Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] NCIS: NEW ORLEANS - S03E11: LET IT RIDE
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
 “Like hell you're going at it alone.” – Christopher Lasalle Senhoras e senhores, lhes apresento meu novo episódio favorito. Let ...
 “Like hell you're going at it alone.” – Christopher Lasalle

Senhoras e senhores, lhes apresento meu novo episódio favorito. Let It Ride me fez lembrar de Leverage, Las Vegas e me deixou sorrindo quase que o tempo todo. Foi dramático, divertido, interessante e deixou um bom arco para ser retomado ao longo da temporada. Que King iria ficar extremamente revoltado com a morte de Eliza já era de conhecimento geral da nação. Ainda mais porque ele acabou se sentindo culpado pelo ocorrido. Mas vê-lo ameaçando Javier na porta da igreja fez com que eu já soubesse que o episódio ia prometer.

Algumas coisas que aconteceram foram bem previsíveis, como todo mundo apoiando Pride cegamente. Porém houveram outras que me pegaram de surpresa. Fiquei um pouco cismada com toda essa questão do Javier ter morrido, principalmente as circunstâncias que levaram à morte dele. Que o Hamilton não era o prefeito mais honesto do mundo, isso eu tinha certeza. Agora, partir para assassinato para encobrir alguma coisa? Nunca imaginei que ele fosse capaz de tal. Quer dizer, as evidências estiveram ali o tempo todo. Acho que nunca quis acreditar que ele seria um dos grandes vilões. 


Quanto à operação organizada por Dwayne para conseguir pegar Garcia: genial. Digna de um episódio de Leverage mesmo. Acreditem quando eu digo que não consigo encontrar palavras para descrever o episódio, porque fico tentando pensar e só consigo me lembrar de tudo o que me fez rir e me fez amar ainda mais essa série. Mas, quando o assunto é King, só consigo defini-lo como incrível. Mesmo com o sangue subindo à cabeça, ele se manteve focado em pegar o real assassino de Eliza. E conseguiu.

Agora o que vem pela frente é que vai ser bem interessante. Afinal, antes de Javier morrer, ele só deu o nome de Hamilton. Quero muito saber o que é essa treta de Douglas, porque parece ser pior do que o Ciudad Natal. E ainda vai ficar tudo pior, porque todo mundo já sabe que King não é lá o maior fã do prefeito, então pode ser que tenhamos várias ótimas cenas entre os dois. Só espero que os escritores jamais considerem a ideia de fazer com que Pride entre para qualquer tipo de cargo na prefeitura. Não é a cara dele.


Como sempre tenho que falar sobre como meu badass baby anda me trazendo mais e mais orgulho. Primeiramente por reconhecer que, talvez, se tornar um agente de campo não tenha sido a melhor ideia que ele teve. Em seguida por topar fazer parte da operação de King em um dos papeis mais perigosos e por ter derrubado os dois seguranças com o taco de golfe. Se eu quero ele imediatamente aprovado no FLETC? Sim! É óbvio. A equipe merece o Sebastian mais do que tudo. Afinal, ele tem que roubar o título de probie da Gregorio.

Sim, para a tristeza de muitos fãs da série, Tammy continua firme e forte trabalhando com a equipe. Para mim não foi nenhuma surpresa, porque ela realmente é uma boa agente. Mas, como sempre, vai ter quem é a favor ou contra algumas situações. Como, por exemplo, eu fui extremamente a favor de não ter tido Loretta no necrotério. Já disse uma vez que queria um episódio em que ela faz todo o trabalho investigativo e, depois de ter gostado de trabalhar disfarçada, espero que meu pedido seja atendido.

Além disso, também gostei muito de ver Patton lidando com seu vício em apostas. Não consigo nem imaginar como deve ser difícil ter que ficar frente a frente com o antigo vício, mesmo que para ajudar alguém da família. Ele foi muito forte por ter persistido nisso. E claro, não posso me esquecer de Chris e Sonja. Afinal, não tem dupla melhor do que os dois para trabalharem juntos. A amizade deles só aumenta e isso está ficando bom demais de assistir. Não sei onde vai dar, mas estou gostando bastante.

P.S.: Country mouse for the win! Os diversos sorrisos do Lasalle nesse episódio me deixaram amando ele ainda mais <3
P.S.2: Não fiquei nem um pouco impressionada com King não ligando caso Javier morresse. Acho que, no fundo, era o desejo dele.

“I promised her I'd protect her. From you. Now I'm promising you, one way or the other, you're gonna pay for this.”– Dwayne Cassius Pride
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top