Comentários
Bruno Marcelino Bruno Marcelino Author
Title: [REVIEW] BLINDSPOT - S02E05: CONDONE UNTIDIEST THEFTS
Author: Bruno Marcelino
Rating 5 of 5 Des:
A produção da primeira temporada de Blindspot foi maravilhosa, todos os casos muito bem planejados, todos os personagens em seus devidos...

A produção da primeira temporada de Blindspot foi maravilhosa, todos os casos muito bem planejados, todos os personagens em seus devidos lugares e toda uma trama envolta do que realmente importava. Veio uma nova temporada e parece que os produtores, junto com os roteiristas, quiseram dar um reebot na série e não parece mais a série que eu vi a um ano atrás. Mesmo os casos da semana ainda serem ligados as tatuagens da Jane, a série já não é mais a mesma.

Desde que a primeira temporada terminou, meu hype para a segunda temporada estava elevado em um nível muito grande, até vir o primeiro episódio da nova temporada e jogar na nossa cara uma trama que não tem nada a ver com a temporada passada. Esperava que deixassem essa história em uma temporada mais para frente, talvez se só o irmão dela tivesse voltado e não a mãe dela, talvez seria uma temporada melhor.


A escolha da produção em fazer uma temporada onde já descobrimos quase tudo sobre o passado da Jane foi um erro muito grande, o que me prendia desde o começo que eu comecei a ver ‘’Blindspot’’ é o passado da Jane e quem foi ela antes de entrar no FBI. Todo esse mistério que rodeava a série já foi, basicamente, quase todo descoberto e o único mistério que tem ainda é o que Shepherd está planejando fazer e quem é a pessoa infiltrada dentro do FBI. Espero muito que a produção e os roteiristas arrumem essas pontas soltas se não a série vai perder toda a credibilidade que criou durante um ano.

Deixando as críticas de lado, os plots dos personagens estão sendo muito bem trabalhado e isso sem dúvida é um grande destaque para a série. Reade, que antes nem plot tinha, hoje é um dos plots que muito me prende e eu espero de todo coração que eles não estraguem o plot que criaram, e ainda mais agora depois que ele descobriu tudo o que aconteceu quando ele era criança. O romance entre Patterson e Borden é algo que eu nunca pensei ver e até que eu estou adorando, Patterson merece alguém que goste dela, é uma personagem que eu nunca conseguiria odiar. Percebo que Naz veio para estocar a falta que Mayfair faz, mas eu não consigo confiar nela, ela tem fonte dentro da Sandstorm e eu não duvido nada que é ela quem está passando informações para a quadrilha.


Muitos vão me odiar por eu falar isso mas, eu sinto saudades do romance do romance de Kurt e Jane, era algo que eu gostava de ver e quando os dois estavam juntos, Kurt não era o pé no saco que ele se tornou. Espero muito que eles arrumem esse personagem, não quero passar a odiar ele. E esse filho, de onde saiu a ideia de colocar um filho na vida do Kurt? Aonde vocês querem levar a essa história?


O episódio em si foi muito bom, muito superior aos outros 4, pecaram em colocar Allie como centro do episódio, mas foi um episódio bom. Espero que Blindspot comece a aprender com seus erros e não continuem fazendo essas coisas erradas. A série tem bons casos mas as histórias de fundo estão acontecendo rápidas de mais e o mistério que Jane era, já não é mais.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top