Comentários
Mylla Santos Mylla Santos Author
Title: LUGARES ESCUROS: A TRAGÉDIA DOS DAY
Author: Mylla Santos
Rating 5 of 5 Des:
Libby Day tinha apenas sete anos quando testemunhou o brutal assassinato da mãe e das duas irmãs na fazenda da família. O acusado...


Libby Day tinha apenas sete anos quando testemunhou o brutal assassinato da mãe e das duas irmãs na fazenda da família. O acusado do crime foi seu irmão mais velho, que acabou condenado à prisão perpétua.

Desde aquele dia, Libby passou a viver sem rumo. Uma vida paralisada no tempo, sem amigos, família ou trabalho. Mas, vinte e quatro anos depois, quando é procurada por um grupo de pessoas convencidas da inocência de seu irmão, Libby começa a se fazer as perguntas que até então nunca ousara formular. Será que a voz que ouviu naquela noite era mesmo a do irmão? Ben era considerado um desajustado na pequena cidade em que viviam, mas ele seria mesmo capaz de matar? Existiria algum segredo por trás daqueles assassinatos?

Gillian Flynn intercala a trajetória detetivesca de Libby com flashbacks dos acontecimentos do dia dos crimes com tanta habilidade que o leitor é levado a diferentes direções. Escrito com primor, Lugares escuros não só mostra como a memória é passível de falhas, mas também evidencia as mentiras que uma criança pode contar a si mesma para superar um trauma.


Gillian Flynn conhecida pelo muito famoso Garota Exemplar, que foi adaptado para o cinema. Outras de suas obras também tiveram destaque como Lugares escuros que irei falar nesta resenha e Objetos cortantes que acaba de virar série, são provas incontestáveis de seu talento para escrever histórias.

O que fazer quando sua mãe e suas irmãs são mortas brutalmente e o principal suspeito é seu querido irmão?

Esse é o grande desafio de Libby Day quando tinha apenas 7 anos, por causa de seu depoimento o irmão é condenado a prisão perpétua. Ela nunca se recuperou desse trauma e sua vida é prejudicada por causa disso. Ignora as cartas que seu irmão envia. Vive isolada e com medo. Conseguiu sobreviver sem precisar trabalhar com ajuda das doações feitas por pessoas que sentem pena pelo que aconteceu com ela.
Eu tenho uma maldade dentro de mim, tão real quanto um órgão. Corte minha barriga e talvez ela escorra para fora, viscosa e escura e caia no chão para que você possa pisar nela. É o sangue dos Day. Há algo de errado com ele."
Vinte e quatro anos depois esse dinheiro está acabando e logo vai ter que conseguir um emprego. Recebe uma proposta no mínimo interessante, participar da reunião de um clube que gosta de debater assassinatos não resolvidos e que acreditam na inocência de seu irmão. Ela enxerga nessa proposta a possibilidade de ganhar dinheiro, então aceita participar. 
É um crime insano, insano, grande parte dele não vai fazer sentido. Por isso as pessoas são tão obcecadas com esses assassinatos. Se fizessem algum sentido, não seriam realmente mistérios, certo?”
E a partir desse encontro Libby começa a refletir sobre perguntas que sempre evitou: será que seu irmão é realmente culpado, ele teria coragem de matar a família ou será que Libby cometeu um erro que condenou seu irmão?

A narrativa é intercalada entre o passado e o presente. No passado temos a narração principal de Libby, Paty (a mãe) e Ben (o irmão). Durante essas partes podemos acompanhar como foi o dia de cada um naquela triste data e como foram envolvidos nessa tragédia.

Libby é instigada a procurar mais informações sobre o caso e acaba descobrindo que não sabia muita coisa sobre o que aconteceu, começando a duvidar das suas certezas enquanto criança.

Gillian tem uma narrativa gostosa, consegue prender facilmente a atenção do leitor, os personagens são muito bem construídos e humanos, a trama consegue despertar nossa curiosidade, nos faz ter várias suposições e justificativas para o que aconteceu. O final não deixa de ser surpreendente.

E assim começa esta macabra história:

  Os Day eram um clã que poderia viver à beça
  Mas Ben Day perdeu a cabeça
  O poder de Satanás o garoto queria
  E matou a família em meio a uma gritaria

  Da pequena Michelle torceu o pescocinho
  Depois de Debby fez picadinho
  A mãe, Patty, guardou para o final
  E, sem piedade, em sua cabeça deu um tiro fatal

  A bebê Libby conseguiu viva permanecer
  Mas passar por aquilo de modo algum é viver

- Cantiga de roda nas escolas em 1985





TÍTULO ORIGINAL: Dark Places
AUTORA: Gillian Flynn
TRADUÇÃO: Alexandre Martins
PÁGINAS: 352
EDITORA: Intrínseca
LANÇAMENTO: 2014
ONDE COMPRAR: Amazon
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top