Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: THE BRAVE: O MOTIVO PELO QUAL MEU ÓDIO PELA NBC SÓ AUMENTA
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
Tenho a mania de querer assistir a series militares. Quando soube que três iriam sair praticamente ao mesmo tempo, decidi escolher apen...

Tenho a mania de querer assistir a series militares. Quando soube que três iriam sair praticamente ao mesmo tempo, decidi escolher apenas uma para seguir, já que a grade estava cheia. Entre The Brave, SEAL Team e Valor, eu optei pela segunda pois: 1) The Brave é da NBC, e todo mundo já conhece muito bem a fama da emissora; 2) SEAL Team tem o David Boreanaz e o AJ Buckley e 3) eu não consigo aguentar outro triângulo amoroso da CW, que é exatamente o que aconteceu com Valor. Em um entediante feriado de 12 de Outubro, decidi que precisava de outra série para assistir e The Brave foi a primeira a me chamar a atenção. Foi amor a primeira vista.

Ainda não consigo entender como The Brave não foi minha primeira opção, porque a série tem tudo o que eu gosto: muita ação, cenas de tirar o fôlego, um cenário excelente, personagens femininas muito badass e, para minha completa felicidade, um cast masculino que é a verdadeira definição de “tanto faz”. Porém o mesmo motivo que me fez optar por não ver a série em primeiro lugar, é aquele que vem consumindo boa parte dos meus pensamentos desde que comecei a ver a série: o fato de ela ser da NBC. Afinal de contas, se a série for da NBC e não tiver a mão de Dick Wolf, as chances de um cancelamento são altíssimas. Mas vamos focar no aspecto positivo da situação, já que nada foi dito sobre o destino da série.


Para dar uma simplificada: The Brave segue a equipe do Capitão Adam Dalton que é especialista em resgates. Eles são auxiliados pela Vice-Diretora do DIA, Patricia Campbell, juntamente com Noah e Hannah, os dois melhores analistas dali. Cada um deles teve um pouco de destaque ou então seu passado explorado em episódios espalhados pela temporada. Não posso deixar de falar de jeito nenhum em Grounded (S01E11), em que Hannah vai a campo depois de muito tempo e que é facilmente um dos melhores episódios da temporada porque, apresar de envolver uma situação tensa, acaba tendo certa leveza, principalmente vinda da equipe.

A equipe de Dalton e composta por ele, Sargento Jasmine ‘Jaz’ Khan, uma sniper e dona da melhor frase que eu poderia ter ouvido em alguma série, Sargento Joseph ‘McG’ McGuire, um médico de combate e verdadeiro colírio para os olhos (meu favoritismo nem ficou bem óbvio agora), CPO Ezekiel ‘Preach’ Carter, que e o único membro da equipe que e casado e tem filhas, além de ser o melhor conselheiro, mesmo que ele seja bem enigmático quando faz isso, e o novato Amir Al-Raisani, agente da CIA, que entrou na equipe para substituir um antigo membro que havia morrido. Ele é a verdadeira definição de cinnamon roll, que dá vontade de enrolar em um cobertor e proteger de todo o mal do mundo, porque apesar de ter vindo de uma família rica, ele já sofreu muito, como a própria série mostra.


O que faz a série ser melhor até que SEAL Team é a dinâmica que ela segue, tanto no desenvolvimento dos episódios quanto em relação aos personagens. Em casa, Patricia, Hannah e Noah são os três mosqueteiros, sempre seguindo a linha do “um por todos e todos por um”, além de nunca deixarem o outro na mão. No Afeganistão, a equipe não poderia ser mais unida, sempre rindo um da cara do outro, principalmente se for para fazer piadinha sobre o Amir, cortesia do McG. Eu não consigo superar a cena em que Dalton esta correndo para tentar se salvar e, quando ele se joga na clareira, os outros quatro levantam atirando na forca especial russa, em Stealth (S01E08). Ainda é minha cena favorita.

Os casos normalmente são resolvidos no mesmo episódio. Logo no fim do primeiro episódio, já da para ver que a série sempre vai deixar uma coisa ou outra que vai voltar a ser tratado ao longo da temporada. Apesar de ter ficado com um pouquinho de raiva no começo, eu vi que valia a pena porque me fazia querer que o próximo episódio saísse o mais rápido possível. Eu fiquei completamente envolvida com a série, que já estou ate me programando para rever tudo, porque vale muito a pena. Os episódios são tão bons, que não dá para ver o tempo passando. Juro, naquele feriado de 12 de Outubro eu vi três episódios seguidos e queria muito mais.

Apesar de a série ser da NBC, e da emissora não ter dado praticamente chance nenhuma para a série, além de tratar um tema que nem todo mundo gosta muito, The Brave é a prova de que séries militares valem muito a pena de serem assistidas. Essa então merece ser a primeira da lista. A série virou meu amorzinho e eu vou defender ela a todo custo.

"Você é durona, mas é uma garota."
"Talvez eu seja durona porque sou uma garota."

#RenewTheBrave
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top