Comentários
Yngrid Oliveira Yngrid Oliveira Author
Title: [LIVROS] RESENHA - EU TE DAREI O SOL
Author: Yngrid Oliveira
Rating 5 of 5 Des:
Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na mel...





Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.
Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.
Contado em perspectivas e tempos diferentes, EU TE DAREI O SOL é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar.





Eu peguei “eu te darei o sol” depois de ter lido “o céu está em todo lugar”, pois gostei da história e da escrita, mas sem esperar muito do livro, achei apenas que seria bacana e gostosinho de ler com o outro. Então imaginem minha surpresa e felicidade ao descobrir um livro maravilhoso em tantos aspectos...
Este livro conta principalmente uma história de amor, mas não um romance convencional, e sim um amor de família, entre pais e filhos e entre irmãos, um amor que pode fazer sofrer, mas que mesmo sofrendo tem a capacidade de suportar, esperar e perdoar.  
Noah e Jude, personagens principais, são irmãos gêmeos e os capítulos se alternam com suas narrativas:
 Noah narra à vida deles aos 14 anos, quando ele é introvertido, considerado esquisito, um artista que vê o mundo como uma obra de artes com paletas, cores e quadros pintados dentro da sua cabeça, tudo é arte e expiração para fazer arte. Sua mãe, aficionada por esse mundo da arte, quer colocar os dois filhos numa escola que possa ajudar no desenvolvimento e crescimento na qualidade das obras dos filhos. Porém Jude, apesar de fazer umas esculturas na areia, não se sente atraída por tal opção de escola, pois considera esse mundo algo para o irmão, de uma forma até invejosa já que na cabeça dela claramente a mãe tem um favoritismo pelo Noah, o fato de ela ser mais comunicativa, esportista e popular só fortalece essa visão e faz com que enxerga outro futuro para sua vida. Todas essas características da irmã faz com que Noah veja uma preferência do pai por ela. 
Assim, como todos irmãos e ainda por cima gêmeos é claro que há uma competição pela atenção dos pais nessa idade, o que pode até saudável e normal dependendo da forma que estiver sendo levada. Como são da mesma idade competem pelo mesmo amigo também, o que é diferente já que é uma disputa pelo relacionamento que ambos gostariam de ter com ele. Para Noah porém, é algo mais sério pois é realmente apaixonado pelo amigo enquanto Jude só quer implicar com o irmão. Independentemente do ciúme que comumente possa existir eles se amam e tem aquela ligação que todos dizem que pessoas geradas ao mesmo tempo têm.  Entretanto uns acontecimentos mudam o rumo dessa família e parece que tudo muda de lugar, o mundo deles se inverte.

"Não sei como é possível, mas é: uma pintura é ao mesmo tempo exatamente igual e diferente todas as vezes que você olha para ela. É assim que as coisas são entre mim e Jude agora"

Jude narra à história quando eles estão com 16 anos e é como se eles tivessem trocado de personalidades. Devido às tragédias da vida Jude acaba escondendo-se dentro de si mesma, passa a ter supertições e alucinações, que embora seja trágico trás humor para a narrativa dela. Já Noah assume uma personalidade para se encaixar num mundo que não o aceita e que ele mesmo não se aceita, o que acontece de uma forma tão severa que é difícil reconhecer ou encontrar o menino amante da arte de outrora. 
Os acontecimentos e as decisões de cada um os afastam, os transformam e os entristecem, mas o tempo e o amor tem o poder de curar, cabe a eles permitirem esse reencontro entre eles e com eles mesmos.

Minhas impressões:
1- Jandy Nelson, a autora, evoluiu muito sua escrita de um livro para o outro. Confesso que este foi o livro com a escrita mais bonita que já li, é maravilhosa, muito tocante e poética;
2- É uma história muito profunda e com problemas reais;
3- Personagens completos e envolvente;
4- Os temas secundários são muito interessantes e polêmicos, como por exemplo, o fato dos pais incentivarem a competição entre os filhos e como isso pode ser nocivo;
5- A narrativa trás uma mensagem com o amadurecimento dos personagens, mostra o quão o amor e o perdão são importantes para curar cicatrizes da alma e como sempre existe a possibilidade de recomeça enquanto ainda houver vida.

"Talvez uma pessoa seja feita de várias pessoas. Talvez estejamos acumulando novas personalidades o tempo todo. Carregando-as ao fazermos nossas escolhas, boas e más, enquanto erramos, organizamos, perdemos a cabeça, encontramos nossa cabeça, desabamos, nos apaixonamos, sofremos, crescemos, nos retiramos do mundo, mergulhados no mundo, ao criarmos coisas e destruirmos coisas."





TÍTULO Eu te darei o sol
AUTOR:  Jandy Nelson
EDITORA: Novo Conceito
PÁGINAS: 384
ANO: 2015
ONDE COMPRAR: Amazon

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top