Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: A CONCLUSÃO DA JORNADA DE CÉSAR
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
Quando começamos a acompanhar a história de César , lá em 2011, já podíamos ver que algo diferente estava surgindo. Aliando o avanço da...

Quando começamos a acompanhar a história de César, lá em 2011, já podíamos ver que algo diferente estava surgindo. Aliando o avanço da tecnologia de captura de movimentos, à um dos maiores atores nesse quesito (Andy Serkis), além de uma história cuidadosa, a nova trilogia do Planeta dos Macacos consegue ser perfeita do início ao fim.

O importante é ver que, mesmo com as pequenas homenagens aos clássicos filmes dos anos 60 e 70, aqui temos uma nova história. Não é sobre como os macacos escravizam os humanos, com a visão do herói terrestre. Não, essa é uma história de sobrevivência. Em meio à decadência da raça humana, os macacos se tornam mais inteligentes e com isso, precisam sobreviver em um mundo que os culpa.

César surgiu como um messias. O líder de uma legião de oprimidos. O mais inteligente. O primeiro a dizer NÃO. Com o tempo ele se torna mais do que isso. Ele é um mito. Ele é algo a mais. Quando o soldado o encontra no início do filme, temos essa imagem, tamanho o espanto do humano.


Planeta dos Macacos: A Guerra, não tem como objetivo mostrar um conflito gigantesco, em escala mundial. Nem construir uma guerra entre símios e humanos. Sendo a guerra uma premissa básica do homem, novamente vemos os macacos buscando a sobrevivência, a fuga para um lugar só deles. O que realmente lhes importa se a humanidade está definhando ao seu fim? Os homens se preocupariam se fosse o contrário?

O campo de concentração criado por Woody Harrison, é um símbolo dessa tentativa humana de sobreviver à qualquer custo. A guerra em si seria travada entre dois grupos humanos, enquanto César só queria levar seu povo adiante. 


Esse filme consegue um feito incrível de concluir com maestria toda uma jornada. Vemos a ascensão, a criação, a queda. César é mais do que os macacos precisam. Ele é o que eles merecem. Mas por vezes, nem eles merecem o quanto César sacrifica por toda sua espécie. Podemos até ter mais filmes dessa franquia, mas César, temos só um.
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top