no campo de concentração: a camuflagem. Ela não consegue se lembrar do rosto que tinha, seu verdadeiro rosto, mas consegue assumir qualquer rosto, contando que seja de uma mulher. Assim, Yael entra na corrida no lugar de Adele com uma única coisa em mente: ganhar e assassinar Adolf Hitler na frente das câmeras. 

Yael foi, de longe minha personagem favorita! Ela é forte, determinada e confusa ao mesmo tempo. Ela traça uma linha entre a vida e a morte e não está disposta a atravessá-la por qualquer um, ela não pretende se tornar uma assassina, não antes de matar Hitler. Ela entra em sua missão sem saber bem o que esperar, sem ter certeza do que encontraria pelo caminho, contudo, era fácil seguir a missão se não existisse a variável de relacionamentos no meio. 

Variável que é introduzida pro dois ótimos personagens: Felix e Luke. Felix é o irmão gêmeo de Adele que acaba entrando na corrida no último minuto para proteger a irmã de algo terrível. Conhece Adele como ninguém e sabe mais sobre a irmã do que Yael. Luke, por outro lado, parece um bad boy que faria de tudo para vencer e, no fim, acaba provando que realmente é isso, porém, ele também é algo mais e tem um passado desconhecido com Adele. 

Yael precisa enfrentar o labirinto das histórias de Felix e Luke para alcançar a linha de chegada e, principalmente, enfrentar suas próprias crenças e batalhas internas: nem todo ariano é o demônio e nem tudo é válido na guerra. 

Li Lobo por Lobo em um dia. Isso mesmo: eu comecei e foi impossível deixar de lê-lo. Eu precisava saber do final: ela conseguia? Felix descobria a verdade? Luke era um idiota completo? Eram tantas perguntas que precisavam de respostas... Yael nos fornece várias delas, nos contando sobre seu passado no campo de concentração, como adquiriu os poderes e como escapou do inferno. Mas ao passo que o passado é interessante e trágico, mostrando uma faceta que todos nós conhecemos da história mundial, é o presente criado pela autora que encanta e assusta. Um mundo ariano onde ser diferente é punido com a morte ou a escravidão: um futuro negro para a raça humana que, um dia, chegou a poder ser nosso futuro de verdade. 

Há um final em aberto, ou seja, sim, terá continuação (eu espero muito que a editora continue publicando) e eu estarei esperando loucamente por ela. Como fica a vida de Yael e dos nossos outros personagens depois da corrida? EU PRECISO SABER! 

Um livro com uma escrita fluída, história encantadoramente interessante e uma perspectiva de uma brilhante continuação, Lobo por Lobo deveria ser lido por todos: se transformou em um dos meus queridinhos! Com um toque de ficção científica e um pouco de imaginação sobre um dos períodos mais tenebrosos da nossa história mundial, fica aqui a indicação mais que merecida para Lobo por Lobo! 

"[...]: aquela que lhe deu propósito. 
[...]: aquela que lhe deu a vida. 
[...]: aquela que lhe deu a liberdade. 
[...]: aquele que lhe deu a missão. 
[...]: aquele que lhe deu a dor. 
[...] Aqueles foram os lobos que a levaram para a batalha" - p. 331.
  



AUTOR: Ryan Graudin
NÚMERO DE PÁGINAS: 360
EDITORA: Seguinte
LANÇAMENTO: 2016
ONDE COMPRAR: Clique aqui


Reações:

Sobre o Autor

 
Top