Comentários
Michelle Louise Michelle Louise Author
Title: TODO AMOR: A SUTILEZA DO AMOR DE VINICIUS DE MORAES
Author: Michelle Louise
Rating 5 of 5 Des:
Vinicius de Moraes reinventou o amor. O tema parecia velho quando ele aliou a poesia dos livros à música popular, trazendo o amor...



Vinicius de Moraes reinventou o amor. O tema parecia velho quando ele aliou a poesia dos livros à música popular, trazendo o amor para o centro das atenções como uma emoção sempre nova. Com organização do poeta Eucanaã Ferraz, Todo amor reúne mais de cem fragmentos — entre cartas, crônicas, poemas e letras de canção — que formam um painel admirável e apaixonante. De “Eu sei que vou te amar” até “Canto triste”, o leitor pode observar a enorme variedade de formas que esse sentimento assume na produção do poeta: a alegria, a tristeza, o ciúme, a devoção absoluta, a veneração, o arrependimento, o perdão, o lance cômico e a expectativa do fim.


Ler Vinicius é sempre um convite para muito mais que uma leitura. Ler Vinicius é um convite ao sentir, ao buscar compreender e a, é claro, amar. Me lembro de meu primeiro contato com a obra dele através do "Soneto do Amor Maior" que esbarei em algum livro na biblioteca do colégio. Me lembro do livro de sonetos que li quase que na mesma época. Eu, tão nova, não entendia o que era o amor e, ao mesmo tempo, sentia amor ao ler suas palavras. 

Hoje, tanto tempo depois, tenho a sorte de dizer que ler Vinicius não mudou. É sempre uma redescoberta de sentimentos que, nem que você tente, consegue ignorar. Para ler Vinicius é preciso sentimento. E ele arranca os mais profundos de você com cada palavra que escreve. 


"Todo Amor" é um livro que reúne coletâneas de sonetos, crônicas, cartas e aquelas celebres poemas que se eternizaram, também, no mundo musical ao serem interpretador por gênios da música como Tom Jobim e Toquinho. Uma coisa interessante dentro desta edição é uma linha temporal a cerca da vida do autor, nos mostrando passos da vida do poeta. 

Poucas são as pessoas que conseguem transcrever em palavras toda a complexidade do ato de amar, seja ele no ápice de sua beleza ou na dor que as vezes o acompanha. O amor nas suas mais diversas formas é aqui deixado, para deleite do leitor, em doces e completas linhas para que cada um o sinta da sua forma particular.


Amor não é sentido de forma universal e, justamente por isso, a leitura do livro se torna tão prazerosa. O fato de  saber que eu li e senti algo que não é necessariamente o que outra pessoa sentiu ao ler essas mesmas linhas é algo que encanta. Talvez isso seja, em minha humilde opinião, o que há de mais belo dentro da literatura como um todo. 


Posso dizer, sem muitas dúvidas, que este é um dos mais belos livros da minha estante atualmente. O livro, em capa dura, conta um riqueza que detalhes que beira ao absurdo. As flores que decoram as páginas, as ilustrações, fotografias e a diagramação sob medida para um leitura fluida fazem deste, um daqueles livros para serem admirados (além de degustados, devorar é algo rápido demais e aqui, as palavras pedem tempo). 



Para quem gosta de poemas e, principalmente, para quem gosta de Vinicius este livro é essencial. Você fará (possivelmente) a leitura toda de uma vez, porém, este é um daqueles livros - aquele por vezes raros livros- que te trazem sensação de pertencimento. Com toda certeza você irá retornar à ele sempre que precisar de uma casa ou, simplesmente, quando precisar ler as palavras de alguém quando nem você mesmo puder explicar o doce amargo que é amar. 


Todo Amor

Autor: Vinicius de Moraes
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 278
Ano: 2017
Onde Comprar: Compare aqui.

Livro cedido pela editora para resenha.

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top