Comentários
Mylla Santos Mylla Santos Author
Title: UM DIA DE CADA VEZ: COMO LIDAR COM A CULPA
Author: Mylla Santos
Rating 5 of 5 Des:
Alexi Littrell era uma adolescente normal até que, em uma noite de verão, sua vida é devastada. Envergonhada, a menina começa a se ...


Alexi Littrell era uma adolescente normal até que, em uma noite de verão, sua vida é devastada. Envergonhada, a menina começa a se arranhar e a contar compulsivamente — uma tentativa de fazer a dor física se sobrepor ao sofrimento que passou a esconder de todos. Ela só consegue sobreviver ao terceiro ano do ensino médio graças às letras de música que um desconhecido escreve em sua carteira. As canções parecem adivinhar o que o coração de Alexi está sentindo. Bodee Lennox nunca foi um adolescente normal, mas agora é o menino que teve a mãe assassinada pelo pai. Em seguida, ele vai morar com os Littrell, e Alexi acaba descobrindo que o “Garoto Ki-Suco”, o quieto e desajeitado menino de cabelos coloridos, pode ser um ótimo amigo. Em Um dia de cada vez, Alexi e Bodee, ao mesmo tempo em que fingem para o resto do mundo que está tudo bem, passam a apoiar um ao outro, tentando viver um dia de cada vez.

Bodee Lennox nunca foi um adolescente normal, mas agora é o menino que teve a mãe assassinada pelo pai. Em seguida, ele vai morar com os Littrell, e Alexi acaba descobrindo que o Garoto Ki-Suco, o quieto e desajeitado menino de cabelos coloridos, pode ser um ótimo amigo.

Em Um dia de cada vez, Alexi e Bodee, ao mesmo tempo em que fingem para o resto do mundo que está tudo bem, passam a apoiar um ao outro, tentando viver um dia de cada vez.


O livro narra a vida de dois adolescentes que estão tentando lidar com a culpa.

Alexi, uma jovem que levava uma vida normal até que sofreu abuso sexual e vê sua vida mudar. Ela se culpa por não ter conseguido dizer não para seu agressor e tenta se convencer que ele não teve culpa, que não pode estragar a vida dele por causa disso. Ela nunca conseguiu contar para ninguém o que aconteceu, carrega esse peso e se pune por causa disso.
Não importa quanto eu arranhe, as palavras continuam na minha cabeça. Se ao menos eu conseguisse fazer o lado de fora doer mais do que o lado de dentro."
Enquanto isso Bodee tenta superar a culpa por não ter conseguido ajudar sua mãe, que foi morta por seu próprio pai. Bodee se acha culpado por nunca ter contado para ninguém o que acontecia com sua mãe e por não ter feito nada para impedir seu pai. Ele é a melhor parte da história, conseguiu me cativar e conquistar.

Eles estudam na mesma escola, porém só passam a ter contato no enterro da mãe dele. Após a morte dela, Bodee vai morar na casa de Alexi, pois as mães dos dois eram amigas. A partir disso eles passam a se conhecer melhor e começam a descobrir os segredos um do outro.
O poder de Bodee está no jeito como ele me decifra, vê através de mim e, depois, entende a verdade por trás da fachada. Ele é o cara que pode passar direto pela Casa de Espelhos na primeira tentativa."
A história de Alexi me lembrou o livro Fale, pois os dois destacam a importância de falar, de não se culpar em caso de estupros. Os problemas abordados no livro são importantes, mas as vezes a história me fazia perder um pouco do interesse, por mostrar situações um pouco absurdas e Alexi as vezes se comportava de forma irritante. Não consegui me conectar com ela, gostaria que Bodee fosse o narrador.

Mas de forma geral a história tem muito o que mostrar, além de ter uma mensagem importante. Ela consegue retratar como as vezes parentes e amigos não conseguem perceber o que a pessoa está passando.
As pessoas não nascem monstros, eles se tornam."


TÍTULO ORIGINAL: Faking Normal 
AUTORA: Courtney C. Stevens
PÁGINAS: 231
EDITORA: Suma
LANÇAMENTO: 2014
ONDE COMPRAR: Amazon
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top