Comentários
Yngrid Oliveira Yngrid Oliveira Author
Title: [LIVROS] RESENHA - NO SEU PESCOÇO
Author: Yngrid Oliveira
Rating 5 of 5 Des:
A escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie vem conquistando um público cada vez maior, tanto no Brasil como fora dele. Em 2007...




A escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie vem conquistando um público cada vez maior, tanto no Brasil como fora dele. Em 2007, seu romance Meio sol amarelo venceu o National Book Critics Circle Award e o Orange Prize de ficção, mas foi com o romance seguinte, Americanah, que ela atingiu o volume de leitores que a alavancou para o topo das listas de mais vendidos dos Estados Unidos, onde vive atualmente. Ao trabalho de ficcionista, somou-se a expressiva e incontornável militância da autora em favor da igualdade de gêneros e raça. Agora é a vez de os leitores brasileiros conhecerem a face de contista dessa grande autora já consagrada pelas formas do romance e do ensaio. Publicado em inglês em 2009, No seu pescoço contém todos os elementos que fazem de Adichie uma das principais escritoras contemporâneas. Nos doze contos que compõem o volume, encontramos a sensibilidade da autora voltada para a temática da imigração, da desigualdade racial, dos conflitos religiosos e das relações familiares. Combinando técnicas da narrativa convencional com experimentalismo, como no conto que dá nome ao livro — escrito em segunda pessoa —, Adichie parte da perspectiva do indivíduo para atingir o universal que há em cada um de nós e, com isso, proporciona a seus leitores a experiência da empatia, bem escassa em nossos tempos.






Não é de hoje que a escritora Chimamanda Adichie vem encantando e recebendo prêmios no mundo da literatura com seus livros, quem já leu sabe a saudade que bate da escrita, histórias e personagens quando acabamos de ler suas obras. Então, para nossa alegria, mais um livro seu foi traduzido e publicado pela cia das letras em julho de 2017, aqui no Brasil. Em “no seu pescoço” conhecemos outras facetas dessa autora maravilhosa, tais como seu lado contista e narrativa em segunda pessoa. O livro não decepciona no que se refere as características de escrita impecável e dos temas pelos quais Chimamanda luta e já é reconhecida, cada conto vem recheado com a temática da imigração, da desigualdade racial e de gênero, dos conflitos religiosos e das relações familiares. 

Como seria muito longo resumir os 12 contos deixarei alguns trechos que me marcaram.

A cela um
Um conto sobre a preferência pelo filho e descaso pela filha, independentemente do caráter. Além de mostrar um pouco da realidade do dia-a-dia em algumas universidades da Nigéria.

“Quando minha nos leva ao mercado, os feirantes gritam: “Ei senhora! Porque desperdiçou sua pele clara num menino e deixou a menina tão escura? ”

Réplica
Um casal de imigrantes da Nigéria vai para os EUA, porém como se adaptar à nova moradia se um deles trabalha a maior parte do ano no país de origem e o outro passa o dia cuidando dos filhos? Está tudo diferente de como sonharam, porém, pode ter sido apenas ilusão de um dos lados...

 “Mas ela sabia que ele também queria que seus filhos fossem como os filhos dos vizinhos (estadunidenses), o tipo de criança que vira a cara para a comida que tinha caído no chão, dizendo que ela estava “suja”. Durante a infância Nkem, quem tinha um alimento, fosse ele qual fosse, pegava e engolia.”

Fantasmas 
Uma história representativa de um dos problemas da África que tem levado a vida de tantos: a venda de remédios falsos ou vencidos .
“Não vou a igreja (...) É nossa desconfiança com a vida após a morte que nos leva a religião.”

No seu pescoço
A vida de imigrantes mais uma vez sendo discutida através da história africana, Nigeriana e negra que se apaixona por um homem branco dos EUA.

“Pela reação das pessoas, você sabia que vocês dois eram anormais – o jeito como os grosseiros eram grosseiros demais e os simpáticos, simpáticos demais (...) os homens e mulheres brancos que diziam “que casal bonito” num tom alegre demais, alto demais, como se quisessem provar para si próprios que tinham mente aberta”

O tremor
Um conto encantador, que mostra que pessoas de crenças diferentes podem conviver e trocar experiências sem precisar obrigar um ao outro a acreditarem nas mesmas coisas. Respeito resume essa amizade.

“Ela quis interrompê-lo e dizer como eram desnecessários todo aquele sangue e aquela amarração, toda aquela mania de transformar a fé num exército pugilístico; quis dizer a ele que a vida era mais uma luta contra nós mesmos do que contra um satanás brandindo uma lança; que a crença era uma escolha de manter sempre a nossa mente aguçada”

Por fim, só lamento que as histórias sejam tão curtas, pois queria ler muito mais de cada uma e poderiam facilmente serem mais exploradas. 



Título: No Seu Pescoço
Autor: Chimamanda Ngozi Adichie 
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 256

Ano: 2017

Onde comprarAmazon
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top