Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] BULL - S02E06: THE EXCEPTION TO THE RULE
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
 “I think we should go to trial, and I think we should squeeze those bastards because of what they did to you, squeeze 'em for every...

 “I think we should go to trial, and I think we should squeeze those bastards because of what they did to you, squeeze 'em for everything they've got.” – Doctor Jason Bull

Quando eu era criança, sempre imaginei que todos os casos iam para o tribunal. Por menor que fosse, todo mundo ia ter que ir para o tribunal, ter os jurados, testemunhas... E sempre sonhei em ser jurada também. Sei lá, me parecia divertido, porém dependendo do caso perigoso. Aí a gente cresce e percebe que a vida não é nenhum Law & Order e que o tribunal deve ser evitado ao máximo. E foi essa a primeira ideia do episódio: vamos fugir disso.

Já falei na review passada e volto a repetir: estou gostando muito de apelarem para esse lado emocional do JB, trazendo pessoas importantes do seu passado que precisam de ajuda. Claro que, às vezes, os clientes extremamente ricos são muito engraçados ou então tem umas histórias um pouco inusitadas, mas são esses que mais precisam de ajuda é que causam algum impacto e deixam a história ainda melhor.


Isso de pessoas ficarem doentes porque alguma fábrica contaminou a água é bem comum. Casos assim acontecem há todo momento e em todo lugar, só que não são muito divulgados/investigados. Por isso é que foi bom ver a série tratando disso, ainda mais de uma forma tão pessoal e próxima. Sério, impossível não ter ficado emocionada com o depoimento da Ally. E com o olhar de admiração que Jason tinha por ela.

Por diversos momentos eu cheguei a pensar que Zack seria filho de Bull. Afinal, as contas de a última vez que Ally e ele tinham se encontrado e da idade de Zack fazem muito sentido. Mas, mesmo assim, foi bem interessante ver essa dinâmica de família, principalmente porque Jason não parecia ter muito jeito para isso. Espero que, algum dia, caso Zack queria sair da cidade natal, ele peça uma vaguinha na TAC para JB. Com certeza seria uma excelente adição à equipe.


Por falar neles, mínimas aparições ao longo do episódio. Alguns tiveram alguns atos um pouquinho mais significativos, mas o foco dessa vez era só para JB. Em partes foi até bom não ter tido tanto da equipe assim, ou então Benny ia querer tomar a frente no julgamento ou então acabar atrapalhando Zack. Achei muito bonitinho eles dando apoio ao garoto, mas espero que em outros episódios eles tenham mais oportunidade de “brilhar”.

Agora que Bull deve agradecer à Rainha Marissa, ele deve. Se ela não tivesse marcado a reunião surpresa com Zack, Jason nunca teria reencontrado a única namorada que fez ele se tornar uma pessoa melhor. Sério, depois dessa acho que ele poderia dar outro aumento para a Marissa. Ou deixar ela ser a dona da TAC, porque já é isso que ela é mesmo. Rainha e dona da coisa toda <3.

“That happy-go-lucky looking kid is me. I was the smartest person I had ever met, and I was convinced I would grow up to be an astronaut and the first man on Saturn. This is me the summer after my first year in college. I was on my first car, third girlfriend, and second fake ID. I had come to the conclusion that space travel probably wasn't in my future and that psychology was for losers and weaklings. You can figure out what this is. The point being we move through our lives shedding skins, kissing older versions of ourselves good-bye and new ones hello.” – Doctor Jason Bull
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top