Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] BULL - S02E08: THE DEVIL, THE DETAIL
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
 “I'm really glad you came.” – Benjamin Colón Eu esperava tanto por um episódio da Cable que queria que esse durasse umas 3 horas...
 “I'm really glad you came.” – Benjamin Colón

Eu esperava tanto por um episódio da Cable que queria que esse durasse umas 3 horas. Uma pena ter passado tão rápido, porque não é sempre que ganhamos um presente assim. Mas isso eu vou falar depois, porque ela merece uma boa parte da review só falando sobre o quão incrível ela é.

Nunca entendi muito bem como essas questões de testes para medicamentos funcionam, principalmente a parte em que alguém se candidata para ser uma das cobaias. Sim, o dinheiro é um fator decisivo, assim como caso a dita pessoa sofra da doença que o tal remédio promete curar. Mas, ainda assim, é muito complicado, principalmente se isso acabar causando algum efeito colateral imprevisível, como foi mostrado no episódio. Eu entendo que nem sempre é possível controlar como determinado medicamento vai reagir com o indivíduo, mas isso deveria ser testado de outras formas – que não seja em animais, é claro – ao invés de colocar vidas em risco. Gente, a tecnologia está aí para ser usada, principalmente em conjunto com a ciência.


Agora quem comandou esse episódio do início ao fim foi a Cable magnífica McCrory. Sério, eu não sei como agradecer por esse episódio. Antes mesmo de gostar de qualquer personagem, eu já fui muito com a cara de Cable, principalmente porque ela parecia ser aquele tipo de personagem que eu me identificaria: nerd e que não liga muito para o que os outros pensam dela. Além disso, ela ainda se defende quando necessário e não tem medo de enfrentar o chefe. Por isso quando vi que ela iria pedir para JB ajudar no caso eu não pensei duas vezes em como o episódio seria maravilhoso.

Ver ela se esforçando para provar que o suicídio de Simon havia sim sido culpa dos remédios que ele estava testando, principalmente depois do ataque de raiva de Bull, me fez ver um desenvolvimento que os roteiristas vinham segurando desde a temporada passada. Sério, por diversos momentos no episódio eu quis embrulhar minha bebê em um cobertor e protegê-la de todo o mal. Ela merece só felicidade, arco-íris e gatos gigantes de pelúcia. Espero que os próximos episódios focados nela sejam só assim.


Outra coisa que eu amei foi a volta do pit bull. Ah gente, eu sentia muita falta do Benny no tribunal, simplesmente porque ele arrasa com todo mundo e ainda dá um jeito de bater de frente com Jason. Aliás, eu achei que ele poderia ter ido contra as indicações do chefe no voir dire, principalmente porque estava na cara que JB queria mostrar que ele é melhor do que todo mundo. É um verdadeiro pavão. Mas ele ter ido defender a Cable foi ótimo e eu amo ele ainda mais por ter feito isso. Ele viu que o caso era bom e não ia deixar o chefe estragar tudo só por conta de uma competição desnecessária.

Por falar nele, gostei muito de terem colocado Bull para trabalhar contra outra Trial Consultant. Mas podia ter sido em outras circunstâncias, em um caso que não envolvesse alguém da equipe. Acho que veremos a personagem da Archie Panjabi novamente e em várias outras ocasiões. Não posso também deixar de falar sobre o resto da equipe que, mesmo aparecendo um pouco menos, ainda ganharam um pouquinho a mais de cenas. Danny e Marissa trabalham muito bem juntas e eu quero que isso aconteça em mais oportunidades. Agora Chunk... aquela comemoraçãozinha dele me fez desejar por um episódio dele para ontem. Sério, ele merece – e muito – destaque.

P.S.: Bull gastando tanto em ingressos para ver Hamilton. Por que não pedir para o Chunk, já que ele é o próprio George Washington? haha

“You know, the only reason he left here is because he couldn't do nine-to-five. Everything had to be his choice, all the time. When to wake up, what to do. Anyway, I'm sure somebody told you, but he started working as a bike messenger. It was kind of invented for him, because he could just text when he felt like working. And the other thing he started to do, actually, about a year ago, while he was working here, was working as a guinea pig for pharmaceutical companies, testing new drugs. They pay a lot of money. And all he had to do was remember to take one or two pills a day. I know you really cared for him I was talking to some of his friends. It turns out he was doing a trial for this company called Dep Pharmaceutical, testing this new kind of antidepressant called Eutaline. The people that know Simon, they say it was the drug that caused Simon to kill himself.” – Cable McCrory
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top