Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] S.W.A.T. - S01E15: CREWS
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
 “It could put our people at risk.” – Jessica Cortez Ainda bem que agora são 8 semanas seguidas de S.W.A.T ., porque o negócio tava f...
 “It could put our people at risk.” – Jessica Cortez

Ainda bem que agora são 8 semanas seguidas de S.W.A.T., porque o negócio tava feio. Só ver as reprises na FOX não estava sendo o suficiente. É claro que eu não posso deixar de falar que é a segunda temporada já está garantida, então, de agora em diante, provavelmente os casos vão ficar um pouco mais voltados para um possível cliffhanger.

Assalto a carros forte são um crime até que bem comum a ser explorado em algumas séries. Como as mesmas mostram, usar um EMP faz o assalto ser a coisa mais fácil do mundo. Já imaginava que Hondo iria querer buscar justiça pela morte do CI. E, como já deu para perceber, ele não está nem aí se tiver que ficar pendurado no teto de um carro forte à la Riggs para conseguir o que quer. Outra coisa que eu gostei muito foi ele ter feito de tudo para que Lana recebesse o dinheiro. Ele é um molenga, não adianta.


Agora quem não é nem um pouco mole é Jess. Em todo episódio agora eu mordo a língua por ter falado que ela só estava servindo como romance para Hondo. A forma como ela enfrentou a agente do FBI foi uma coisa linda de se ver. Eu cheguei a pensar que DuBois estaria envolvida no esquema de lavagem de dinheiro e, como a equipe estava chegando perto de resolver tudo, ficava agindo de forma estranha só para deixar os culpados fugirem de novo.

O problema é que todo mundo resolveu cair matando em cima da Jess, até mesmo quem não faz parte da S.W.A.T.. E eu continuo achando isso ridículo. É como ela disse, se os policiais não estão fazendo nada de errado, o que é as propostas têm de mais? Agora vir gente do FBI querer falar que pode acabar com a carreira dela mais rápido do que ela pode imaginar, aí já é demais. Em praticamente todas as cenas que Cortez aparecia, eu só queria começar a aplaudir e gritar: Lindíssima, falou tudo. Ainda bem que Hicks ficou meio que do lado dela dessa vez. É bom ver que ele mudou um pouco desde o piloto até hoje.


Eu sei que a Jess é uma mulher forte e tal, mas ninguém, jamais, vai bater Chris. Alonso é a verdadeira rainha dessa série e isso ficou bem claro nesse episódio. De início eu achei bem estranho ela não querer ajudar Erika. Fiquei bem com a cara de dúvida do Street. Mas depois que ela explicou os motivos reais dela, eu entendi e concordei, parcialmente. Ver que ela deu apoio a Rogers e ainda pediu Jim para ajudar a treiná-la mostra o quão amorosa ela é e como ela quer que mais mulheres sigam o exemplo dela. Sério, eu não imaginava que Alonso ia se tornar uma das minhas all time fav tão rápido assim.

Luca, Street e Tan são três crianças e ninguém consegue me convencer do contrário. Sério, a briguinha para ver se era “armory truck” ou “armory car” foi tão engraçada, mas só perdeu para todo mundo deixando Jim gritar o “Stay Liquid” sozinho. Tadinho do meu bebê, foi todo feliz e ficou no vácuo. Sério, essa equipe é a melhor coisa que podia ter acontecido.

P.S.: Eu agradeço muito por um maior tempo de tela do Tan e por terem inventado de colocar ele com aquela camisa da S.W.A.T. Aos envolvidos, minha eterna gratidão mesmo.

“Do you think, I don't know, in a-in a weird way, me being on SWAT makes it harder for other women to make it onto a team? I mean, I know that SWAT Academy is supposed to be objective, but no instructor is completely objective. I don't want anyone to make SWAT who I can't trust to watch my back. But take Erika - Officer Rogers for instance. If she is good enough, how can we make sure she's being judged fairly?” – Christina Alonso
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top