Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] NCIS: NEW ORLEANS - S04E10: MIRROR, MIRROR
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
 “Glad to see you guys have his back.” – Rita Deveraux Eu não sei como reagir a esse episódio, para ser sincera. Gosto muito de tudo ...
 “Glad to see you guys have his back.” – Rita Deveraux

Eu não sei como reagir a esse episódio, para ser sincera. Gosto muito de tudo relacionado ao que aconteceu no final da temporada passada, ao Hamilton, mas não sei o motivo certo de todo incômodo que senti em relação a Pride nessa história toda. Talvez isso de ele querer ir rogue e não envolver ninguém ou então a fixação que ele tem pelo ex-prefeito, mas esse episódio foi um pouco difícil.

Em uma época em que acordos são feitos para qualquer coisa, até o pior dos criminosos consegue a tão sonhada liberdade. É a perfeita representação de “delação premiada”. Confesso que, como não estava totalmente focada no episódio, não entendi muito bem o motivo para o acordo de Hamilton. Parece que eu estava prevendo que King iria acabar na mesma sala que Douglas em pouco tempo. Mas não imaginava que ele deixaria o arqui-inimigo quase morrer afogado. Eu sei que Dwayne é movido pelas emoções, mas essa foi demais.


Achei que ele fosse agir um pouco menos por impulso por causa da Rita, mas desisti de criar minhas teorias sobre NOLA. A vinda da personagem foi em boa hora: um tipo de calmaria em meio à tempestade. Parando para analisar o que aconteceu no episódio, Rita é a âncora dele. Afinal de contas, se não fosse por ela, não teria um pingo de juízo naquela cabeça dura dele.

Outra coisa que me incomodou um pouco foi Cassius. Eu achava que ele tinha saído da cadeia no começo da segunda temporada e que ele tinha ficado um pouco menos péssimo. Fui enganada, de novo. Eu achei bem forçada toda essa interação dos dois, principalmente King chamando Cassius de “pai”. Se isso foi uma tentativa de trazer um clima mais natalino para o episódio, os roteiristas falharam miseravelmente.


Agora o único acerto nessa situação toda foi toda a equipe, incluindo Rita e Isler, dando cobertura para Pride. Depois desse episódio, cheguei à conclusão de que, se não fosse por todos eles, Dwayne estaria perdido. Mesmo querendo ajudar o amigo a todo custo, eles pararam, analisaram a situação e viram a melhor forma para lidar com o problema.

Por conta da minha raiva contra Pride, não pude aproveitar tanto a equipe quando eu gostaria. Só sei que gostaria de ficar tão bem às 5h30min da manhã como eles. Eu queria ouvir mais o sotaque do Chris e acho que, caso King pise na bola de novo, ele vai acabar se tornando o chefe de equipe. Agora quem deveria entrar na equipe de vez era a cachorrinha da Percy e da Gregorio. Um amorzinho ela rosnando para o Isler.

Apesar de alguns episódios um pouco abaixo da média, NOLA teve um bom ano, do qual eu sou extremamente grata. Aproveito para desejar um Feliz Natal e um excelente 2018. Nos vemos ano que vem!

P.S.: Jamais cansarei de exaltar a beleza do meu badass baby <3

“I don't know how good I am. But, uh, however much it is, I owe it to you. You probably never knew this, but I grew up wanting to be just like you. I admired you. Everybody did. They loved you, looked up to you till they didn't. Till I didn't.” – Dwayne Cassius Pride
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top