Comentários
Bruno Marcelino Bruno Marcelino Author
Title: [REVIEW] DESIGNATED SURVIVOR - S01E07: THE TRAITOR
Author: Bruno Marcelino
Rating 5 of 5 Des:
‘ ‘ Um peão que pensa ser rainha.’’ Mais um episódio morno em DS . Não foi o melhor episódio, mas não foi o pior. A série tem se en...

Um peão que pensa ser rainha.’’

Mais um episódio morno em DS. Não foi o melhor episódio, mas não foi o pior. A série tem se encontrado nesse meio termo e nunca encontra um extremo. Muitas cenas foram colocadas para encher linguiça e foi um episódio com um plot central bom, mas plots avulsos muito chato. 

O plot do Leo sempre vai ser o pior. Juro que não consigo entender o motivo de colocarem um drama familiar no meio de tanto drama, fica muito cansativo e muito repetitivo e já era de se esperar que o pai do Leo fosse um bandido que vai fazer o Tom pensar várias vezes se cede ou não à chantagem do cara e isso vai render muitas cenas que não vai servir para nada e se a série não aprender com os próprios erros vai acabar se tornando uma série chata e muito repetitiva.


Outro problema, ainda, é o fato da Hannah não conseguir trabalhar com Tom para descobrir a verdade sobre MacLeish e isso me irrita muito pois acho que os dois fariam uma equipe e tanta para descobrir quem é o verdadeiro traidor. Estou muito ansioso para saber como a Hannah vai fazer as coisas andarem agora que ela descobriu quem é o Catalan e uma das coisas que é muito bom em DS é o desenvolvimento que estão dando para a investigação da série, espero que não demore muito para revelarem quem é o traidor e que a série não se torne um Quantico 2.0.

Uma coisa muito boa durante o episódio foi a dupla Emily e Aaron, eu tenho gostado muito de ver os dois trabalhando junto e mesmo eu ainda não confiando no Aaron totalmente eu gosto muito de ver os dois em cena, tem uma química muito forte e os dois são muito inteligentes – menos na parte de quererem colocar o MacLeish como VP – e espero que tenha algum romance aí no meio, seria um casal que eu muito gostaria de ver na série. E o que foi a Emily dando a ideia para resgatar o treinador da Rússia? Uma mulher muito inteligente que eu adoro.


Kirkman ainda se mostra muito ingênuo por confiar em todo mundo, isso é uma das coisas que ele não consegue aprender com o tempo, depois dele ter sido tão enganado acho que ele deveria ter aprendido com o próprio erro mas ainda assim ele continua sendo uma pessoa que confia em todo mundo e isso é uma coisa que eu espero que ele aprenda. As cenas do Tom com o embaixador russo foram uma das melhores coisas durante o episódio, as metáforas de xadrez foram tão boas que eu fiquei pregado na frente do computador durante todo o tempo.

Estou muito ansioso para saber quem é a pessoa que raptou o filho do chefe do FBI Jason Atwood, e eu não acho que o MacLeish está envolvido com o acontecido com o filho dele, mas ainda assim tenho meu pé atrás, principalmente depois da cena do Atwood indo falar com o presidente e ele estar lá na sala. Esse deputado me traz um sentimento muito ruim e tenho quase certeza que ele sabe de alguma coisa do atentado. E quando ele colocou os documentos na mesa de Jason só aumentou ainda mais minha suspeita, ele tem algo para esconder e não é pouca coisa.

Espero muito que coloquem Hannah e Kirkman juntos logo para começarem a verdadeira investigação, não sei o motivo dessa enorme demora sabendo-se que quem fez o atentado é americano e o presidente é ponto máximo da investigação. Os próximos episódios devem trazer muitas novas coisas para a gente.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top