Comentários
Michelle Louise Michelle Louise Author
Title: [REVIEW] ABSENTIA: S01E04 - ME YOU HIM ME
Author: Michelle Louise
Rating 5 of 5 Des:
A Emily se recuperou mais rápido de seis anos de tortura que eu quando só quebrei meu pé e a narrativa pegou carona em um trem bala! Mas...

A Emily se recuperou mais rápido de seis anos de tortura que eu quando só quebrei meu pé e a narrativa pegou carona em um trem bala! Mas a gente faz o melhor que pode para conseguir acompanhar, viu?! Vamos lá que são muitos pontos para elencar e se você estava esperando a hora que eu iria, finalmente, parar de tentar entender Alice e odiá-la de fato: segura as pontas ai que é hoje sim! 

Radford no começo do episódio parecia a pessoa mais culpada do universo das coisas que estavam acontecendo e eu, realmente, não esperava o desfecho que meus olhos presenciaram. Emily tem certeza que Adam é o responsável pelo seu sequestro, afinal, ela achou no episódio passado o caderno na casa dele contendo desenhos do "olho sangrando" (isso parece nome de filme de terror barato, né não?!). Não havia outra explicação. Porém, agora com dois assassinatos recaindo sobre suas costas, ela é oficialmente procurada pela policia. 

Nick tenta fazer com que ela se entregue, mas antes ele à leva para fazer uma visita a Flynn, nada mais justo não é mesmo? E aqui Alice começou de fato, a me irritar - e não foi pouco. Ela agora, devido ao acidente com o menino no kart, está mais relutante que nunca a presença de Emily na vida deles, somado a isso temos o adendo que nossa protagonista é suspeita de assassinato. Ela não entende como Nick consegue acreditar em Emily depois de tudo. Nick esquece compromissos por causa de Emily, toda a vida deles mudou desde a volta dela e isso, é claro que afetaria o relacionamento deles. Mas Alice precisa tentar entender que antes dela pensar em entrar na vida do Nick, havia um relacionamento, um casamento e uma história. Emily é parte da vida de Flynn e de Nick e, se Alice faz parte de tudo isso, precisa aprender a lidar melhor com a presença de uma pessoa que não tem culpa de ter sido sequestrada por FUCKING SEIS ANOS. É difícil de entender?


O relacionamento de Flynn e Emily tem evoluído rápido nesses episódios. Mas tem evoluído tão rápido que você fica com a sensação de que perdeu algum episódio no meio do caminho e que por isso tá tudo meio perdido. Mas não é. Essa primeira temporada precisaria de mais episódios para se desenvolver, porque em um episódio o garoto não tá nem ai pra ela, no outro acha estranho sair sozinho com Em e nesse tá dizendo que ama e sendo todo doce. Parece que a gente perdeu alguma coisa e essa sensação está me incomodando um pouco e está, de certa forma, me impedindo de me apegar a qualquer personagem na história. 

Voltando a relação mãe e filho, foi lindo vê-la colocando o filho para dormir como ela gostaria de ter feito todos esses anos. Ver que velhos hábitos não mudam e que a velha mania de Flynn me mexer no cabelo da mãe ainda está ali, foi algo tão lindinho de presenciar. Essas conexões, esses detalhes que quase passam despercebidos e que no final são algo de extrema beleza são coisas que me encantam (era parte do porque eu amava tanto Castle, mas o assunto é delicado deixemos para lá). Emily vendo o filho dormir e Nick assistindo essa cena da porta, poderia facilmente ter sido o final da feliz da personagem. Poderia ter sido um final feliz de um episódio onde a vida da Emily não fosse tão esculachada. Mas não é assim que as coisas funcionam. 

Ao passar no hotel para pegar algumas coisas acontece a cena tão esperada e não tão esperada. Eu esperava a cena de amor entre Emick? Claro que sim. Neste momento? Claro que não. Gente, senta aqui comigo e vamos combinar que essa cena, nesse contexto não fez sentido. Teve outros momentos de tensão sexual entre os personagens que valeriam muito mais a pena terem sido aproveitados do que este. Achei a cena meio perdida, mas ainda assim: senti calafrios. Imagina só se Caskett tivesse tido esses momentos com essa iluminação, Brasil??? Achei que, talvez, a cena pedisse mais delicadeza do realmente teve. Era a primeira vez deles depois de tudo que houve, era a primeira vez que Nick veria o corpo dela dessa forma e de maneira tão íntima. De certa forma, embora eu entenda a tensão que rondava os dois, achei que faltou um pouco de tato na cena.


