Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] S.W.A.T. - S01E13: FENCES
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
 “One problem at a time.” – Daniel ‘Hondo’ Harrelson Que saudade eu estava de ver S.W.A.T. ! Quer dizer, eu até vi na Fox essa seman...
 “One problem at a time.” – Daniel ‘Hondo’ Harrelson

Que saudade eu estava de ver S.W.A.T.! Quer dizer, eu até vi na Fox essa semana, mas rever um episódio e ver um inédito é bem diferente. Ainda mais quando o assunto abordado é algo que é amplamente discutido hoje em dia: a questão de imigração nos EUA e como isso vem afetando a todos. E foi realmente muito bom ter visto esse episódio na mesma semana em que vi Pilot (S01E01), que trata da questão racial e os problemas entre a polícia e a comunidade.

A forma como tudo foi explorado – a tensão entre a polícia e a comunidade, os protestos entre aqueles que são a favor e contra a situação da imigração e os problemas internos – deixaram o episódio tão bom de ser assistido, tão interessante, que eu queria que tivesse durado muito mais tempo. Também achei extremamente importante a abordagem desse tema, porque é algo que todo mundo deveria entender melhor.


É o que eles dizem: when it rains, it pours. Se uma coisa dá errada, pode ter certeza que mais um monte vai seguir o mesmo rumo. Essa história de ajudar em uma operação da ICE já tinha tido para dar rolo, principalmente se envolvesse o Street indo atrás de um dos rabbits. A verdade é que ele foi muito inocente entregando a identidade, principalmente não sabendo que tinha gente filmando.

Ver ele se sentando e conversando com Ariana, entendendo o lado dela e depois fazendo de tudo para ajudá-la me fez ver como o personagem evoluiu, principalmente levando em consideração como ele deixou de ser tão explosivo quanto era antes. Claro, os velhos hábitos nunca vão mudar, mas ele está melhorando e isso só está tornando a equipe cada vez melhor. Quero ver muito mais da amizade dele e da Chris e também de como toda essa situação da deportação vai ser resolvida.


Paralelo a toda a confusão, mais problema. Eu nunca tinha pensado tão criticamente nas propostas de Jess até rever o primeiro episódio esses dias. O que Michael falou foi certo: se ela espera que os policiais concordem com tudo o que ela propôs, então ela tem que ser a primeira a dar o exemplo. Desde o começo já dava para saber que os dois não iriam durar tanto, principalmente porque eventualmente alguém iria acabar descobrindo que eles estavam juntos e iria dar um problema danado, principalmente por conta das regras que eles estariam quebrando. Como Michael disse: se ela não fosse mulher, ninguém iria pegar no pé dela. Mas, infelizmente, aos olhos da sociedade é muito difícil um homem errar, ao contrário da mulher.

Por mais que eu odeie dizer isso, porque gostava dos dois juntos, eu acho que agora ela vai ter espaço para crescer de verdade na série. Isso de tentar convencer não só os policiais, mas também a comunidade de que eles podem conviver de forma pacífica e unida pode render um desenvolvimento maravilhoso, vários plots podem ser explorados e um resultado excelente pode vir disso tudo.

P.S.: Só eu amo quando eles têm que usar aqueles uniformes?
P.S.2: Mais Rocker, por favor!
P.S.3: Passei a review inteira sem falar sobre Deac e acho isso um absurdo, então, Deacon maravilhoso e dono da razão, como sempre <3.

“Michael, my priority is to this department, to this city. Anything else would be selfish.” – Jessica Cortez
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top