Comentários
Jéssica Ohara Jéssica Ohara Author
Title: LER, LEMBRAR E OUVIR: ÁGUAS DE MARÇO, LEITURAS E ECOS
Author: Jéssica Ohara
Rating 5 of 5 Des:
Achou que não ia ter quadro esse mês? Achou errado, otário! Março veio naquele furacão típico para nos dizer que o ano começou e...



Achou que não ia ter quadro esse mês? Achou errado, otário!



Março veio naquele furacão típico para nos dizer que o ano começou e agora não tem mais escapatória dos compromissos. As únicas coisas que conseguiram aliviar o meu pânico no meio desse mar de estresse e tensão foram os livros e, claro, as músicas. Por isso venho fazer um 'Ler, lembrar e ouvir' especial, só com as coisas novas que eu fui apresentada, encontrei por acaso ou, ainda, reencontrei nesse terceiro mês do ano, para deixar aquela sensação gostosa de ainda tem muito o que descobrir por aí. Vamo que vamos!

A Ayla foi só fantasia esse mês, começando com a volta para o mundo de Fronteiras do Universo que deixou muita gente (eu, por exemplo,) com o coração destruído ao final da série . No prequel La Belle Sauvage temos uma história que conta as circunstâncias misteriosas que sempre cercaram a vida da nossa querida Lyra. Nada mais justo que uma música que dê essa ideia de início de uma nova aventura, Anna - Will Butler tem um ritmo contagiante como se estivéssemos no grande estilo Dora, a Aventureira.

O tão esperado desfecho da trilogia 'A Sina dos Sete' vêm com A Pedra Pagã, a Ayla sentiu todo o clima de amor e parceria da relação de Cybil e Cage.  Escolhi duas músicas, uma que expressasse o sentimento que os dois construíram, I'll be around - Yo la tengo, e outra para embalar as lutas e descobertas que também estiveram presentes durante toda a história, Psycho Killer -Talking Heads.

Para terminar, a Ayla se dedicou ao maravilhoso 'A invasão de Tearling'. Nessa segunda parte da história, temos Kelsea cometendo erros e começando a embaralhar seus valores. E a música que eu escolhi vai mais como um conselho para essa jovem heroína, Don't Look Back in Anger- Oasis

'Os quase completos' foi a minha leitura do mês e como um livro pode caber com uma luva para certo momentos, né? As capacidades de sonhar e recomeçar são o que seguram essa história e, portanto a música escolhida não poderia deixar de suscitar essa ideia de mudança, fico com O Vento - Dorival Caymin.

O Leandro resolveu nos levar para o mundo da espionagem e a Guerra Fria, mais um trabalho detalhista de Ken Follet, 'Contagem regressiva' parte de um dos maiores medos de qualquer pessoa: perder a memória. This Mess we're in - PJ Harvey consegue capturar bem a essência de suspense e segredos do livro.

'Os 27 crushes de Molly' foi um livro que mexeu muito com a Dessa, ele conseguiu falar de assuntos tabu de uma forma bem natural conseguindo mostrar o que realmente importa: as descobertas do amor. A delicadeza dessa história parece ter sido espelhada na música Want Someone to Remember Me - Philip Long.

Para fechar, uma resenha que abriu um mês que ao mesmo tempo que celebrou o dia internacional das mulheres também foi o que nos relembrou da forma mais dolorosa possível as verdadeiras raízes dessa data, apesar de qualquer posição de poder que uma mulher possa ter ela ainda pode ser vítima de uma violência desumana e sem sentido. 'Extraordinárias mulheres que mudaram o Brasil', livro da Yngrid, deixa bem claro que a luta é antiga, mas que apesar dos pesares conquistamos muitas coisas e ainda temos fôlego pra mais. Representando esse sentimento escolhi Meu Sexo - Larissa Luz.

Esse foi o Ler, lembrar e ouvir do mês, pessoal! Vocês nos encontram aquiaqui e aqui. Não se esqueçam que a gente tem uma playlist no Spotify. Até a próxima!!


Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top