Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] NCIS - S14E20: A BOWL OF CHERRIES
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
  “ We all got hacked.” – Timothy McGee Até que demorou um pouquinho para que a equipe fosse hackeada . Mas não achei que justamente...
 We all got hacked.” – Timothy McGee

Até que demorou um pouquinho para que a equipe fosse hackeada. Mas não achei que justamente um Vice Almirante, amigo do pai de McGee, mandaria o vírus para eles. Apesar de ser um caso que, para mim, acabou ficando um pouco confuso, não vou tirar a avaliação de “muito bom” de A Bowl of Cherries. O principal motivo? Alexandra Quinn. Mas falo sobre isso depois.

Toda essa questão de criogenia é bem interessante, mas também estranha. Afinal, a pessoa fica congelada por sabe-se lá quanto tempo, a família gastando um dinheiro absurdo para manter o ente dentro do tanque para que ele seja reanimado no futuro. E se todo o investimento vai por água abaixo? A pessoa pode perder todas as suas lembranças ou, pior ainda, pode acabar não conseguindo ser reanimada. Foi por isso que Carlo congelou pessoas vivas, com a desculpa de que seria mais fácil reviver os “clientes”. E o que o vírus tinha a ver com isso? Hackett simplesmente matou Asher por tê-lo liberado novamente, fazendo lucro sozinho.


Vivo reclamando sobre não saber mais sobre alguns personagens, principalmente os novos. Depois de Torres e Reeves, finalmente foi a vez de Quinn ganhar o devido plot. E não sei mais como agradecer, porque foi realmente algo bem interessante e que vai acabar mudando muito as atitudes dela em relação aos casos e aos colegas, começando talvez com Nick. Gostei muito de ver que ele realmente se preocupa com ela, mas fiquei pensando: será que a descoberta do Puppy Love anda rendendo? Só o tempo pode dizer. Além disso, que coisa mais fofa ele e a mamãe Quinn. Por mais cenas do Torres com as mães.

A situação de Marie é bem complicada. Até entendo ela querer esconder ao máximo o fato de estar esquecendo algumas coisas, mas agora, mais do que nunca, ela vai precisar da Alex ao lado dela. Confesso que tive vontade de abraçar Quinn e nunca mais soltar, porque odeia quando um dos meus babes sofrem. Ela ter decidido se mudar para a casa da mãe me fez lembrar de Ducky e Victoria (que também tinha Alzheimer) e das incansáveis vezes em que Gibbs tentou fazer com que Jackson fosse morar com ele. Espero que a história seja explorada de novo.


Outro motivo para o episódio ter sido muito bom foi o fato de que todo mundo apareceu, até o Doutor Palmer. Gente, que coisa mais fofa ele e o Ducky tomando chá enquanto esperavam os cadáveres descongelarem. Sinto muita falta dos dois juntos e cenas como essa me deixam bem feliz por terem decidido tirara o Gerald e colocar o Jimmy como assistente de Ducky.

Também foi extremamente divertido ver todo mundo reclamando de ter que usar celulares iguais aos do Gibbs. Seja para mandar alguma mensagem ou simplesmente para atender uma ligação, parecia que a equipe tinha esquecido completamente sobre como lidar com um flip phone. Achei incrível não ter tido nenhum tipo de reclamação de McGee, que geralmente é o primeiro a ficar chorando pela falta de tecnologia adequada. Não consegui decidir se o melhor foi Gibbs se orgulhando e declarando seu amor por seu celular ou Nick tentando atender uma ligação, que nem para ele era, por sinal.

Like she says, if life is a bowl of cherries, why do I always get the pits?” – Alexandra Quinn
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top