Comentários
Ayla Aguiar Ayla Aguiar Author
Title: [REVIEW] ONCE UPON A TIME S06E07/S06E08 – HEARTLESS & I’LL BE YOUR MIRROR
Author: Ayla Aguiar
Rating 5 of 5 Des:
Esses dois episódios me trouxeram vários sentimentos: raiva, risos, orgulho de alguns personagens, confusão e amor. E mais uma vez eu...


Esses dois episódios me trouxeram vários sentimentos: raiva, risos, orgulho de alguns personagens, confusão e amor. E mais uma vez eu desisti de tentar entender essa série, e a lógica desses escritores depois de tudo. Enfim, vamos aos fatos.

S06E07
Então, nesse episódio eu vou ter que aplaudir a genialidade da Evil Queen. Minha gente, olha, foi uma coisa que ninguém imaginava né. Porque, como sempre, ela resolve começar metendo o caos na vida alheia certo. Ela resolve dá um ultimato para a Snow, a qual tem que entregar o coração (dela própria e do marido, por motivos óbvios) pra Queen num prazo de 12h, ou a cidade vai à falência ao ingerir agua do Rio das Almas Perdidas.

Claramente, galera vai à insanidade em busca de algo para contornar o problema: recorrendo a Bela, e até a Fada Azul. E nos flashbacks, temos o, finalmente e derradeiro, “primeiro encontro” da Snow e do Charming, o que me causou a confusão. Tiveram tantos ao longo da série, que mais um só me deixou confusa e ligeiramente irritada. Mas, não nego, achei lindo o motivo (apanha). A tal primeira faísca de amor verdadeiro criou uma planta que poderia prender a Queen em algum lugar, sem precisar de magia de sangue, e nem nada muito fácil dela quebrar.


E falando nessa planta, que diabos a Regina estava pensando em não reagir quando a Queen tomou a planta do nosso casal top 10? Sério amiga, o que foi isso? Regina, me perdoa, mas eu engoli muito a raiva. Mas voltando para Snow e Charming: meu objetivo na vida, não vou mentir. Eles foram fortes e lacrantes até o final, e as memorias quando eles pegaram a planta, incluindo aquela em que ele tenta salva-la, mesmo sem saber quem era. Olha, é muito amor, e foi dai que veio a primeira faísca de amor verdadeiro. Gorfei arco-íris demais.

Só antes de chegar ao final, Bela finalmente agiu de vez contra o Rumple, e ai dele tentar fazer alguma coisa contra ela e o bebê que ele vai ver mulher louca. Amei o que ela falou pro Rumple. Bem feito, ninguém mandou querer sempre seguir o caminho errado amore.

Sobre a Zelena: volta a ficar amiga da Regina fofa! Por favor, nunca te pedi nada, você viu o quanto a Queen tá pouco ligando pra você e a bebê. E Hook: pontos em seu favor amigo, depois dessa historia dos pais da Emma recontada de forma tão maravilhosa para a mesma. E ah, Reina/Evil Queen e Rumple: eca! Hook me representou bem com a careta quando ela falou sobre a química entre os dois, e a reação do pessoal foi tão boa quanto. Ri muito!



Agora sim, o final: a Queen teve uma ideia brilhante viu. Uma chacoalhada nessa série sempre é boa, e com essa maldição do sono compartilhada: olha, meus parabéns, viu. Mas uma coisa rápida: tem que ser só o beijo um do outro pra quebrar a maldição? Sei lá, não pode ser um beijo da filha? Enfim, gostei do mesmo jeito dessa maldição.

S06E08
Cheguei aonde eu queria: esse episódio, o sofrimento dele, o objetivo de vida: Snow e Charming se adaptando a vida da maldição compartilhada, família Swan Mills, e tanto amor.


Bom, o começo do episódio foi lindo, triste, amor e eu não minto que fiquei arrasada! Meu shipp goal tá tentando se ajustar a uma maldição compartilhada, e foi um conjunto de cenas mais fofas e triste que já vi nessa série: Snow e Charming são o casal mais fofo dessa vida, e quando eu pensei que só por que shippava os dois, estava livre de sofrer, tomei na cara. E a musica que acompanhou esse começo foi linda também.

