Comentários
Ayla Aguiar Ayla Aguiar Author
Title: LA BELLE SAUVAGE: O ANTES DA TRILOGIA FRONTEIRAS DO UNIVERSO
Author: Ayla Aguiar
Rating 5 of 5 Des:
Malcolm e seu daemon, Asta, tem onze anos e vivem na estalagem A Truta, perto de Oxford. Do outro lado do rio, fica o convento Godsto...

Malcolm e seu daemon, Asta, tem onze anos e vivem na estalagem A Truta, perto de Oxford. Do outro lado do rio, fica o convento Godstow. Certo dia, Malcolm entreouve que as freiras estão recebendo uma nova hospede: uma bebê chamada Lyra. O encanto que ele sente por ela é quase imediato, e sua curiosidade é aguçada pelo fato de que outras pessoas – importantes e perigosas – também parecem interessadas na criança.

Malcolm pode não saber por que Lyra é importante, mas quando uma tempestade desaba e inunda o país, ele precisa tomar uma decisão rápida para salvar a vida dela. Com a chuva caindo e as ruas da cidade transformadas em rios, Malcolm conduz sua canoa tentando levar Lyra para um lugar seguro. Mesmo que no caminho precise enfrentar fadas, feiticeiras, deuses e assassinos.

Neste primeiro volume da trilogia O Livro das Sombras, Philip Pullman leva os leitores de volta ao mundo de Fronteiras do Universo, contando a historia da pequena Lyra antes dos eventos de A Bússola de Ouro. 

Esse livro é a prova de que crianças, quando tem a coragem, podem fazer qualquer coisa para ajudar os seus, não importando o perigo ou medo.

A duas críticas que eu tenho ao livro, mas não sei se posso dizer que é ao livro e sim ao autor em si, porque ele usou a mesma coisa na trilogia Fronteiras do Universo, e isso me deixou incomodada: primeiro, o personagem principal se descrever como alguém que não tem inteligência, sem imaginação, sem nada. A Lyra se descreveu em um dos livros como uma menina pragmática, sem imaginação nenhuma, que só se utilizava das situações imediatas. E isso me deixa assombrada até hoje. Pois, claramente, durante toda a trilogia a gente vê que isso é completamente irreal, ela é inteligentíssima, emocional, imaginativa, e tudo o mais. E a mesma coisa acontece com o Malcolm. Eu fico louca com esse detalhe nos livros desse homem. Ele tem problemas, vamos tratar isso hein, criança.

Segundo problema do autor: ele começa as historias dele sem muita ação, ou elas se tornam sem muita ação ao longo do tempo, já que tem explicações (como o 3 de Fronteiras do Universo), e você tem que tomar um tranco para conseguir continuar, se resolver parar por algum motivo. Mas isso é o de menos, porque, por mais que se tornem chatas, logo passa e a ação volta, cheia de reviravoltas, assassinatos, lutas, tramas, respostas e etc.

E não foi diferente com esse livro. Começou lento, para então depois ter a correria, tiro, porrada e bomba. O Malcolm é sim um personagem inventivo, que se safou e teve a capacidade de se esconder de espiões assassinos logo no começo do livro.

Nessa história somos apresentados ao rol de personagens que abriu A Bússola de Ouro, mas que só vimos de passagem, como a Hannah, da faculdade que a Lyra iria. Vimos o convento que ela ficou escondida enquanto bebê, e vemos como o aletiômetro foi parar na faculdade Jordan, e, por conseguinte, com a Lyra anos depois.

Vemos a magia dos daemons de novo, alguns dos nossos tão amados personagens reaparecem, nem que seja só por uns segundos. Voltamos aos segredos e aventuras das Fronteiras do Universo, agora sobre os olhos de um menino de 11 anos extremamente curioso, corajoso e com muito amor, para salvar um bebê e seu daemon dos perigos dos adultos que querem matá-la, para que essa mesma bebê, que nesse momento é inofensiva, possa vim a cumprir o seu tão terrível destino. 

TÍTULO: La Belle Sauvage

AUTOR: Philip Pullman
EDITORA: Suma de Letras
PÁGINAS: 341
ANO: 434
ONDE COMPRAR: Amazon

Livro cedido pela editora para resenha.




Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top