Comentários
Bruno Marcelino Bruno Marcelino Author
Title: [REVIEW] DESIGNATED SURVIVOR - S01E04: THE ENEMY
Author: Bruno Marcelino
Rating 5 of 5 Des:
Tom, nesse episódio, é realmente um presidente. Todas as suas ações foram muito bem planejadas e muito bem feitas. Toda a sua equipe se...

Tom, nesse episódio, é realmente um presidente. Todas as suas ações foram muito bem planejadas e muito bem feitas. Toda a sua equipe se mostrou muito forte, competente e mostrou serviço. A melhor coisa que o episódio mostrou foi que o presidente sabe tomar providencias, mesmo sofrendo pressão a todo instante, ele tomou as melhores decisões possíveis. Em "The Enemy" vemos o presidente, que antes era secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, hoje é um verdadeiro presidente. Foi uma enorme mudança e ele conseguiu administrar muito bem esse novo cenário na sua vida.

Kimble foi uma grande surpresa nesse episódio, mesmo ela sendo uma mulher forte e que seria uma ótima presidente, ela não é metade da pessoa que o Kirkman é e isso se mostra quando até para salvar uma pessoa de ser deportada ela precisa de algo em troca, talvez ela use isso contra a primeira dama e ameace fazer Maria voltar para seu pais de origem caso Alex não faça o que Kimble pediu.

Gosto muito da equipe do presidente, mesmo não confiando 100% na pessoa do Aaron, ele se fez de uma boa pessoa no episódio. Gosto de ver a dinâmica que criaram com ele e a Emily e essa tensão que é perceptível quando os dois estão junto em cena. Não tinha escolha melhor que colocar Seth nesse novo cargo, desde sempre percebemos o quanto ele é inteligente e gosta de falar com o público e eu espero muito que dê certo para ele.

O antigo plot do racismo voltou e eu gosto muito da atenção que a produção tem dado a ele, as escolhas do Royce por não deixar a Emily seguir junto do protesto foi a mais errada e o jeito que ela deu a volta por cima, mesmo sendo simples, foi muito boa. Gosto de ver a Emily sozinha, é uma mulher muito inteligente que sabe lidar com as situações de um jeito muito calmo. Quando Kirkman prendeu Royce, eu vibrei, e não foi pouco. Desde sua primeira aparição, ele vem se mostrando um verdadeiro babaca e merece tudo de ruim que possa acontecer com ele.

Com esse final, eu espero muito que a Hannah não desista do caso e que ela continue a caçar o verdadeiro mandante do crime, e eu sempre desconfie do MacLeish e espero que ele esteja envolvido com o que aconteceu, só assim ela vai poder mostrar que nem sempre os americanos são os bonzinhos. As escolhas do presidente em mandar os misseis, vão refletir muito no episódio que vem, talvez ele cedeu à pressão rápido demais e isso pode trazer graves problemas.


A escolha da ABC em colocar 22 episódios na série pode muito ajudar ou muito atrapalhar, devido a escolha de fazer isso com Quantico, tenho muito medo que isso pode atrapalhar o desenvolvimento da série, mas vamos ver no que dá.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top