Comentários
Mylla Santos Mylla Santos Author
Title: RESTOS HUMANOS: SERÁ QUE ALGUÉM PERCEBERIA SE VOCÊ DESAPARECESSE?
Author: Mylla Santos
Rating 5 of 5 Des:
Você conhece bem seus vizinhos? Saberia dizer se eles estão vivos ou mortos? Ao encontrar por acaso o corpo de uma vizinha e...


Você conhece bem seus vizinhos? Saberia dizer se eles estão vivos ou mortos?

Ao encontrar por acaso o corpo de uma vizinha em avançado estado de decomposição, Annabel Hayer, que trabalha com análise de informações para a polícia, fica horrorizada ao pensar que ninguém — e isso inclui ela mesma — sentiu falta daquela mulher. De volta ao trabalho, ela vasculha os arquivos policiais e encontra dados que mostram um aumento significativo de casos como aquele nos últimos meses em sua cidade. Conforme aprofunda a investigação, Annabel parece cada vez mais convencida de estar no rastro de um assassino, e é obrigada a enfrentar os próprios demônios e a própria fragilidade. Será que alguém perceberia se ela simplesmente desaparecesse? Um thriller psicológico extremamente perturbador, Restos humanos fala de nossos medos mais obscuros, mostrando como somos vulneráveis — e a facilidade com que vidas podem ser destruídas quando não há ninguém que se importe com elas.


Elizabeth começou a escrever quando tinha 13 anos. Em 2008 começou a escrever sua primeira história e acabou mostrando a amigos que passou para frente e assim teve seu primeiro livro publicado. É graduada em alemão e arte na Leicester University e seus livros são fortemente influenciados por seu trabalho como analista criminal na polícia de Kent onde mora atualmente.

Restos humanos é o segundo livro da Elizabeth que leio e quero ler todos os livros que ela escreve. Amo sua escrita e sua trama, seus suspenses são empolgantes. Neste livro corpos em decomposição são encontrados dentro de casas. Annabel é uma analista criminal e vê sua vida mudar depois que encontra sua vizinha em estado avançado de decomposição. Ela fica chocada com essa descoberta, decide investigar e descobre outros casos. Será que são simples assassinatos ou têm algo mais por trás disso?
Se as pessoas pararem de olhar para você, você para de existir? Isso quer dizer que você não é mais uma pessoa? Isso quer dizer que você já está morto?"
 A história começa devagar, mas assim que começam as investigações, tudo muda e ficamos ligados a história. Annabel é uma protagonista chata no começo, mas consegue mudar durante a história. Ela é inteligente, mas muito insegura o que acaba atrapalhando sua vida, seu comportamento monótono e sua apatia em relação a vida é muito similar ao das vítimas. Enquanto isso Colin é pragmático e claro maníaco, em alguns momentos causa repulsa.
Eu estava sob essa nuvem e não havia como sair, não havia escapatória. Era como estar num labirinto em que cada passagem que você escolhesse fosse errada, todas as passagens levando a um beco sem saída. Exceto uma. Havia uma passagem que era a saída. Só precisava encontrá-la."
Um ponto muito positivo no livro é a intercalação de narradores, Annabel e Colin se revezam como narradores dos capítulos. Outro ponto que gostei é o depoimento dos mortos, contando como e porque acabaram daquele jeito, mostrando solidão e desesperança de pessoas tão diferentes. Algumas histórias são surpreendentes. O desfecho poderia ser melhor desenvolvido, ficou parecendo que foi algo escrito as pressas. Esperava um final grandioso, que infelizmente não veio.
Você nunca se dá conta do que é a solidão até que ela começa a rastejar dentro de você, como uma doença; é algo que vai acontecendo progressivamente com você."



TÍTULO ORIGINAL: Human Remains
AUTORA: Elizabeth Haynes
TRADUTOR: Mauro Pinheiro
EDITORA: Intrínseca
ANO: 2014
PÁGINAS: 320
ONDE COMPRAR: Amazon
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top