Não sei a que pé vocês estão com os personagens mas eu não consegui me apegar a ninguém, inclusive Nick. Isso faz com que eu não consiga necessariamente shippar Emick da forma como eu vejo as pessoas fazendo e como eu gostaria de fazer. Eu estava empolgada pelo casal logo no inicio mas venho com um certo bloqueio desde então. Nick iniciou o beijo e tudo que veio depois. Mas nunca houve uma conversa direta e sincera entre eles. Olha tudo que eles passaram, a possibilidade de nunca mais se encontrarem e, de repente, um tem o outro ao alcance das mãos. Tão perto e tão longe ao mesmo tempo. Podendo ter a pessoa, mas tendo mil questões que tornam esse verdadeiro reencontro impossível. A série está tão corrida para mostrar o desfecho da história criada que está esquecendo esses detalhes que são importantes, essenciais e são necessários. 

Falando nisso, eu me sentiria muito usado se fosse ele, afinal, ele foi tomar banho e Emily sumiu. Veja bem, todas as atitudes de Emily estão jogando a policia contra ela, mas a protagonista também já esteve na posição de quem investiga e sabendo como as coisas funcionam, decide ir por si só atrás das provas de sua inocência. Além disso, ela já perdeu 6 anos da vida dela e das pessoas que ela amava, então, não está disposta a perder mais nenhum dia, não é mesmo? Mas antes, ela avisa Nick que está prestes a tentar resolver tudo sozinha e pede, apenas, que ele não perca fé que tem nela. Nesse ponto não posso desgostar de Nick, afinal, ele tem se posicionado a favor dela desde o começo e, nesse episódio, foi punido por isso. Nick acaba suspenso mas não sem antes jogar na cara de Adam que ele matou Harlow, porque ele é bem afrontoso quando quer, sim!

Gibbs, da policia de Boston, continua atrás de Emily e, para isso, vai até a família dela para tentar descobrir seu paradeiro. Vai atrás do babaca do Jack que está muito ocupado com uma mulher e está apenas feliz que está livre da irmã novamente (uma irmão desses, bicho!) e, também, vai atrás daquele que tem sido um personagem que eu realmente gosto muito na série fora a Emily, o pai dela. O pai acredita na filha com todas as forças e faz de tudo para ajudá-la, inclusive falar com ela com Gibbs dentro da própria casa. Eu gosto dele e não é pouco não!

Quando Emily vai atrás do filho na piscina ai sim, meu sangue ferveu com as atitudes de Alice. A relação dos dois tem crescido bastante e é nesse episódio a primeira vez que vemos Flynn chamar Em de mãe. Esse episódio mostrou uma interação leve entre eles e teve direito até mesmo a uma sutil troca de "Eu te amo". No fim das contas, o mundo inteiro está contra Emily mas não acho que ela suportaria ver o filho se posicionando contra ela. Em tem direito de vê-lo, de se despedir e de explicar para o filho que a única coisa que importa é se ele acredita nela ou não. E ele acredita e verbaliza isso. Sinceramente, ela ouvir isso diretamente do filho, deve ter dado um alivio imenso nela, tanto quanto deu em mim.


E ai, entra Alice que vem num tom autoritário dizer para Emily que ela não merece o filho. Não foi Alice que teve a chance de conviver com o filho roubada da pior maneira possível, não foi Alice que foi torturada e presa em um tanque de água por seis anos. Não foi Alice que foi impedida de viver ao lado das pessoas que ama por todos esses anos. Não foi Alice que foi ao inferno e conseguiu voltar dele para ver seu filho de novo. Então Alice não tem o menor direito de dizer quem merece ou não alguma coisa. E tem menos direito ainda de ligar para a policia prender Emily na frente de Flynn. Alice, eu te odeio muito mesmo.  No fim, ela sente que está perdendo Nick e isso é uma possibilidade que a assusta. Para Alice, ela está vendo o marido largar tudo e qualquer coisa para ajudar uma fugitiva da policia e sim, ela reduziu tudo à isso como se a história não fosse nenhum pouco mais complexa. 

