Comentários
Camila Rheinheimer Camila Rheinheimer Author
Title: [REVIEW] SUPERNATURAL- S12E14 & E15: SOMEWHERE BETWEEN HEAVEN AND HELL
Author: Camila Rheinheimer
Rating 5 of 5 Des:
5... 4... 3... 2... - Parem! Esperem aí. Onde é que vocês pensam que vão? Plunct Plact Zum Não vai a lugar nenhum! Plunct Plact Zum ...
5... 4... 3... 2...
- Parem! Esperem aí.
Onde é que vocês pensam que vão?
Plunct Plact Zum
Não vai a lugar nenhum!
Plunct Plact Zum
Não vai a lugar nenhum! [...] ♫  ♪


Será que alguma palavra consegue definir o que foi essa enxurrada de referências nesse último episódio? Se piscasse, perderia alguma das pérolas encantadoras, apresentadas para quem sabe apreciar variedades de gênero cinematográfico e televisivo.

Depois de um episódio passado, todinho envolto em tensão do contar ou não contar para Dean, do dar voltas e voltas até persuadir Dean... Sam D E S E M B U C H O U e tivemos o tão aguardado episódio que conseguiu, finalmente, fazer a temporada dar um passinho pra frente...


E foi assim que começou:
Glenn, Glenn, Glenn

Negan manda lembranças 
aos irmãos Winchester;


O caso da semana foi maravilhoso, pois o inimigo enfrentado era ninguém mais, ninguém menos que Ramsay Bolton! OPS! Mas espera aí, série errada! Não?


Ramsay virar um cão do Inferno faz todo o sentido, 
dentre todos os 7 Reinos; 




Quem também vibrou com o codinome que Sam adotou para ocultar a identidade da Turminha Britânica das Letras? F R O D O <3

Frodo calling Sam


Um Anel;


Castiel recebendo um empurrãozinho para o Céu, para quem sabe, angariar aliados Celestiais contra Rosemary Kelly Kline e o filhotinho Infernal...

Nunca irei me acostumar com essa passagem para o Céu


O episódio também serviu para alimentar o contexto nostálgico, pois matou um pouco daquela saudade em nossas almas e corações, de termos novamente em nossa telinha uma certa CofCof  'Parceria' entre a dupla Crowley & Dean. 

Saudades Karaoke


Dean usando esse óculos, com essa armação, não tem preço;


E finalizando essa festança, a festa interrompida foi a do amado e idolatrado Tio Luci. Eu bati palmas para Crowley, Sim Senhores. Não consigo não torcer por ele. Mesmo tendo quer ficar contra Lucifer. 


Escolha difícil fazer eu tive. M A S;

De novo. Não foi dessa vez. De novo.


Dentre tudo isso que tivemos, o que M A I S me surpreendeu, foi a atitude adulta, honesta e racional de aceitação de Dean, quanto a união com os Letrados Britânicos. E ai, essa jogada foi correta? O último peão Americano tão desejado, ficou em risco ao pisar no tabuleiro dos elegantes protetores da Rainha?

Eu realmente não sei.


PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top