Comentários
Yngrid Oliveira Yngrid Oliveira Author
Title: [LIVRO] RESENHA - A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER
Author: Yngrid Oliveira
Rating 5 of 5 Des:
"Neste que é sem dúvida um dos romances mais importantes do século XX, ficção e filosofia se entrelaçam por meio da história...






"Neste que é sem dúvida um dos romances mais importantes do século XX, ficção e filosofia se entrelaçam por meio da história de quatro adultos capazes de quase tudo para vivenciar o erotismo que desejam para si. Como limite, encontram um tempo histórico politicamente opressivo e o caráter enigmático da existência humana. Infidelidade, amor, compaixão, eterno retorno, acaso e arbítrio são alguns dos grandes temas que Kundera articula num romance de ideias e paixões, em que o leitor percorre conceitos filosóficos de braços dados com cada um dos personagens — Tereza, Tomas, Sabina e Franz — e acompanha suas histórias de vida com a profundidade de um estudo. O resultado é uma obra em tudo original, um clássico da literatura contemporânea."





Atualmente Praga é capital da República Tcheca, um país democrático e capitalista, mas no fim da década de 60, era um dos componentes da União Socialista Soviética. Em 1968 houve a primavera de Praga, um movimento que visava lutar contra o poder totalitário da Rússia, comandada por Stalin. Houve uma resposta violenta por parte da Rússia invadindo praga com tanques e armas de guerra. É nesse plano de fundo e contexto político que os personagens de A Insustentável Leveza do Ser estão inseridos. 
A história do livro gira em torno de dois casais que passam por conflitos perturbados entre amor e sexo: os casados Tereza e Tomas, os amantes Sabina e Franz, no entanto, Sabina também mantinha um relacionamento com Tomas. Em decorrência da tensão entre os sistemas político-econômicos da época e os personagens se viram presos num país sem liberdade nenhuma, muito menos de expressão e sofrerem perseguições políticas por demonstrarem apoio a algum dos lados, eles sofrem essa interferência política mesmo que pouco se envolvam com ela.

"Quando uma conversa entre amigos diante de um copo de vinho é transmitida pelo rádio, uma coisa fica evidente: o mundo se transformou num campo de concentração." (página 149)

O livro, apesar de ser um romance, tem como enfoque pensamentos filosóficos sobre a vida, mostra o ser humano em suas singularidades, em seus desejos mais profundos, seus temores, suas alegrias, suas aflições, suas esperanças. Durante a história há questionamentos a respeito da vida e das consequências do passado em nosso presente, tudo levando em conta o peso e a leveza de ser o que é em reflexo das escolhas de cada situação. Quanto à estrutura do texto, a narrativa é dividida em sete partes com vários capítulos e subcapítulos alternando as histórias dos personagens.

"A verdadeira bondade do homem só pode se manifestar com toda pureza e com toda liberdade em relação àqueles que não representam nenhuma força." (página 308)

A narrativa do autor nos faz refletir sobre como as pessoas não são apenas aquilo que nós podemos ver que cada um tem o “eu” que só ele conhece. É uma história pesada num contexto triste, com pessoas tristes que se mantém com relações humanas conduzidas de forma que por muitas vezes são cruel. Por esses motivos não tive muita simpatia com o nenhum dos personagens, embora tivesse empatia por tudo que passaram, porém a cachorra, Kariênin, é quem mais desperta afeto. Algumas cenas com machismo e violência me incomodaram, mas que tentei relevar porque os fatos estavam de acordo com a época. 

"O cão jamais fora expulso do paraíso. Kariênin ignora tudo sobre a dualidade entre o corpo e a alma e não sabe o que é o nojo. É por isso que Tereza se sente tão bem e tão tranquila a seu lado. (E é por isso que é tão perigoso transformar o animal em máquina animada e fazer da vaca um autômato produtor de leite: assim o homem corta o fio que o ligava ao paraíso, e nada mais pode detê-lo nem reconfortá-lo em seu voo através do vazio do tempo.)" (página 317)

Por toda beleza dos sentimentos, por todas as formas de amor e questionamentos que o autor nos proporciona o livro se torna indispensável para aqueles que apreciam um texto bem escrito e uma história e posicionamentos com poder de nos mudar por dentro.

(Página 14)

Pouquinhas marcações... (muito bom)




Título: A insustentável Leveza do Ser
Autor: Milan Kundera
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 344

Ano: 2017
Onde comprarAmazon
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top