Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: [REVIEW] INTO THE BADLANDS - 2 ª TEMPORADA
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
A melhor série de artes marciais que você não está vendo! Into the Badlands  amplia seu mundo, com mais personagens, mais histórias e ai...

A melhor série de artes marciais que você não está vendo! Into the Badlands amplia seu mundo, com mais personagens, mais histórias e ainda mais lutas!

Se em seu curto primeiro ano, uma tradição da AMC, a série foi rápida e direta no que iria mostrar, com a rebeldia de Sunny para com seu Barão, nesse ano vemos uma trama mais estruturada, com diversas coisas acontecendo e sendo desenvolvidas.

A trama aqui se divide em três partes, espaçadas entre os 10 episódios. Uma que se passa nas Badlands, com foco na relações dos Barões pós a "morte" de Quinn. Outra fora das Badlands, onde vemos a jornada de Sunny para retornar para junto de sua amada e de seu filho. E a última é a união desses dois mundos quando tudo se conclui.

Na trama dos Barões tivemos um foco muito maior na presença da Viúva, além de um melhor entendimento de como funciona a política por lá. Sempre bom ver que nunca as coisas são como parecem, já que o tempo todo alguma reviravolta acontecia e uma nova batalha surgia.

A volta dos mortos de Quinn foi uma saída interessante para um personagem que tinha mais o que oferecer. Tirá-lo de jogo significaria perder todo o plot do seu clã tentar pegar o trono de volta. O encontro com seu filho então, foi um momento especial e bem construído na temporada. Além disso precisávamos ver a luta real entre ele e Sunny.

Falando no ex-regente, ele estava preso nas mão do Rei dos Rios e apesar de sua resistência e papel de gladiador serem interessantes, ficou tudo melhor quando ele começa sua jornada para fugir. A adição de Bajie prometia ser algo irrisório mas que foi criando um grande personagem. Impossível não apontar a luta de Sunny com Moon a melhor dessa primeira parte da temporada, por todo seu significado.

Se teve uma trama que me pareceu mal aproveitada foi a de M.K., além de perder seus poderes nós mal aprendemos algo de sua estadia no Monastério. Além disso, mais uma vez a lendária Ezra ficará para o próximo ano (agora com Bajie interessado). A reunião dele com Sunny e a revanche com o monge pelo menos deram um gosto melhor.

A conclusão da temporada apresentou pontos controversos. Se por um lado tivemos a grande batalha entre Sunny e Quinn, com a definição desse plot, por outro tivemos a Viúva capturando M.K. o que irá levar à um embate já muito adiado entre ela e Sunny. Além disso Bajie parece cada vez mais distante do grupo em sua busca por Ezra, mas sabemos que de alguma forma todos se unirão nessa empreitada.



Uma série que mesmo sem tanto apelo conseguiu se expandir e continuar sua construção. Podemos esperar um terceiro ano ainda maior, com mais respostas, ou quem sabe, mais perguntas.

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top