Comentários
Ticianni Zabulon Ticianni Zabulon Author
Title: [REVIEW] IZOMBIE - S04E06: MY REALLY FAIR LADY
Author: Ticianni Zabulon
Rating 5 of 5 Des:
Para assumir o legado de Mama Leone, Liv pôs em prática um esquema arriscado para provar não apenas para o grupo de “rebeldes” quanto p...

Para assumir o legado de Mama Leone, Liv pôs em prática um esquema arriscado para provar não apenas para o grupo de “rebeldes” quanto para si mesma que é a pessoa certa para o trabalho. E apenas ao sentir a adrenalina na pele seguido da efetividade do plano que nossa zumbi conseguiu entender de verdade a importância daquele movimento e seu impacto na vida das pessoas. A participação inicial da maravilhosa Rachel Bloom foi tão curta pra mim, preferia seu maior aproveitamento como uma testemunha ou suspeita, mas ao mesmo tempo seu cérebro teatral divertido tornou a tensa missão de Liv mais leve então vitória do mesmo jeito. Inclusive, recomendo bastante sua série Crazy Ex-Girlfriend.

Voltando, se pararmos para analisar, mesmo sendo a protagonista da série, apenas agora Liv se envolveu a fundo na trama principal de forma a se tornar efetivamente um destaque no movimentar das peças do jogo. Anteriormente ela sempre esteve às margens das problemáticas da série, muitas vezes sua influência acabava sendo por acaso, sempre como alguém que estava apenas sendo afetada pelas mudanças do meio e não as fazendo acontecer de fato. Dessa vez não será apenas sua história cruzando com grandes acontecimentos, agora Liv está se tornando a raiz de uma grande situação.


Custei a acreditar que o gênio dos negócios do mal super informado das transações de poder dentro da redoma zumbi demorou tanto tempo para descobrir que seu pai tinha escapado do poço e que, pior, era o líder dos religiosos. Tamanho descuido vai custar muito caro para Blaine, literalmente. Sigo sem paciência para seu pai, mas em todo caso ainda agradeço, já que o embate familiar vai nos trazer nosso velho gênio do mal de volta à ativa com um plot focado no que ele sabe fazer de melhor: tomar poder para si das formas mais baixas, porém criativas possíveis.


Por falar em Blaine, surpreendente foi a decência que o homem teve em ajudar Ravi a não se afundar no mundo das drogas. Após sua mais recente loucura de amor, Ravi conseguiu conquistar o coração de Peyton de volta. Que esses dois tinham bastante assunto inacabado já era explícito, o sentimento sempre esteve lá e não me levem a mal, não tenho absolutamente nada contra  casal (embora sinta levemente lá no fundo uma saudade da dinâmica imprevisível que vinha de Blaine apaixonado), mas o romance mal voltou e já sinto falta de trabalharem a Peyton como personagem individual fora de enfoque amoroso. Oremos para que seja apenas uma conclusão de pontas soltas e que o amor não a apague da história.

Ainda no tópico amor, temos uns casais brotando e outros definhando, enquanto Liv ganha um possível futuro novo interesse amoroso temos o relacionamento de Clive e Dale respirando por aparelhos. E eles enfrentam problemas completamente compreensíveis especialmente para seu mundo semi pós apocalíptico mas também para o nosso moderno, relações abertas não são para qualquer um. Agora observemos Dale quebrar nossos corações e terminar com o detetive para liberta-lo desse namoro condenado.

Ps: Esse negócio de filmar as coisas pra um documentário não vai prestar.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top