Comentários
João Carlos João Carlos Author
Title: [REVIEW] LAW & ORDER: SVU: S19E09E10 - GONE BABY GONE/PATHOLOGICAL
Author: João Carlos
Rating 5 of 5 Des:
Temos dois episódios que de uma forma falou sobre mães. Tivemos todos os tipos e facetas de mãe com as personagens Sheila, Benson, Rol...

Temos dois episódios que de uma forma falou sobre mães. Tivemos todos os tipos e facetas de mãe com as personagens Sheila, Benson, Rollins e outras que apareceram durante o episódio. O cuidado em identificar pontos críticos no aumento do diálogo entre as personagens foi feito de uma forma magistral, foram episódios tensos de se acompanhar.

Com Sheila vemos que ela foi uma mãe que ao falhar com sua filha Ellie projetou todo esse sentimento de culpa em Noah e desde o momento soube da existência do neto faria de tudo para tê-lo em sua vida. Sheila aproveitou da boa vontade da Benson que como mãe queria de tudo para que seu filho tivesse uma família entrou na vida da tenente para orquestrar um sequestro para que pudesse ter Noah como seu.


A série soube muito bem nos enganar. Na primeira aparição de Sheila a tivemos como ameaça, porém assim que ela foi ganhando a confiança da Benson ela também foi ganhando a nossa confiança e nos deixou de guarda baixa para fazer o que fez. O único laço sanguíneo quer é o Noah Sheila precisava ter e enganou tudo e a todos e enganou a si própria acreditando que seu neto era seu por direito.

Mais uma mãe que fica evidente é Dawn. Foi uma mãe protetora até demais, queria tanto proteger sua e que alguém cuidasse bem da garota que por anos deixava Mariel doente para que de alguma forma alguém cuidasse bem dela. No decorrer do episódio descobrimos que Dawn quando criança sofreu abusos e isso a mudou de uma forma que ela não soube cuidar e dar carinho para a própria filha e precisava de alguém para fazer isso por ela e deixava a criança doente para que os médicos a dissesse o que tinha que fazer para guia-la. De uma forma doentia Dawn amava Mariel e queria ver o melhor para ela.


Já que estamos falando sobre mães a série fez questão de lembrar que Rollins também é uma mãe. Jesse, por mais que não aparece ou é mencionado nos episódios, e a pessoa mais importante na vida da detetive. A cena da própria ligando para a sua mãe querendo saber como ela está e também dar noticias da neta foi lindo de ver, pois sabemos qual é a relação da Rollins com a mãe.

Agora falaremos da mãe onde todo o enredo dos episódios girou em torno e essa pessoa é a Olivia Benson. Não tem como imaginar o quão deve ser desesperador uma mãe ver seu filho sumir. Imagina você quando criança passeando com sua mãe e de repente se solta da mão dela por alguns segundos, sua mãe entrará em parafuso, sem saber o que fazer e foi isso que aconteceu com Benson.

Por mais que Benson fazia de tudo para reaver o filho ao mesmo tempo sentia que estava fazendo nada. Felizmente a história do sequestro terminou bem e percebemos que levará um tempo para Benson se recuperar totalmente do que acontece, mas será um trauma que levará para o resto da vida.

Dois episódios ótimos de se acompanhar, podemos dizer que a série voltou ao ritmo e espero que continue assim o restante da temporada.

PS: Como foi bom ver a Tamara Tunie na série de novo com a sua Dr. Melinda Warner, a última aparição da personagem foi na 17ª Temporada.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top