Comentários
João Carlos João Carlos Author
Title: [REVIEW] LAW & ORDER: SVU: S18E13E14 - GENES/NET WORTH
Author: João Carlos
Rating 5 of 5 Des:
Depois de mais um longo hiatus , um mês sem episódio, a série volta com um bom episódio. A série está com sérios problemas na sua agend...

Depois de mais um longo hiatus, um mês sem episódio, a série volta com um bom episódio. A série está com sérios problemas na sua agenda de episódios, há episódios que estão constantemente sendo remanejados para outras datas e isso atrapalha um pouco a dinâmica da temporada.

Confesso que eu tinha realmente esquecido sobre o passado da Benson em relação ao seu pai, é algo que faz anos que a série não menciona. Porém neste episódio, Genes, este assunto voltou a tona com tudo e ainda fizeram uma relação isso com o passado de Noah. Não posso afirmar que quando introduziram o personagem Noah na vida da Benson os roteiristas tinham em mente fazer essa ligação em algum momento. Foi genial.

Eu não acho que as pessoas nasçam com algum tipo de gene de maldade herdado dos pais. Há sim pessoas que desde sempre têm maldade no coração, mas não creio que seja algo hereditário. Já a convivência, essa faz o caráter da pessoa. Se alguém cresce em um ambiente violento tem grandes chances de se tornar uma pessoa violenta também e o inverso também é verdadeiro e foi isso o que o episódio trabalhou.


Benson toda a sua vida se preocupou com isso, pois sabe que nasceu vítima de uma violência contra sua mãe e sempre se questionou em saber se teria maldade dentro de si como foi falado no episódio. O mesmo acontece com seu filho Noah. A cada ato de violência do menino mesmo que sem querer com algum coleguinha na escolinha, Benson se preocupa se tem algo relacionado ao pai do garoto se herdou alguma ruindade dele.

Já o segundo episódio Net Worth acompanhamos a história de Zoe White, uma mulher ambiciosa que esforçou muito para chegar no patamar profissional desejado, porém algo acontece que poderá acabar com a sua carreira.

O caso foi mais do mesmo, porém alguns elementos durante o decorrer que deixou o episódio interessante de se assistir. O mais importante foi que Olivia e os outros do esquadrão estava do lado de Zoe o tempo todo, mesmo que várias evidências mostravam o contrário. Porém deveriam ter ousado mais na resolução do episódio.


Sabemos que há uma espécie de “compensação” para as vítimas para esquecerem do ocorrido e com Zoe não foi diferente. Se o episódio terminasse com a conversa entre a Zoe e Benson onde a vítima falou que aceitaria essa compensação teria sido mais efetivo. Seria algo não convencional que a série está mostrando, porém é a realidade. O tempo de tela que foi gasto para condenar Eli foi mal usado e foi feito tudo as pressas.

Deixando a trama de lado tivemos um pouco de desenvolvimento para o personagem do Fin. Depois de muito tempo, Fin finalmente prestou a prova para se tornar sargento. A série teve várias oportunidades para fazer isso acontecer, porém só agora é real. Realmente o personagem merece.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

 
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top