Comentários
Ruan Wendell Ruan Wendell Author
Title: OS LADRÕES DE CISNE - UM ROMANCE PSICOLÓGICO SOBRE ARTE E OBSESSÃO
Author: Ruan Wendell
Rating 5 of 5 Des:
Ao atacar uma tela em plena National Gallery of Art, o pintor e professor Robert Oliver é internado em uma instituição psiquiá...






Ao atacar uma tela em plena National Gallery of Art, o pintor e professor Robert Oliver é internado em uma instituição psiquiátrica. Lacrado em seu silêncio e obcecado pelos misteriosos olhos negros de uma dama que desenha à exaustão, Oliver se transforma no passaporte que conduz seu psiquiatra - e também pintor -, Andrew Marlow, a investigações pouco convencionais sobre seu passado. Entrecortada pelas vozes das mulheres que Robert Oliver deixou para trás, a narrativa de Marlow passeia minuciosamente por galerias de arte - especialmente pelas obras dos impressionistas franceses -, discute o fazer e a paixão pela pintura e se soma a mais um dos segredos de seu paciente: a intimidade das cartas trocadas por dois amantes, e artistas, franceses do século XIX.







Os ladrões de cisne foi o tipo de livro que demorei a retirar da estante para leitura e que ao término, me arrependi de não tê-lo lido antes. Logo no começo do livro, nos é apresentado o personagem Marlow, um psiquiatra com um interesse artístico que logo conquista o leitor pelo seu carisma.

Logo ficamos sabendo acerca de Robert, um pintor e professsor de arte que tenta atacar uma das telas do National Gallery of Art e que acaba de ser internado na clínica que Marlow trabalha. A narrativa se desenvolve a partir da relação médico-paciente entre os dois, assim como do mistério que cerca o ato impetuoso de Robert.

O começo do livro pode ser um pouco lento, mas a partir do momento em que ficamos mais familiarizados com a história, a narrativa ganha profundidade. A escrita da autora é impecável e faz o leitor ficar preso na história, ainda que esta não seja cheia de ação. O desenvolvimento dos personagens surpreende a cada capítulo e tendo como narrador principal um psiquiatra, essa característica fica ainda mais evidente.

É notável também como a autora, através da visão de Marlow, nos mostra a tênue relação entre médico e paciente, principalmente em casos psiquiátricos. Com uma aparente curiosidade, mas motivado a priori por ajudar Robert, o médico embarca em uma verdadeira missão em busca de esclarecer os fatos, começando por descobrir quem é o pintor, e o que o teria levado a querer cometer tal ato. Nessa jornada, o próprio personagem se pergunta em muitas passagens se não estaria excedendo a ética profissional ao buscar essas informações, e como o objetivo dessa busca logo parece mudar da "melhora de um paciente", a "satisfazer sua curiosidade". De qualquer modo, acredito que a mensagem que a autora também quis passar é que, como ser humano, o médico se envolveria de qualquer forma, e no final, o uso dessas informações justifica sua atitude aparentemente anti-ética.

Outra característica que torna o livro excepcional é a mudança de narrativa na história. Ainda que esse recurso narrativo seja comum, muitos autores não sabem utilizá-lo corretamente. Neste livro a autora se utiliza da técnica com graça e de forma a justificar a história. Que traz também outro aspecto importante, a voz das mulheres na trama.

Diretamente ou não, as principais personagens femininas apresentadas na história estão de alguma forma ligadas à Robert Oliver, e poder entender a história delas e sua ligação com o pintor é realmente envolvente. A história de Kate é interessante, a de Mary mais ainda e o romance proibido de séculos atrás de Béatrice de Clerval narrado por meio de cartas é indescritível.

Por meio da narrativa, a autora mostra seu potencial em evocar figuras e paisagens do passado, assim como do presente da forma mais realista possível. Com personagens fortes e altamente reais, a história se desenrola numa proporção magnífica. Esse é um romance sobre paixões, perdas e obsessão. Um mistério delicado sobre o limiar entre loucura e sanidade e tendo a arte como pano de fundo, nos mostrando que é por meio dela que podemos expressar todas essas emoções.





Título: Os ladrões de Cisne
Autora: Elizabeth Kostova
Tradutora: Adalgisa Campos
Editora: Intrínseca
Páginas: 536
Onde comprar: Amazon
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top