Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: AINDA DEVO ASSISTIR LOST?
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
Recentemente, em meio a discussões e indicações de séries, me peguei pensando em Lost . E me veio uma dúvida, se devia ainda indicar L...

Recentemente, em meio a discussões e indicações de séries, me peguei pensando em Lost. E me veio uma dúvida, se devia ainda indicar Lost para as pessoas.

Dúvida que existe não baseada na qualidade da série. Você pode ou não gostar (mas saiba que se não gosta, está errado, sem ressentimentos), mas é inegável sua qualidade. Você pode ou não odiar o final da série (aqui eu não julgo ninguém), mas não se deve menosprezar toda uma produção baseada em seu final.

Lost mudou a televisão. Isso é um fato. Nascendo em meio ao boom da internet rápida e acessível, a série se aproveitou disso explorando como nunca antes as possibilidades de teorias, fazendo com que grupos e fóruns debatessem à exaustão o que era lançado em cada episódio. Além disso, ter nascido antes da febre das maratonas construiu sua mitologia, uma vez que esperar o episódio da semana era um evento.

Hoje são poucas as produções que conseguem o feito ser realmente relevantes com apenas um capítulo por semana. Game of Thrones talvez seja uma das últimas que se mantém nessa linha, muito pela HBO, mas aí, não é só televisão.

O meu ponto sobre a indicação de Lost é justamente por esse problema das maratonas. Durante um tempo fui adepto dessa maneira de ver séries, mas com o tempo me tornei um forte opositor à isso. Talvez até saia um texto sobre isso um dia. A questão é, maratonar Lost é perder uma parte essencial da experiência.

Digo isso com conhecimento de causa. Meu primeiro contato com a série foi através de uma maratona. Logo que foi lançado o Box com a 1ª Temporada lembro de meu pai alugá-la na locadora (saudades) e assistirmos tudo em um fim de semana. Foi mágico. Foi minha porta de entrada para as séries, mesmo que não soubesse disso na época.

Porém, a partir do 2º ano do show eu já assistia através de links corsários da internet. E a experiência de acompanhar semanalmente o que acontecia, presenciar debates em fóruns e formular teorias sobre o futuro era algo único.

Por isso meu medo de indicar Lost hoje. Existem algumas séries que quando indico eu já logo digo que não é uma série para maratonar. Ver 10 episódios em um dia vai te fazer perder a essência de cada episódio, a história que tinha dentro dele. Ao mesmo tempo, depois de tantos anos de seu fim, Lost não tem mais essa aura de mistério que à cercava. A experiência de assisti-la hoje jamais será igual ao que era quando ainda estava sendo exibida.


Bem, acho que não cravarei: ASSISTA LOST! Também não direi: NÃO ASSISTA LOST! A escolha é de cada um e acho que o texto ajuda a entender a importância da série e os prós e contras. Mas assim, sem pressão, se não viu ainda, dê uma chance só ao primeiro episódio. Ele foi apenas o mais caro da história da televisão na época. Ok, ser o mais caro pode não significar qualidade, mas aqui significa. 

Se quiser continuar assistindo depois, aproveite! Se não quiser, tudo bem também! Quer motivos para assistir? Toma: 10 Motivos para Assistir: Lost. De toda forma, Lost ainda consegue criar debates, anos após seu final, o que, convenhamos, é uma grande coisa.
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top