E vamos pro segundo casal da historia, e o plot envolvendo as duas, e que tiveram um episodio basicamente só delas: Emma e Regina. Sim, falei casal, por que estava vendo basicamente quase sair um beijo entre elas duas nesse episódio. Então, graças a Deus existe uma Emma nessa série, pra impedir a Regina de se sacrificar. Acho que umas três vezes nesse episodio ela tentou fazer isso, e a Emma não deixou. Ai, elas de novo, elaboram um plano de prender a Queen, só que dessa vez dentro de um espelho, e um mundo atrás dele em que não se pode sair, é uma passagem só de ida.




Só que, como sempre, a Queen está um passo a frente, né?! O que já tá me dando uma certa raiva. Regina, meu bem, bora pensar como Evil Queen também, afinal, ela era parte sua né, não?! E quem vai parar no outro lado do espelho é Emma e Regina! E claro, a Queen assume o papel do seu lado “defeituoso” (olha o jeito de falar da Regina, respeita!), e diz que a Emma foi atrás do Dragão, o chinês que apareceu no final da quinta temporada. E a mitologia grega se recusa a ir embora de vez: o martelo

Enquanto isso, Gold tá louco nas drogas e acha que pode se impor a Bela, e o Henry tem que ir a um baile com a Violet. Regina e Emma resolvem tentar se comunicar com ele do outro lado, mesmo sabendo que as chances são mínimas disso acontecer. Mas vindo dessa serie, isso acaba acontecendo, e é quando o Henry começa a desconfiar, momentos antes do baile. Só pra logo depois a própria Queen se entregar. Eu ri, bem feito. Até a Violet ajudou o Henry a sair da enrascada e das vistas da mulher. Fofa.



Voltando as duas senhoritas presas no outro lado: faltou de explodir de fofura e amor delas pra tentar sair dessa situação. Inclusive, foi graças ao Dragão, que foi banido pela Queen pra lá também. Assim, ele mostra que o Sidney estava tentando construir um tipo de “porta dos fundos” do lugar. Ou seja, um espelho que servia de porta de saída pra Storybrook. Mas né, a Queen tá atacando do outro lado, e como ela tem o coração do Dragão, ela acaba colocando tanto as duas em perigo extremo, como o Henry contra a parede, para começar a tornar o coração do menino negro.

Quis tanto esbofetear essa mulher quando ela colocou o Henry pra esmagar o coração do Dragão e salvar as mães, levando um inocente no processo. Enquanto isso, as duas estavam tentando fazer o bicho lá virar a magia pro espelho, e assim quem sabe elas abririam a porta, e de novo: Regina quis se sacrificar, Emma não deixou e rolou o melhor, mais e lindo e amor de dialogo nessa vida entre as duas. Regina queria entrar no meio e fazer o dragão se desviar da Emma, pra ela ir pro Henry e a Emma teve a melhor reação. E não foi a primeira vez que aconteceu mais ou menos isso nesse episódio. E as duas lutando juntas, ai que maravilhoso. Além do mais: Henry foi extremamente sagaz. Aee Henry, arrasou hein!


E pra finalizar a review dupla: como sempre eca pro Rumple e a Queen. E relacionamento abusivo pra cima de mim não viu. Bom, o melhor disso tudo é que eles dois nunca foram a Bela e a Fera pra mim, e mesmo assim não justifica essa imposição do Rumple na vida da Bela, sai dai amigo! Tu nem devia está aqui, querido. E Zelena, finalmente você está acordando amore? Por que já está em tempo viu. Ajudando a Bela, mesmo que meio contra a vontade de inicio, mas ainda assim. E Snow e Charming: coração partido, quero logo que quebrem essa maldição, por favor! E descubram um jeito de tirar a Queen da jogada!


P.S: A cara de mães orgulhosas no final, pro Henry com a Violet, é amor demais e não sei lidar até agora. 
Reações:

Sobre o Autor

 
Top