Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: [CINE DDS] OS BONS COMPANHEIROS
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
“Desde que me lembro, sempre quis ser um gangster. Para mim, ser gangster era melhor que ser presidente dos Estados Unidos.” É ...

“Desde que me lembro, sempre quis ser um gangster. Para mim, ser gangster era melhor que ser presidente dos Estados Unidos.”

É hora do Cine DDS adentrar no mundo da Máfia! E deixem de lado a visão romântica e bem construída do Poderoso Chefão. Em Os Bons Companheiros temos a máfia de uma maneira mais crua. Sendo considerado por muitos um dos maiores filmes sobre a máfia já feito, vamos adentrar na vida de Henry Hill e em como ele vai ascender nesse meio.

Entre as grandes curiosidades do filmes está o fato de ser baseado em fatos reais, Henry Hill morreu em 2012. Além disso, vários mafiosos andavam pelos sets dando dicas sobre o que estava certo ou errado. O filme busca desmistificar aquela ideia de honra ao extremo que O Poderoso Chefão apresenta, mostrando que os mafiosos são movidos por dinheiro, deixando a honra de lado e por vezes sendo explosivos sem medir consequências.

Henry Hill (Ray Liotta) é um garoto metade irlandês que faz pequenos serviços para alguns mafiosos do bairro. E é aí que, aos poucos, ele vai crescendo e sendo inserido nesse meio. Um dos momentos marcantes do filme é quando ele acaba preso e, ao ser interrogado, demonstra uma lealdade extrema que deixa todos os mais velhos orgulhosos.

Os "bons companheiros" do título são, além de Henry, Tommy DeVitto (Joe Pesci) e Jimmy Conway. O primeiro é um italiano que vive com a mãe e que é altamente explosivo. Esse temperamento acaba por ditar várias das histórias do filme. Já Conway (De Niro) é outro meio irlandês que sempre se dá muito bem em roubos. Ele é o cara que arranja o dinheiro pra eles, graças à suas fontes e planos.


A trama vai passar por todo o crescimento de Henry e seu envolvimento com a máfia, mas vai tomar rumos ainda melhores quando ele conhece Karen. Ela que viria a ser sua esposa e mãe de seus filhos é uma personagem central, uma vez que, mesmo que ele cometa diversos deslizes, ela sempre está lá com ele. 



A relação da máfia é muito bem apresentada, principalmente quando eles acabam sendo presos e aos poucos Henry vai decidindo seguir seus caminhos sozinho, entendendo a falta de apoio que ele possui dos grandes. Paul Cicero (Paulo Sorvino) é talvez o principal integrante que representa essa relação. Quando Henry começa a seguir por caminhos que a máfia não aprova (leia-se, drogas), Paul é o primeiro a cobra-lo para dar um fim nisso. 

O filme é uma lição sobre como não devemos endeusar esses vilões, ao mesmo tempo que Hollywood teima em mostrar o contrário. Mas vamos combinar, o vilão sempre parece ser bem mais interessante não é mesmo?


Nota: 9,5/10

Nome Original: Goodfellas
Ano: 1990
Direção: Martin Scorcese
Roteiro: Nicholas Pillege e Martin Scorcese
Elenco: Robert De Niro, Ray Liotta, Joe Pesci, Lorraine Bracco, Paul Sorvino, Frank Vincenti, Samuel L. Jackson, Michael Imperioli
Duração: 148 minutos
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top