E, então, finalmente vemos Emily executar o plano que ela tem em mente para provar sua inocência. Ela sequestra Adam. Uma bela forma de mostrar pra policia que você não é criminosa viu, Em?! ta certinha! Ela liga para Nick e avisa o que está fazendo e nenhuma palavra que ele diga vai fazer ela desistir já que, aparentemente, quando ela coloca algo na cabeça ninguém a convence do contrário. A policia desconfia do desaparecimento de Radford e descobre nas câmeras de segurança que ele foi sequestrado por Emily, fazendo com que pareça que ela assinou um atestado de culpa por todos os crimes anteriores.

Ela leva Radford até o local onde foi sequestrada seis anos atrás, a basa naval Charlestown. Local onde, ficamos sabendo, ela deveria ter recebido cobertura de Radford que era seu parceiro mas não recebeu e acabou sofrendo durante longos anos da sua vida por isso. Porém, a vida é feita de plot twists e a série não seria diferente. Radford está longe de ser inocente nessa história toda, ele recebia propina de Semerov para que Adam o mantivesse informado sobre o andar das investigações, estando sempre um passo à frente da investigação. Foi Adam que fez Regina mentir colocando Emily e Semerov no mesmo lugar para que ela fosse incriminada pela morte dele.


Porém, ele não estava diretamente envolvido no sequestro e, durante o tempo que ele passou procurando por Emily, só foi possível achar uma pista. Um local. Harlow, em uma ligação, se referiu ao "Olho Sangrando" como um local de encontro. Mas porque Emily tem visões sobre este olho? Ela já esteve lá? O que aconteceu para que essas visões ficassem marcadas de maneira tão profunda em Em? São muitas perguntas sem respostas ainda.

Nick e Gibbs conseguem chegar ao local onde Emily está com Radford e, com medo de ser pega, Emily sai correndo. Nesse momento meu coração só acelerou e não conseguia mais pensar em nada além de: Emily, minha filha você tá muito ferrada. Alguém atira em Radford e o mata. E essa mesma pessoa troca tiros com os policiais. Não sabemos quem foi. Existe uma possibilidade de ter sido Emily? Sim, essa possibilidade sempre existe! Porém, ela não mataria alguém dessa forma já que, obviamente, ela seria culpada e perseguida pelo resto da vida. Ela não se arriscaria tanto à ponto de fazer isso. A mesma pessoa que matou Harlow, Semerov e que estava envolvida em seu sequestro fez isso. E só nos resta acompanhar os próximos episódios para tentar descobrir quem foi!

Já estamos nervosas iniciando a campanha "Protect Emily Byrne at all costs" viu?!


PS1: Tem algo de errado com esse Gibbs, eu não consigo confiar nele não!

PS2: Emily aquecendo as mãos do Flynn na piscina foi a coisa mais fofa desse mundo.

PS3: Se fosse a Beckett investigando Emily já estaria quase provando a inocência.

PS4: Já imaginaram se Emily for, de fato, a vilã da história?

PS5: Emily arrancando as fitas do cara do Radford doeu em mim.

PS6: Stana, que já enfiou a cara para ser afogada em "In The Belly of The Beast" aprendeu direitinho como faz e agora sai afogando os outros por ai.

PS7: 'Cês perdoem tantas menções a Castle na mesma review, mas a saudade tá doendo mesmo.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO 


Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

  1. Aaaahh como eu amo suas reviews! Muito bom faz quem assistiu reviver todo episódio de forma detalhada e clara! 😍😍Muito obrigada por isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaaa Muito obrigada <3 É sempre uma delícia vir comentar os episódios com vocês e sou muito grata por cada um que me lê e comenta, viu?!

      Excluir
  2. a serie que começa com 'C' ainda me machuca muito a ser mencionada,mas tirando isso cara wow é tão bom saber que não odeio A Alice sozinha.
    Louca pra ver oq vai falar sobre o Episódio 5.
    Gente é só eu que quero pegar a Emily e proteger do mundo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EU também quero proteger a Emily do mundo, meu deus <3

      A do episódio 5 está demorando porque o blog vai acompanhar a exibição nacional dos episódios, mas tá prontinha esperando pra sair no forno <3 E Alice, sei nem porque existe! haha

      Excluir

 
Top