Comentários
Ayla Aguiar Ayla Aguiar Author
Title: [LIVROS] RESENHA - TRÊS COROAS NEGRAS
Author: Ayla Aguiar
Rating 5 of 5 Des:
A cada geração na ilha de Fennbirn nascem rainhas trigêmeas... Três herdeiras da coroa, cada uma com um poder magico especial. Mira...

A cada geração na ilha de Fennbirn nascem rainhas trigêmeas...
Três herdeiras da coroa, cada uma com um poder magico especial. Mirabella é uma Elemental, capaz de produzir chamas e tempestades com um estalar de dedos. Katharine é uma envenenadora, com o poder de manipular os venenos mais mortais. E Arsinoe é uma naturalista, que tem a capacidade de fazer florescer a rosa mais vermelha e também controlar o mais feroz dos leões.
Mas para coroar-se rainha, não basta ter nascido na família real. Cada irmã deve lutar por esse posto, no que não é apenas um jogo de ganhar ou perder: é uma batalha de vida ou morte. Na noite em que completam dezesseis anos, a batalha começa.
A última rainha a permanecer de pé, fica com a coroa...

Três rainhas sombrias
 Num vale vem ao mundo

Um livro que foi uma grata surpresa. Quando li a sinopse, dessas três irmãs lutando pelo trono, já estava imaginando que ia sair gente machucada emocionalmente e algumas mortas. 

No decorrer do livro, nós somos apresentadas as três rainhas gêmeas: Mirabella, Katharine e Arsinoe. A Mira, como é chamada pelos amigos e por algumas sacerdotisas, é a irmã mais forte, que teve o dom revelado ainda pequena, enquanto era criada com as irmãs até os 6 anos de idade. As 3, assim que completaram 6 anos, foram separadas, e cada uma levada devidamente para seus tutores com dons: envenenadores, naturalistas e elementais, para treinar e desenvolver o dom de cada uma.

Pequenas doces trigêmeas
                                                             Nutrem um ódio profundo

Mas o problema reside em: a Katharine e a Arsinoe nunca apresentaram nada, nadica de poder algum. Isso que a Katharine engoliu veneno atrás de veneno desde criança. Não sei mesmo como essa menina não morreu. Pensem numa insanidade. E ai eu te pergunto: por que ninguém fez algum tipo de teste nessas crianças? Isso me deixou passada! 

Agora, eu não soube escolher qual das rainhas torcer logo de primeira. Cada uma tem uma qualidade que me chamou a atenção. Mas ao longo da historia, eu comecei a torcer mais pela Arsinoe e a Mira. E quis a morte não delas, mas do Sebastian. Ô garotinho que nem deveria está ali!

Enfim. O que me conquistou na história, e no que a autora errou um pouco foi: o legal do livro são os poderes, a luta pelo trono, e ver as irmãs mais “fracas” da história do reino, pois as garotas são as mais emocionais, e não querem matar entre si pelo trono.  

Três irmãs sombrias
                                                                     Lindas de se ver

Por exemplo: a Mirabella é a mais resistente a fazer isso, pois a menina começou a ter uns pesadelos, que só pioraram ao longo dos meses, o que levou ao estopim emocional da menina, que resolveu fugir e dizer não à futura matança. Mas como nada de bom dura muito, ela teve que voltar né. A Arsinoe não fica atrás, e não ter o dom ainda exibido só reforça essa ideia. A Katherine ainda é a que mais aceita a ideia de que vai ter que matar as irmãs. E acho que isso é reflexo do ambiente que ela foi criada. Esses envenenadores não tão para brincadeiras. Tanto que a tutora da Mirabella desenterrou uma lenda super antiga sobre uma rainha branca, que subiu ao trono sem ter precisado matar as irmãs. Já que a rainha delas não queria ter o sangue das irmãs nas mãos.

Continuando, o erro da história foi a falta de maiores detalhes. A exemplo: os elementais tem animais como familiares, e o da Arsinoe nunca atendeu ao chamado da princesa né. A Ilha, que parece mais um continente que uma ilha propriamente dita. E alguns detalhes, como: por que na ilha tem magia e no continente não? Eu não iria reclamar se tivesse umas páginas a mais pra retratar esses detalhes. A autora só jogou ali e acabou. Só vendo para entender a confusão. E ficou confuso um pouco a história. Tanto que isso me fez lembrar a trilogia das Joias Negras. O primeiro livro te deixa confusa se a história é real ou não, da guria. Mas enfim.

Tirando esses detalhes, a história conquista muito bem. As meninas são fantásticas, a história de cada um dos lugares que as três rainhas ficam é legal, e o final, meu amigo: tem dois plot twist que você só quer logo o segundo pra ontem na sua mesa.

 Duas a serem devoradas
E uma Rainha por ser. 


TÍTULO: Três coroas Negras 
AUTOR: Kendare Blake 
EDITORA: Globo Alt 
PÁGINAS: 303
ANO: 2017
ONDE COMPRAR: Amazon

Livro cedido pela editora para resenha.
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top