Comentários
Jéssica Ohara Jéssica Ohara Author
Title: NOITE DENTRO DA NOITE: PROFUNDA ESCURIDÃO
Author: Jéssica Ohara
Rating 5 of 5 Des:
Durante uma brincadeira no colégio, um garoto bate a cabeça e entra em coma. Ele desperta sem saber ao certo quem é, e, conforme su...




Durante uma brincadeira no colégio, um garoto bate a cabeça e entra em coma. Ele desperta sem saber ao certo quem é, e, conforme suas memórias vão se dissolvendo, tem início o que vem a ser conhecido na família como O Ano do Grande Branco. Nos meses seguintes, o garoto vive a sensação intensa de que aquelas pessoas que cuidam dele e que o alimentam não são seus pais. Todavia, os barbitúricos receitados pelo médico confundem seu raciocínio e o garoto vai aos poucos perdendo as certezas que alguém de onze anos pode ter. É a partir daí que Joca Reiners Terron vai contar essa labiríntica história. Com uma galeria que inclui espiões, guerrilheiros, caçadores e pelo menos um monstro da natureza, “Noite dentro da noite” percorre a história recente do Brasil, inserindo nossa realidade no mesmo caleidoscópio que faz mover este romance incomum e extraordinário.


Não importavam os nomes sem sentido dos autores nas capas. Não passavam de palavras em línguas estranhas, de grunhidos. Os livros lhe faziam bem, mesmo que não entendesse que diziam. Era reconfortante saber que outros também sofriam.

Poucas vezes eu li um livro tão triste, tão intrinsecamente triste. A tristeza chega a ser um personagem e sua evolução é primeiro tornar-se melancolia, depois uma sensação de perda sem fim. Noite dentro da noite é quase um movimento de imersão no mar, um oceano escuro, sombrio, com fissuras. Você nada, nada, e chega a uma câmara escondida dentro do mar que não revela Atlântida ou qualquer outra grande lenda, só revela mais água, dor e sofrimento.

A história é sobre um menino e o Ano do Grande Branco, esse precisa de letras maiúsculas, porque ele não é um período temporal definido, mas uma era que contém a história do menino, do Brasil, do fascismo, da destruição e da perda da humanidade. A última coisa o garoto sabe é que estava em uma brincadeira de esconde-esconde, correu rápido demais, bateu a cabeça e esqueceu o passado. Ele acorda nos braços da família com a sensação de algo errado, fora do lugar. A partir daí, vamos, junto com ele, juntando os pedaços enquanto nossas mentes vão se afogando nas ondas confusas dos analgésicos.

O livro é lento. Joca Reiners Terron constrói, aos poucos, o clima com o objetivo de deixar o leitor ligado á história em todos os seus menores detalhes. Há muito mistério envolvendo a vida do menino e de seus familiares, todos escondem segredo e o do menino é o seu próprio passado que ele sente que está preso em algum lugar dentro de si, mas não consegue alcançá-lo. A história se passa durante a ditadura, no seu período mais duro. A violência é uma constante da qual só cenário que muda. O próprio Brasil é um mistério que revela sua essência numa escala de escuridão e mágica.  

Não sei em que momento, a dor dos personagens tornou-se física para mim, eu sentia aquela angústia escavando dentro da minha cabeça, até fazer um ninho. De repente, eu precisava tanto quanto o garoto de saber o que havia acontecido, quem eram aquelas pessoas cujas histórias influenciavam a vida de todos ao redor dele e do próprio mundo. Joca usa no subtítulo "-uma autobiografia" como se aquela história fosse a dele, da sua família, do Brasil, mas ao fazer isso também a torna nossa porque quanto mais nos adentramos no livro e sentimos que ele sobre a gente também, mais ela se torna pessoal.

A maior discussão desse livro é sobre herança. O que a família nos deixa, não só materialmente, mas também emocionalmente. Como as redes de mentiras, desilusões e medos do passado acumulam-se e são legadas para os nossos descendentes, até que o peso disso tudo desabe em alguém. Noite dentro da noite não pode ser chamado de um livro denso, é um adjetivo pobre demais para tudo o que ele tem. 
Esse livro foi cedido gentilmente pela editora ❤❤❤



AUTOR(A): Joca Reiners Terron
PÁGINAS: 464
EDITORA: Companhia das Letras
LANÇAMENTO: 2017
ONDE COMPRAR: Aqui
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top