Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: [REVIEW] WESTWORLD - S02E10: THE PASSENGER [SEASON FINALE]
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
Entre planos, linhas temporais e reviravoltas, Westworld encerra seu segundo ano com promessas, respostas e perguntas. Mas também com a ...

Entre planos, linhas temporais e reviravoltas, Westworld encerra seu segundo ano com promessas, respostas e perguntas. Mas também com a certeza que estamos vendo uma das melhores produções que a TV no apresenta nos dias atuais.

O episódio mais longo poderia causar certa rejeição de alguns fãs, porém cada minuto foi bem utilizado, com todas as tramas avançando, sendo concluídas e gerando novas histórias. Podemos, e vamos, dividir essa crítica nos principais temas abordados, pois não é possível compreender tudo facilmente da maneira que nos foi exposto.

Comecemos por Maeve. Toda sua história, desde o primeiro ano, foi focada no amor por sua filha. Tendo sido a primeira anfitriã com possibilidades reais de fugir do parque, ela abandonou tudo pela sua busca. E durante esse segundo ano vimos ela lutar, chegar perto, sentir a vitória e também a derrota. Chegou até a parecer que nos despedíramos da personagem no episódio de Akecheta, mas ela volta com tudo e encara sua decisão mais difícil até o momento.

Perder Clementine e sua filha foram golpes duros, mas que ela aceitou como importantes em sua jornada. Ela mesmo não tinha lugar no Além do Vale e por isso deixou para trás tudo o que buscou para permitir o acesso daqueles que tentaram. E imagino que ela ainda tem mais pelo que lutar...

A história de Willian foi uma das mais duras durante a temporada, sendo porém a mais decepcionante desse episódio final. Seu encontro com Dolores não teve o impacto esperado, assim como seu mistério sobre ser ou não um anfitrião. A cena pós-créditos demonstra pouca surpresa da parte dele, o que pode ou não significar que ele sempre desconfiou. Ou mesmo que os testes já vinham ocorrendo com frequência antes daquela cena. História para o terceiro ano.

Por fim tudo o que ocorreu na Forja foi de extrema importância para a temporada e para o futuro. Todos os dados dos visitantes estavam guardados lá e por isso haviam muitos interesses em atingi-la. A chegada de Bernard e Dolores dá rumos ainda mais curiosos à tudo.

Foi incrível ver que Bernard não estava sendo controlado por Ford, mas sim imaginando o mesmo para justificar seus atos. Essa revelação só não foi mais impactante do que a reviravolta envolvendo Dolores. Ao assumir o lugar de Hale e conseguir sair do parque ela finalmente conquista a liberdade tão sonhada.

Não iríamos ficar sem a Dolores em seu corpo padrão não é mesmo? Além disso temos um pequeno teaser de que outros anfitriões podem retornar. Clementine? Teddy? Ford? Algum visitante ou funcionário do parque?

Westworld fugiu do seu padrão de grandes dúvidas para construir uma trama com começo, meio e fim nesse segundo ano. Com mais cenas de ação e mudanças no rumo, sofreu seus ataques de alguns fãs que gostaram mais do primeiro ano. De minha parte, segue sendo a melhor produção do momento e uma das melhores séries que estão em exibição, se não a melhor. Nos vemos no futuro (talvez bem distante) onde a série estará de volta!

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top