Comentários
Gabriel Fernandes Gabriel Fernandes Author
Title: [GAMES] HALF-LIFE 3 PODE NUNCA SER LANÇADO, SEGUNDO FONTE DA VALVE
Author: Gabriel Fernandes
Rating 5 of 5 Des:
Em uma entrevista com uma fonte da Valve feita pela Game Informer  parece ter acabado com o pouco de esperança que os fãs ainda tinham...

Em uma entrevista com uma fonte da Valve feita pela Game Informer parece ter acabado com o pouco de esperança que os fãs ainda tinham por uma sequência do tão aclamado Half-Life 2.

Half-Life 3 é tão esperado que já é uma piada na internet, mas isso não impede os fãs de ainda terem esperança de uma continuação. O jornalista Andrew Reiner, que fez a entrevista, depois de muito tempo e muitos emails mandados a desenvolvedores e ex-desenvolvedores da Valve, conseguiu que uma pessoa falasse sobre Half-Life e a Valve, o que até então parecia ser um assunto proibido. Logo no início da conversa, a fonte já afirma que Half-Life 3 não existe e nunca foi anunciado, e sim Half-Life: Episode Three:
Half-Life 3 não existe. A Valve nunca anunciou um Half-Life 3. O mais próximo que eles chegaram disso foi depois de Half-Life 2, quando eles falaram que teria três episódios. Tivemos apenas dois deles. Isso é discutivelmente uma promessa não cumprida. Eu apenas menciono isso porque às vezes é frustrante quando as pessoas simplesmente assumem algo sobre o futuro. Por elas quererem falar sobre o futuro, a fantasia começa a se tornar real em suas mentes, mesmo que elas tenham uma forma completamente diferente no lado do desenvolvedor.
Como Half-Life é um marco na história dos jogos, a Valve tem um grande desafio em fazer um jogo a altura do que esperamos, de acordo com a fonte, vários projetos já foram imaginados por várias pessoas na Valve, mas nunca chegaram a se juntar antes do projeto ser descartado ou acabarem indo para outro projeto:
Ao longo dos anos, provavelmente já teve muitas pessoas dentro do estúdio provavelmente desde 2005 trabalhando em coisas que elas imaginariam do que seria Half-Life 3 ou Half-Life: Episode 3. Se você conversar com pessoas lá, Você vai obter informações exclusivas sobre o projeto a partir deles, e para cada uma dessas pessoas, é correto, mas será diferente para a próxima pessoa que você conversar. Esses duas pessoas podem ter trabalhado com o mesmo projeto em mente, mas nunca ligado internamente para conectar as peças antes de ser descartado ou se mudaram para um projeto diferente.
 Reiner ainda questiona se a Valve não entregaria para uma desenvolvedora terceirizada para finalizar o jogo:
Se você está tentando cuidar dos fãs, dar para um desenvolvedor third-party provavelmente não é a melhor forma de fazer isso. Não teria a alma que o jogo precisaria ter. Até mesmo muitas pessoas dentro da Valve estão diferentes, então essa credibilidade também não está lá necessariamente. O que eles não querem fazer, em um tipo de situação como o de George Lucas, é entregar algo como Star Wars: A Ameaça Fantasma. Talvez não tenha como evitar isso. É tão tentador. Mas a realidade é que as expectativas são altas. Onde está o limite? Se eles não alcançarem isso, as pessoas ficarão desapontadas. Este será o legado.
Reiner afirma que confia na fonte, mas que mesmo assim é bom considerar essa informações com cautela, a menos que a Valve confirme essas informações, mas depois disso fica quase certo o fim dessa história, não era o que esperávamos, mas pelo menos foi um final. A entrevista pode ser encontrada aqui, nela tem muitas informações como o desenvolvimento de jogos funciona diferente na Valve e algumas outras peculiaridades, é bem interessante.
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top