Comentários
Ticianni Zabulon Ticianni Zabulon Author
Title: [REVIEW] THE 100 - S05E06/07: EXIT WOUNDS / ACCEPTABLE LOSSES
Author: Ticianni Zabulon
Rating 5 of 5 Des:
Não teve jeito para Echo, mudaram as estações, mas no banimento não mudou. O rancor de Octavia não sumiu durante os anos no bunker e t...

Não teve jeito para Echo, mudaram as estações, mas no banimento não mudou. O rancor de Octavia não sumiu durante os anos no bunker e ter a inimiga como namorada do irmão não facilitou nada o caso da espiã. Pelo menos as habilidades de Echo vão servir para alguma coisa, desse modo, podemos observar que Octavia e Echo são muito mais parecidas do que imaginam. Ambas são capazes de tomar medidas drásticas para chegar aos seus fins, algo que também lembra algumas antigas atitudes da nossa Wanheda com suas cotas de perdas aceitáveis. Claro que as artimanhas de Echo não costumam ser da magnitude genocida das outras duas, mas o conceito é o quase o mesmo. Ao ser colocada em uma tarefa que antigamente fora responsável por muitas de suas atitudes condenáveis, Echo corre o risco de se afundar em velhos hábitos. Forçar Raven a denunciar Shaw foi efetivo, porém cruel com ambos. A atenção dada pra Echo nessa temporada me agrada muito pois sempre quis ver um desenvolvimento para a aparentemente complexa personagem, torço para que sua nova missão não anule toda a evolução conquistada.


Pensei que a esse ponto eu fosse estar mais incomodada com as atitudes de Octavia, mas estou me esforçando bastante para entender suas decisões e ao realizar esse exercício de ponto de vista, dá para perceber que por mais que a resposta automática seja repreende-la, ao analisar o cenário geral, aquilo tudo é condizente com o que foi construído até agora. Por exemplo, o ataque aos desertores é sim compreensível especialmente quando havia um plano em andamento ali no meio. Não que eu concorde com a ordem, mas ela faz sentido para a situação em que se encontrava da necessidade de manter a unidade do povo e pelo tipo de governo instituído por ela. Da mesma forma podemos analisar o ponto de vista de Diyoza basicamente tratando os desertores como prisioneiros, quem confiaria nessas pessoas? Eu não. Colocar coleiras elétricas naqueles seres humanos é uma atitude condenável, e se taxados como vilões serão ainda mais julgados. Mas para eles aquela é a única forma que encontraram de manter o controle. Faz sentido.

Bem que falei que não seria a última vez que veríamos aqueles vermes malditos. Antes mesmo de Octavia criar seu plano, já estava tudo arquitetado bem aqui na minha cabeça. O plano da Bloodreina é extremamente válido e genial. Usar os vermes como arma biológica quando descartados os danos ao ambiente é uma das saídas para se evitar derramamento de sangue aliado. Com as condições nada a seu favor, nada como usar a criatividade. Mas claro que os testes em humanos vivos foram ramificações indesejadas e a reação de Octavia a eles é que mostrou a profundidade do problema. Tudo bem usar os resultados visto que o estrago já foi feito, mas a falta de uma recriminação maior ao experimento expõe a verdadeira face da situação. O uso dos vermes não é uma estratégia condenável afinal estão em guerra pelo último pedaço de terra habitável, mas os limites que a rainha está ultrapassando perante seu próprio povo é que é preocupante. Como Indra bem pontuou, Octavia está se perdendo em sua escuridão.


Percebe-se claramente que Clarke aguentou quieta o quanto pode. A loira tentou não se meter diretamente nos conflitos, mas com Madi cegamente seguindo os passos da ídola sem medo de consequências, impossível não ativar o modo mãe e começar a se mexer. A condição da criança é perigosa e ela só consegue pensar em mostrar sua eficiência para a rainha, como disse, uma criança. Os outros vão ter que lidar com toda essa problemática por ela. Ainda sigo desconfiada pela a reação de Octavia para a revelação do puro sangue negro da garota e também surpresa pelo apoio dado por Gaia. Gostaria de declarar inclusive que não confio em nenhuma das duas no que diz respeito à Madi, mas vai ser uma interessante disputa velada a se observar, seja ela qual for. Mas no momento meu foco é ver nossa Wanheda de volta à ativa resolvendo a vida de todos como nos velhos.

Acredito que nada mais foi tão surpreendente quanto a revelação da gravidez de Diyoza. Tenho me apegado bastante ao conceito da personagem e mesmo analisando paralelos e possibilidades de planos que podem vir a surgir, chutando teorias e buscando novos pontos de vista, não consigo ter a menor ideia de para onde esse plot pode nos levar, da relevância oculta dele para o desenvolver da temporada. Por isso me encontro extremamente instigada em descobrir o que diabos vai acontecer agora. Pra aproveitar, deixo aqui uma nova ideia: se Octavia descobre que 75% dos seus inimigos já estão morrendo de uma doença ainda sem cura, a vida de Abby corre mais risco do que nunca e com a morte da doutora aí sim acredito que seria um estopim certeiro para uma guerra. Prisioneiros sem nada a perder e com muito ódio para extravasar.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top