Comentários
Unknown Unknown Author
Title: GRAÇA E FÚRIA: A FORÇA VEM DE ONDE MENOS SE ESPERA.
Author: Unknown
Rating 5 of 5 Des:
Em Viridia, as mulheres não têm direitos. Em vez de rainhas, os governantes escolhem periodicamente três graças — jovens que viveri...


Em Viridia, as mulheres não têm direitos. Em vez de rainhas, os governantes escolhem periodicamente três graças — jovens que viveriam ao seu dispor. Serina Tessaro treinou a vida inteira para se tornar uma graça, mas é Nomi, sua irmã mais nova, quem acaba sendo escolhida pelo herdeiro.

Nomi nunca aceitou as regras que lhe eram impostas e aprendeu a ler, apesar de a leitura ser proibida para as mulheres. Seu fascínio por livros a levou a roubar um exemplar da biblioteca real — mas é Serina quem acaba sendo pega com ele nas mãos. Como punição, a garota é enviada a uma ilha que serve de prisão para mulheres rebeldes. Agora, Serina e Nomi estão presas a destinos que nunca desejaram — e farão de tudo para se reencontrar.


Uma história de duas irmãs completamente diferentes, mas que se completam em tantas coisas. E que matariam para se reencontrarem de novo. Enquanto uma treinava para ser uma Graça, a outra irmã se enfurecia por essa vida em que a mulher teria que viver submissa. E quando a situação muda, as irmãs vão ter que encontrar forças para serem aquilo que elas nunca imaginavam que seriam e salvar a si mesmo e a outra.

Nomi nunca entendeu o por que da irmã querer ser submissa ao rei, enquanto a própria Nomi era um ato de resistência, ela aprendeu, sozinha a ler e a escrever, já que é crime passável de morte uma mulher ler e escrever no reino. E quando a Serina é uma das graças escolhidas, para tentar ser escolhida uma das futuras três graças reais, Nomi vai junto para ser sua aia. E logo no primeiro dia, enquanto passeia pelo castelo, ela depois de surrupiar um livro da biblioteca real, e ter um encontro traumático com futuro herdeiro, esse último acaba escolhendo a Nomi com uma das futuras aias.

E, como desgraça pouco é bobagem, depois de mostrar para a irmã o mal fadado livro, a Serina acaba tomando o lugar da irmã no crime, e é levada para a prisão.

Assim, a história se divide: enquanto a Serina tenta se manter viva na prisão, se juntando ao grupo das lutas na arena, a Nomi tenta de todas as maneiras em sair do castelo e salvar a irmã, incluindo uma parceria com um grande aliado.

Apesar de ser um plot bem óbvio, me lembrando um pouco de um dos plots de A Rainha Vermelha, o livro me conquistou pela história das duas personagens principais. As duas irmãs estão em papeis em que elas não estão acostumadas, que nunca estiveram na pele, e têm que se virar, as duas mostram uma força que, também, nunca imaginaram ter.

A prisão não é local para uma garota que exala fragilidade, e o castelo (em meio aos lobos), não é o local para a garota que se faz tão rebelde contra as regras e submissão para as mulheres. Nomi e Serina se fortalecem, enquanto pensam em salvar uma a outra, através de varias formas em que elas têm acesso, e a história é bem conduzida nesse ponto, mostrando a construção das duas irmãs, como elas mudam e melhoram, se tornando armas afiadas.

E é bastante interessante os dois cenários: na prisão e o castelo. Na prisão, onde as mulheres são mandadas para lá por algum crime (às vezes “sem sentindo”, vamos deixar por aqui mesmo), são interessantes de se ver. O grupo que a Serina se junta é bem louco, é o que comanda as lutas para garantir a própria sobrevivência, e se for preciso tirar sangue e até matar as oponentes, isso vai acontecer. Então, a garota que iria se tornar uma Graça, tem que se virar para não sucumbir, e começa a treinar, como se fosse morrer na esquina, e isso poderia mesmo acontecer.

Enquanto no castelo é o jogo mental pela sobrevivência, e conseguir chegar até o herdeiro do trono, ou não. Nomi, que não está acostumada a isso tudo, vai que que escolher alianças as cegas, sem saber em quem confiar. E é ai que surge o outro filho do rei atual, o filho mais novo, que, até onde se sabe, também não aguenta mais as loucuras do pai, e as “insanidades” do irmão, e também se sente sufocado no castelo.

Mas as duas garotas arranjam forças uma na outra, mesmo que não estejam mais próximas. E é bonito de ver o quão elas lutam por isso, e os mesmo que os meios para justificarem os fins não seja tão nobre assim, para um reino melhor e justo, as justificativas valem a pena. Assim, Graça e Fúria vem para nos mostrar que a força para se tornar uma pessoa afiada e guerreira vem de onde menos se espera. 


TÍTULO: Graça e Fúria


AUTOR: Tracy Banghart
TRADUTORA: Isadora Prospero
EDITORA: Seguinte
PÁGINAS: 304
ANO: 2018
ONDE COMPRAR: Amazon


Livro cedido pela editora para resenha.

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top