Comentários
Jéssica Ohara Jéssica Ohara Author
Title: [REVIEW] FEUD - S01E08: YOU MEAN ALL THIS TIME WE COULD HAVE BEEN FRIENDS?
Author: Jéssica Ohara
Rating 5 of 5 Des:
Quando eu vi What ever happened to baby Jane?  a frase que mais me marcou foi essa que é o titulo do episódio: "Quer dizer que, ...


Quando eu vi What ever happened to baby Jane? a frase que mais me marcou foi essa que é o titulo do episódio: "Quer dizer que, todo esse tempo, nós poderíamos ter sido amigas?". 



As vidas de Joan Crawford e Bette Davis foram difíceis em muitos sentidos, começando pelo fato de serem mulheres e só por isso serem obrigadas a se provar mais do que os homens e a serem julgadas muito mais também. Além de escolherem uma profissão que é conhecida por ser manipulada pelas grandes empresas de entretenimento. Um caminho rodeado de intrigas, vícios, alegrias fugazes e uma constante busca de reconhecimento(que nunca é o suficiente para satisfazer o ego)

Sim, as duas não eram santas. 

Elas são responsáveis também pelo o que aconteceu, o egoísmo e a ambição as levaram para a degradação. O que não nos impede de sentir pena do que aconteceu e de como dois talentos foram tão desperdiçados. Na última cena de Feud, senti um aperto muito forte, talvez pela história ser real, e até por já saber qual como terminava. Desde o inicio sabia que não teríamos nenhum final feliz, mas mesmo assim não estava preparada para a melancolia que se seguiu.

Quanto ao episódio em si, acho que tivemos menos de Bette do que gostaria. Mesmo assim as cenas dela foram marcantes,poucas vezes consegui realmente sentir a entrega de uma atriz a personagem como vi em Susan Sarandon, a ponto de no final as estar achando realmente parecidas fisicamente. Talvez de hoje em diante eu nunca mais deixe de conectar as duas atrizes.

Gostei de como eles mostraram a vontade das duas de continuar trabalhando e dos sacrifícios feitos para continuar na mídia. Eu nem preciso ver Trog para saber que é uma das piores coisas já feitas.

Eu me despeço dessa mini-série com um misto de felicidade e profunda tristeza. A primeira por ter a oportunidade de ver algo tão bem executado pois apesar de algumas falhas, Feud conseguiu manter um nível muito alto, bem além do que eu esperava. 

E a segunda por saber que histórias assim vão continuar acontecendo, não precisa nem ser no meio artístico, o tipo de solidão retratado aqui é uma praga na nossa sociedade, onde as pessoas se sentem só no meio da multidão.

Foi um prazer acompanhar e escrever as reviews, muito obrigada e até breve!



Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top