Comentários
Tatiana Dantas Tatiana Dantas Author
Title: [FILMES] CRÍTICA #86 - A BELA E A FERA
Author: Tatiana Dantas
Rating 5 of 5 Des:
Finalmente a tão esperada adaptação em live-action de A Bela e a Fera saiu nas telonas, e com ela veio a questão: não dá para agradar ...


Finalmente a tão esperada adaptação em live-action de A Bela e a Fera saiu nas telonas, e com ela veio a questão: não dá para agradar todos não é mesmo?

Vi muitas reclamações em algumas críticas pela adaptação ser extremamente fiel ao desenho. Mas não era essa a intenção?
Com comparações a Malévola, que muitos não gostaram por não ser tão fiel, louco isso né?

Agora se as reclamações forem pelo CGI bem porco usado, vou ter que concordar.
Bill Condon traduz bem mal feito a animação delicada que crescemos vendo com os efeitos visuais mal feitos. Responsável pelo efeito visual da Reenesme em A Saga Crepúsculo - Amanhecer, não se redimiu dessa vez. Após Mogli foi chocante ver essa recaída da Disney em A Bela e a Fera. 

O que salva também o filme são as ótimas atuações, mesmo os efeitos visuais dos objetos/servos do castelo sendo ruins, a dublagem de Ewan McGregor (Lumière), Ian McKellen (Cogsworth ou Horloge) e Emma Thompson (Mrs. Potts ou Madame Samovar), entre outros, dá bastante graça e vida ao filme. Se destacando tanto quanto Dan Stevens como Fera.

Emma Watson não decepciona, dando vida a uma Belle além das expectativas, a personagem tão amada por anos. Luke Evans como Gaston ficou ótimo como macho alfa e suas bobagens. Josh Gad aproveitou bem os timings cômicos dando seu momento para LeFou, a tão polêmica versão gay que só evidenciou o que estava enrustido na animação nos anos 90. E que mais personagens não evidenciados coloquem a cara no sol mesmo, obrigada Disney por isso.

Novas canções como "Days in the Sun" e "Evermore", ainda que assinadas por Tim Rice e Alan Menken, aproveitam para explicar sua exclusão na animação anterior apenas. Porém foi bastante nostálgico todas as outras canções já conhecidas e se mantendo fiéis as versões originais, uma pena a mais esperada como “Be Our Guest” ter sido boa parte estragada pela animação ruim, mas salva pelo talento maravilhoso musical de Ewan McGregor.

No geral é um bom filme, seguiu fiel a animação, mas decepcionou nas expectativas gerais, e principalmente, visuais. Por isso remakes e adaptações do que já por si só é lindo, é bastante arriscado. Raramente serão melhores que suas primeiras versões, que é o caso de A Bela e a Fera.

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top