Comentários
Bruno Marcelino Bruno Marcelino Author
Title: [REVIEW] EMPIRE - S03E04: CUPID KILLS
Author: Bruno Marcelino
Rating 5 of 5 Des:
Um alívio para Empire  que, depois de 3 episódio, que não foram os melhores da série, temos de volta a sensação de assistir a velha e b...

Um alívio para Empire que, depois de 3 episódio, que não foram os melhores da série, temos de volta a sensação de assistir a velha e boa Empire. Tudo ocorreu do jeito que deveria ter ocorrido, algumas coisas foram arrastadas e sem sentindo, mas foi uma melhora considerável, como disse na review passada, a série não anda em seu melhor momento.

Em "Cupid Kills" temos de volta a velha Cookie, lá da primeira temporada, uma mulher forte com muito para mostrar e não tem vergonha do seu passado. A cena dela ameaçando as socialites no banheiro foi uma das melhores coisas do episódio inteiro, sem dúvidas nenhuma. Taraji continua entregando uma personagem muito maravilhosa e muito amada por todos os telespectadores que assistem. Única coisa que falta na Cookie é deixar a dependência que ela tem do Lucious, ele ainda tem fortes influencias sobre ela e isso é visível, tanto que saiu ameça do Lucious para Angelo, ele mesmo deixa isso claro e isso irrita muito.


Não sei o que a produção está pensando em fazer o Andre entrar em um relacionamento, é tão sem nexo, o cara acabou de perder a mulher e já está com outra? Acho essa falha a mais grave do episódio inteiro e isso foi o que mais me chateou também. A cena dele ficando com Nessa e com a Rhonda foi muito sem sentido, não sei o que eles tentaram passar, mas não funcionou. A cena deles foi tão sem sentido que me surpreende, ele estava passando por um momento de luto e não está mais? Já acabou o sofrimento? Sei que é para ligar a "guerra" dos Lyons contra o Shine, mas, mesmo assim, chega a ser sem sentido.

Eu que pedi tanto para a Tiana ter mais tempo de tela, ela me aparece fazendo essa performance maravilhosa, não teve nenhum erro se quer. A produção usou muitos conceitos das performances da Beyoncé, mas manteve a originalidade da Tiana e eu adorei muito. A Tiana é uma personagem que eu sempre gostei. Desde a primeira temporada ela vem se mostrando digna de merecer um plot e um tempo maior de tela. E o que foi essa música? A junção de ópera com pop foi maravilhosa, uma das melhores músicas que Empire já fez.


Os flashbacks mostrando o passado de Lucious e Cookie, surpreendentemente, eu gosto de ver. O paralelo do passado dos dois com o presente é muito bom e eles estão vivendo tudo novamente, eu gosto disso. Cookie escolheu errado no passado e eu espero que ela não escolha novamente, Angelo é uma escolha segura para uma mulher que já sofreu muito e sofre até hoje. Espero que o relacionamento dos dois dê certo. Lucious não merece a Cookie de jeito nenhum.

Falando em Angelo, achei bem sacana da parte dele não avisar que era um evento de gala para Cookie, poxa, isso não se faz de modo nenhum e se ele quer mesmo ficar com ela, ele não deve cometer esses erros, pois são essas pequenas coisas que pesam na cabeça e tanto que Cookie ficou super chateada no outro dia. Falando no evento, o que foi ela na ópera? A cena dela aplaudindo a mulher foi maravilhosa demais.

O plot do Jamal está como um dos mais chatos, é previsível que ele vai se afundar nas drogas e vai acabar fazendo merda. Era um personagem que eu tanto gostava e representava o LGBT na música, hoje nem se quer toca no assunto. As cenas do Jamal com Lucious merecem ser citadas, e não vejo mentira nenhuma no que o pai dos Lyons disse: Jamal realmente é parecido com o seu pai e mesmo ele querendo ser diferente, ele mentiu para tirar Freda da cadeia e foi ingênuo mais uma vez.

Existe uma luz no fim do túnel para Empire e esse episódio veio para mostrar isso, espero que os episódio que estão por vim seja tão bom quanto esse.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top