Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: [REVIEW] MR. ROBOT - S03E08: EPS3.7_DONT-DELETE-ME.KO
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
É incrível como Mr. Robot tem a capacidade de nos conectar aos seus personagens de maneira tão profunda e intensa. Essa série conseg...

É incrível como Mr. Robot tem a capacidade de nos conectar aos seus personagens de maneira tão profunda e intensa.

Essa série consegue nos atingir de maneiras diferentes. Para alguns, ela é sobre uma revolução contra o sistema. Para outros, é sobre as falhas do capitalismo. Tem aqueles que a vem como um símbolo do poder das elites. Mas nesse episódio, Mr. Robot mais uma vez mostrou uma face importante da série: a solidão.

Em um mundo tão conectado, nada passa despercebido. Tudo está online, tudo é postado, curtido e comentado. E mesmo assim, nunca estivemos tão sozinhos. Não culpemos a internet e a tecnologia. Se nós falhamos em nos aproximar verdadeiramente das pessoas, não devemos ignorar que existem falhas pessoais, que são apenas mascaradas pelo mundo moderno.

Tivemos mais uma oportunidade de ver Elliot no fundo do poço. Ele mesmo disse que já figurou nesse local diversas vezes, desde as drogas até a prisão, tudo com o intuito de se livrar de seu alter-ego que o lembra de seu pai. Dessa vez ele procurou um caminho mais drástico.

Era evidente, desde o início do episódio, que tudo se tratava do suicídio de Elliot. Desde a compra da morfina, a discussão com Darlene e as despedidas das famílias de seus amigos mortos, tudo apontava para um fechamento. Escolher o DELETE não é fácil. Para chegar a tal ponto, a pessoa precisa ter perdido todas as esperanças de uma recuperação satisfatória. Elliot chegou nesse ponto. 

A chave para o episódio, foi o contraponto do irmão de Trenton. Sempre que temos um episódio contemplativo, vai surgir a dúvida da existência ou não do personagem que interage com Elliot. Gosto de pensar que o garoto é real, não apenas um fruto da imaginação do protagonista. Mas sendo o que for, ele acabou servindo como uma terapia para Elliot buscar seu novo lugar nesse mundo.

O encontro com Angela foi a cereja no bolo de um episódio tão pesado. Ver o reencontro, principalmente emocional, dos dois foi algo lindo e doloroso. Ela, uma personagem quebrada, feita de marionete por seres mais poderosos e enganada diversas vezes. Ele, igualmente sofrido e igualmente usado.

Temos agora a expectativa de um novo Elliot, ou pelo menos do retorno triunfal de um protagonista mais confiante. Saber que ele era o contato seguro de Trenton foi uma bela ação, para agora nos encaminharmos à novos ares. 

  PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top