Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] NCIS - S15E08: VOICES
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
 “We focus on what we can prove, what we know. That's it.” – Leroy Jethro Gibbs Eu posso começar a chorar agora e ficar chorando ...
 “We focus on what we can prove, what we know. That's it.” – Leroy Jethro Gibbs

Eu posso começar a chorar agora e ficar chorando para sempre? Porque eu não esperava metade das coisas que aconteceram nesse episódio e eu fiquei muito feliz com todas elas. Principalmente a coisa relacionada ao McGee, que veio no momento certo. Mas isso eu vou falar depois, porque a felicidade é grande demais e eu tenho outros aspectos do caso para poder discutir.

Confesso que fiquei meio cismada com esse negócio das vozes. Assim como Bishop, eu acredito em fantasmas mas, da mesma forma que Nick, morro de medo de alguma interação com os amigos do Gasparzinho. Sério, quem em sã consciência iria perseguir uma voz que ouviu em um lugar que não conhece? Eu não assisto a filmes de terror, mas imagino que essa deva ser uma das maiores causas de morte de personagens burros. E eu fiquei o episódio todo sendo enganada, achando que Amber realmente inocente. Apenas uma pessoa que ficou perdida por lá. Essa foi a primeira surpresa.


A segunda foi a aparição, mesmo que praticamente momentânea, do fantasma do Natal passado, Mike Franks. Sério, já disse um milhão de vezes e vou continuar repetindo que uma das maiores burrices que os roteiristas poderiam ter feito foi matar Franks (e Diane, é claro). Mas pelo menos eles tiveram o bom senso de continuar trazendo ele em forma de visões. E foi só aí que me toquei o tempo todo: Gibbs ficou meio decepcionado sim com o fato de Amber não ouvir vozes porque ele mesmo ouve a voz de Mike desde que ele morreu. Ele acabou passando a impressão de querer conhecer alguém que estivesse na mesma situação que ele. Outra coisa que nem me lembrei também foi quando Vance falou com Jethro que ele teria que trabalhar com a mulher, porque a agência já tinha trabalhado com videntes antes. Ele mesmo já resolveu casos com a ajuda do Franks, o fantasminha camarada. Eu realmente ando precisando assistir mais NCIS.

A situação de Amber foi bem tensa. Isso de reprimir as memórias é algo que chega a ser bem perigoso, ainda mais quando a pessoa usa desse artifício para poder ficar em negação sobre o que causou um grande trauma na vida dela. Acho que se ela não tivesse conhecido Gibbs, era capaz de ter matado o Box Guy, como disse o McGee. Agora foi realmente bem interessante ver como o ex-marido dela, o maravilhoso do Ike <3, quis ajudá-la e ficou triste com tudo o que estava acontecendo. Muito difícil encontrar um assim.


Agora eu queria poder gritar para o mundo inteiro sem parecer uma doida: MEU BEBÊ VAI TER MCTWINS! Eu não poderia estar mais feliz! Gente, como assim o McGee cresceu tanto a ponto de ter gêmeos? Só de pensar na fofura toda eu já quero chorar de novo. Essa é outra coisa que não me canso de falar: se tem um personagem que teve um desenvolvimento muito bem escrito, esse é Tim. Tanto profissional quanto pessoalmente, os roteiristas sempre acertaram em cheio quando o assunto foi McGee. E eu não poderia ser mais grata por isso, porque ele é o personagem mais relatable da série toda, mostrando que todo mundo pode sim ter um plot twist em suas vidas e ter coisas maravilhosas.

Eu já imaginava que Delilah ia acabar cedendo e contando para o marido o que eles estavam esperando. Mas, é claro, tinha que ser no estilo Fielding: com uma pequena surpresa. As reações não poderiam ter sido melhores: desde uma Ellie e um Nick extremamente felizes a um McGee a beira do choro, essa cena é uma daquelas que eu posso ver um milhão de vezes e jamais vou me cansar. São por momentos assim que eu afirmo com todo meu coração que NCIS é minha série favorita e eu não sei nem por onde explicar o quanto eu amo isso tudo. Uma pequena coisinha que faltou nessa cena foi a presença de Abby, que teria feito uma festa imensa ali mesmo.

Por falar nela, amo quando ela está no laboratório com Nick. Os dois são ótimos juntos e não tem como não querer um episódio todo só assim. Quer dizer, as interações dela com qualquer um são incríveis. Estou esperando mais cenas entre ela e a Jack, que, por sinal, estava maravilhosa nesse episódio. Agora o que me deixou extremamente feliz foi ter Ducky de volta, aparentemente em tempo integral agora. Meu time está completo de novo e eu não poderia estar mais feliz.

P.S.: Saudades Reeves, de novo.

“Well, probie, was she wrong? 'Cause hearing voices, seeing dead people-- I don't know. Psychic seems like a better option than the alternative.” – Mike Franks
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top