Comentários
Ayla Aguiar Ayla Aguiar Author
Title: [LIVROS] RESENHA – ORIGEM
Author: Ayla Aguiar
Rating 5 of 5 Des:
Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apr...

Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete "mudar para sempre o papel da ciência". O anfitrião da noite é o futurólogo bilionário Edmond Kirsch, de 40 anos, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard, há 20 anos, agora ele está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento... Algo que vai responder a duas perguntas fundamentais da existência humana: 

De onde viemos? Para onde vamos? 


Os convidados ficam hipnotizados pela apresentação, mas Langdon logo percebe que ela será muito mais controversa do que poderia imaginar. De repente, a noite meticulosamente orquestrada se transforma em um caos, e a preciosa descoberta de Kirsch corre o risco de ser perdida para sempre. Diante de uma ameaça iminente, Langdon tenta uma fuga desesperada de Bilbao ao lado de Ambra Vidal, a elegante diretora do museu que trabalhou na montagem do evento. Juntos seguem para Barcelona à procura de uma senha que ajudará a desvendar o segredo de Edmond Kirsch.


Em meio a fatos históricos ocultos e extremismo religioso, Robert e Ambra precisam escapar de um inimigo atormentado cujo poder de saber tudo parece emanar do Palácio Real da Espanha. Alguém que não hesitará diante de nada para silenciar o futurólogo. Numa jornada marcada por obras de arte moderna e símbolos enigmáticos, os dois encontram pistas que vão deixá-los cara a cara com a chocante revelação de Kirsch... E com a verdade espantosa que ignoramos durante tanto tempo.

Um livro onde, ao mesmo tempo que tem a mesma fórmula dos outros livros com o Robert Langdon, o suspense, a arte, e uma dupla resolvendo o mistério,  mas tem o toque diferenciado que só o autor consegue dá.  Origem só prova que o Dan Brown não perdeu o fôlego, ao levar o nosso amado professor de Harvard para a Espanha, como convidado de um amigo para a palestra do mesmo, e por uma trilha de pistas através da Arte Moderna.

Nesse mundo da arte moderna, nosso professor, um amante da arte clássica, vai à Espanha a convite desse amigo de longa data, o Edmondo Kirsch, um brilhante ex-aluno seu, e declarado ateu, o qual viveu brigando contra as religiões, falando que as pessoas deveriam acreditar mais na ciência.

Logo antes da palestra começar, o Kirsch tem uma conversa privada com o Robert, e fala que está com medo de uma ameaça que recebeu de um padre, um dos três lideres religiosos escolhidos pelo palestrante para saber da descoberta antes do resto da população, pois ele queria ver a reação antes, e mostrar o impacto que essa descoberta teria dali a uns dias.

Enquanto a palestra ocorria, com direito a uma aula sobre a evolução durante os milênios de como as religiões mudaram, se integraram e se adaptaram uma as outras, antes da descoberta ser revelada, conhecemos a Ambra, curadora do museu, e amiga das últimas semanas do Kirsch, noiva do futuro rei espanhol. Uma mulher independente, e que não aceita ser controlada pela realeza.

Logo após essa explicação, o palestrante aparece, e antes de sequer conseguir falar por onde sua linha de pesquisa ia, e como as duas perguntas iriam ser respondidas, o cara é morto. Assim, o Robert, por honra e por acreditar que a pesquisa do amigo deveria ser divulga, não importa o impacto da resposta, decide ir atrás de como fazer isso, com a ajuda da Ambra, e de um programa de computador, que tem uma voz e interface perturbadoramente parecida com a humana, o Winston, que foi criado pelo Kirsch. E gostei dessa invenção viu. Então, eles correm para Barcelona, e nisso começa a procura pela cidade através de todas as pistas necessárias, e para achar a senha que liberaria a apresentação do Kirsch.

É um livro maravilhoso, empolgante, e com uma discussão que vale a pena se trazer à tona, se discutir, tanto sobre o passado, quanto o nosso futuro, que é não é completamente incerto, quando a humanidade caminha para um futuro ruim, se continuar a fazer o que faz com o planeta e consigo mesma. A discussão religiosa e científica é maravilhosamente interessante, e mostra o quanto esse embate entre as duas deve acabar, já que elas de alguma forma procuram as mesmas respostas.  

E como todo livro do Dan Brown, é cheio de lugares, que mais uma vez, coloco na lista para visitar. Também cheio de referencias, como só o Dan Brown sabe fazer, a arte clássica, agora da moderna, e também do pop. Robert, let it go, certo?. Além disso, o autor conseguiu deixar um fato, já presente em suas obras, ainda melhor: as teorias da conspiração. De um jeito mais sutil, mas estava lá, presente, e com a melhor ajuda: a internet, e o interessante, através de um site de conspiração. Assim, as obras de artes mencionadas, os locais, as igrejas, me deixando com aquela vontade de viajar, de conhecer isso tudo, e com o Robert como guia.  

É mais um sucesso do Dan Brown. Com uma fórmula que claramente não perdeu o fôlego, e continua a fazer sucesso nas mãos do autor. 



TÍTULO: Origem.
AUTOR: Dan Brown
EDITORA: Arqueiro
PÁGINAS: 430
ANO: 2017
ONDE COMPRAR: Amazon

Livro cedido pela editora para resenha.


Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top