Comentários
Mylla Santos Mylla Santos Author
Title: O REI DAS CINZAS: A SAGA DOS JUBARDENTES
Author: Mylla Santos
Rating 5 of 5 Des:
O mundo de Garn já foi composto de cinco grandes reinos, até que o rei da Itrácia foi derrotado e todos os membros de sua família ...


O mundo de Garn já foi composto de cinco grandes reinos, até que o rei da Itrácia foi derrotado e todos os membros de sua família foram executados por Lodavico, o implacável rei de Sandura, um homem com ambições de dominar o mundo. A família real de Itrácia eram os lendários Jubardentes, e representavam um grande perigo para os outros reis. Agora restam quatro grandes reinos, que estão à beira de uma guerra.

Mas há rumores de que o filho recém-nascido do último rei de Itrácia sobreviveu, levado durante a batalha e acolhido pelo Quelli Nacosti, uma sociedade secreta cujos membros são treinados para infiltrar e espionar os ricos e poderosos de Garn. Com medo de isso ser verdade, e a criança crescer com um coração cheio de desejo de vingança, os quatro reis oferecem uma enorme recompensa pela cabeça da criança. 

Na pequena vila de Oncon, Declan é um aprendiz de ferreiro, aprendendo os segredos da produção do fabuloso aço do rei. Oncon está situada na Covenant, uma região neutra entre dois reinos. Desde que a área de Covenant foi declarada, a região existiu em paz, até a violência explodir com traficantes de escravos indo até a vila capturar jovens homens para serem soldados em Sandura. Declan precisa escapar, para levar seu conhecimento precioso para o barão Daylon Dumarch, comandante de Marquensas, talvez o único homem que pode derrotar Lodavico de Sandura, que agora se aliou à fanática Igreja do Deus Único e está marchando pelo continente, impondo sua forma extrema de religião sobre a população e queimando descrentes pelo caminho.

Enquanto isso, na ilha de Coaltachin, o domínio secreto da Quelli Nacosti, três amigos estão sendo instruídos nas artes mortais de espionagem e assassinato: Donte, filho de um dos mais poderosos mestres da ordem; Hava, uma menina séria com habilidades de luta que poderiam derrubar qualquer oponente; e Hatu, um rapaz estranho e conflituoso no qual fúria e calma lutam constantemente, e cujo cabelo é de um tom brilhante e ardente de vermelho.


Raymon E. Feist é um autor conhecido por suas histórias de fantasia, Mago foi sua primeira saga. Ele também escreveu a saga do império e esse ano lançou o livro Rei das cinzas, primeiro livro da saga dos jubardentes, e que livro meus amigos.

Neste livro Raymond nos apresenta o mundo de Garn, que antes era composto por cinco grandes reinos, a Itrácia, um reino muito prospero, governada por um rei muito bondoso, mas tanta prosperidade atraiu a inveja de Lodavico rei de Sandura, que provocou uma invasão junto com os outros reis, levando a extinção dos Jubardentes. Porém esses outros reis sabiam que Lodavico não iria parar enquanto não conquistasse todos os reinos.
Tinha traído um homem a quem amava como a um irmão para poupar seu povo de futuras devastações. Como diziam os sacerdotes do Deus Único, Daylon tinham feito um pacto com o Sombrio, vendido a alma."
Existem rumores de que um Jubardente sobreviveu e que foi criado pelo Quelli Nacosti, uma sociedade secreta que treina espiões e assassinos. Ou seja, se essa informação for verdade Lodavico e seus amigos irão sofrer com uma grande vingança.
Não quero aumentar minhas posses, porém prefiro derrubar outro governante a perder o que é meu. Precisa pensar nisso, meu amigo. Prepare-se; não para as pequenas guerras, que irão nos atormentar logo, mas para uma como essa, em que coroas são o objetivo."
Enquanto isso, Declan, um aprendiz de ferreiro que mora na pequena vila de Oncon, está conhecendo os segredos da produção do aço do rei, apenas os melhores ferreiros sabem fazê-lo. Oncon é uma vila pacata situada na Convenant, uma região de paz que não pertence a nenhum dos reinos. Mas após a queda da Itrácia a paz foi abalada e contrabandistas estão a procura de escravos para lutarem por Sandura.
É um bom ferreiro, Declan. O melhor aprendiz que já tive e tem jeito para ser um bom espadachim pelo que vi hoje. De qualquer forma, precisa seguir seu próprio caminho."
Hatu, Donte e Haya, são personagens que também merecem destaque. Hatu é um jovem estranho e que trava uma luta interna com seu temperamento, Donte é filho de um dos mestres mais importantes, mas que não leva o treinamento muito a sério e Haya é uma menina que quando se trata de luta deixa muitos para trás.
A capital de um conjunto de pequenas ilhas espalhadas, habitada por um povo cujo principal produto de exportação era assassinato, espionagem e crimes."
Bom, agora que já falei da história posso falar sobre minhas impressões. É um livro maravilhoso, amei o enredo e fui envolvida pela história, o clima me lembrou Game of Thrones e sim, isso significa que existe tristeza, traições e inveja durante o enredo. No começo fiquei um pouco perdida, mas logo estava envolvida com a história sem conseguir parar. 

Os capítulos são intercalados pela narrativa de Declan e Hatu, então conseguimos acompanhar o que acontece em pontos diferentes de Garn. A leitura é fluida e bem escrita. Assim que terminei já queria o segundo, porque como já era esperado termina em um momento crucial. Mesmo você conseguindo antecipar certas cenas, isso não chega a ser algo negativo, porque a narrativa de Reimond é um ponto forte da história.
Porém, uma coisa ser inevitável não a tornava mais fácil de ser suportada quando chegava, concluiu."


TÍTULO ORIGINAL: King of Ashes
AUTOR: Raymond E. Feist
TRADUÇÃO: Ana Rodrigues
PÁGINAS: 512
EDITORA: Harper Collins
LANÇAMENTO: 2018
ONDE COMPRAR: Amazon

Livro cedido pela editora para resenha.
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top