Comentários
Yngrid Oliveira Yngrid Oliveira Author
Title: [LIVROS] RESENHA - IT, A COISA
Author: Yngrid Oliveira
Rating 5 of 5 Des:
Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly apren...





Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em 'It - A Coisa', clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.




Em meus plenos 26 anos eu nunca havia lido um único livro do Stephen king dentre seus aproximadamente 80 livros já publicados. Reconhecido principalmente por suas obras de horror fantástico muitas pessoas evitam sua literatura por acharem que são livros assustadores demais, como foi o meu caso. Mas recentemente descobri que um filme que eu amo e que me emocionou muito é de sua autoria, à espera de um milagre. A partir de então comecei a sentir curiosidade e vontade de conhecer alguns de seus sucessos. Foi aí que surgiu a oportunidade de ler IT, a coisa, um calhamaço de mais de 1100 páginas que logo de cara já espanta quem olhar. Terminei o livro e meu primeiro pensamento foi de que realmente não exageraram sobre a magnificência do autor, uma escrita impecável, história bem detalhada, interligada e redondinha e que por tudo isso conduz maravilhosamente bem o leitor por toda as páginas sem ficar chato ou cansativo.
O livro tem os primeiros capítulos perfeitos e tão intrigantes nos quais ocorrem crimes bárbaros não muito bem explicados e com aparições estranhas prendendo no primeiro momento a atenção de quem está lendo. Posteriormente a história segue, de maneira organizada, a nos apresentar a todos os personagens, incluindo a cidade em que vivem, Derry, intercalando o passado (1958, basicamente) e o presente (1985).


"Você quer um balão Georgie? Ele flutua. Todos flutuam aqui embaixo. Venha flutuar também..."


Bill (o gago), Ben (o gordinho), Stan (o judeu), Richie (o indiscreto língua solta), Berveley (a menina que gosta de aventuras), Eddie (o asmático e hipocondríaco) e Mike (o negro), formam o que eles mesmos se autodenominam, o clube dos otários, por compartilharem a exclusão, os bullyings e os terrores advindos de A Coisa. A amizade e união deles os tornam mais fortes e capazes para enfrentarem as crueldades inerentes aos seres humanos, em particular os seus inimigos Henry e sua turma, bem como ao próprio Pennywise, A Coisa, que se transfigura nos maiores medos de cada um.
Todos saem de Derry e ficam bem-sucedidos e inexplicavelmente esquecem grande parte dos acontecimentos que os uniram na infância, exceto Mike, que de alguma maneira, guarda cada lembrança dessa época, além de ter conseguido ao longo dos anos informações bem mais antigas sobre as calamidades que acometeram a cidade e descobre um ciclo para os ataques em grandes proporções. Vinte anos depois, quando tudo parece calmo e bem resolvido, os terrores e estranhezas voltam a acontecerem, ele é o responsável por convocar os outros seis amigos para Derry, para cumprir a promessa feita com sangue que ao derrotar a coisa pela primeira vez, para que caso ela voltasse novamente, em qualquer época, e onde estivessem, todos se reuniriam para vencê-la novamente, custe o que custar.
O diferencial da história é que leitor vai descobrindo as coisas juntos com os personagens o que faz com que nos sintamos cada vez mais próximos e apegados a cada um deles, que a propósito são muito bem estruturados. O terror, que tantos temem, servir mais como pano de fundo para os reais temas de importância que giram em torno das relações humanas trazidos pelo autor. De fato o personagem Pennywise não é o que mais assusta, pois seria mais eficaz em crianças, já que é um medo mais infantil, ao contrário de muitas ações inescrupulosas em algumas situações, que provavelmente deixarão o leitor enojado e aflito, porém necessárias para a construção da narrativa, exceto uma em particular que poderia ter sido retirada na revisão, pois não acrescenta em nada.
O final, ao meu ver, não fica à altura de toda a grandiosidade do resto. As últimas 100 páginas, mais ou menos, são frenéticas. Porém, achei a parte explica a Coisa, destoante e sem nexo com o que vinha sendo mostrado em todo o livro. Não que tenha sido ruim, mas foi no mínimo estranho. Porém as últimas páginas são tão bonitinhas que superou essa frustração que senti. Este é um daqueles livros que precisam ser lidos, fica a dica.






Título: Título: IT, A COISAAutor:  Stephen KingEditora: Suma de LetrasPáginas: 1103
Ano: 2014
Onde comprarAmazon

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top