Comentários
Diário de Seriador Diário de Seriador Author
Title: MULHERES E FICÇÃO: UMA REFLEXÃO NECESSÁRIA SOBRE MULHERES NA LITERATURA
Author: Diário de Seriador
Rating 5 of 5 Des:
Hoje considerada uma das maiores escritoras do século XX, Virginia Woolf foi uma grande romancista e ensaísta, bem como figura de d...



Hoje considerada uma das maiores escritoras do século XX, Virginia Woolf foi uma grande romancista e ensaísta, bem como figura de destaque na história da literatura como feminista e modernista. Ela se preocupava em particular com a experiência das mulheres, não apenas nos romances, mas também nos ensaios. Prova disso é esta pequena coletânea que trata do papel das mulheres na ficção.

Com ensaios que versam sobre a autora Jane Austen, as personagens Jane Eyre e Catherine Earnshaw (de O morro dos ventos uivantes) e vários outros temas, Woolf explora o lugar que as mulheres ocuparam e ainda podem ocupar na literatura.

Outros ensaios aqui reunidos falam também da ficção moderna, do ponto de vista do leitor comum, das diferentes formas de se ler um livro, e de diversos temas caros a todos os interessados por literatura.



“Por muito tempo na história ‘‘Anônimo’’ foi uma mulher”
Virgínia Woolf

Como mulher e leitura assídua de literatura, este livro de Virginia Woolf (autora pela qual eu já tenho um carinho imenso), chamou minha atenção logo de cara. Como a própria Woolf afirma, o título é dual e você pode encará-lo sobre como as mulheres produzem ficção e como elas são retratadas na mesma. 

Eu fiz um exercício alguns anos atrás, sobre parar para perceber a porcentagem de autoras mulheres que eu estava lendo, e mais de 70% de leituras eram de autores homens e eu, que nunca havia reparado isso, não liguei. Hoje, minhas leituras são muito mais equilibradas neste sentido, mas eu ainda penso nisso com frequência. Fico pensando na maneira como escrevemos ficção e na maneira como somos retratas nela.



Neste livro, que consiste em uma coletânea de Vírginia Woolf, vamos encontrar uma divisão em 9 ensaios:

Mulheres e Ficção
Ficção Moderna
O leitor comum
Jane Austen
Jane Eyre e O Morro dos Ventos Uivantes
Como se deve ler um livro?
Geraldine e Jane
“Eu sou Christina Rossetti”
Pensamentos de paz durante um ataque aéreo

Aqui passamos por debates que variam sobre como as mulheres foram deixadas de lado na literatura durante tanto tempo, mesmo participando efetivamente desta por séculos, como grande parte da história da literatura é formada por homens e como somente a partir do século XIX as mulheres finalmente começam a ganhar seu destaque.

Woolf também debate sobre como literatura é escrita através de vivências, logo, quando falamos de Jane Austen, por exemplo, que escreve livros com temáticas bastante semelhantes é apenas natural. A vivência das mulheres durante boa parte da história consistiu no ambiente familiar, dentro de casa e sem muitas vivências de mundo, logo, estaa é a representação que encontramos. Quando a história das mulheres avança, a literatura avança com ela e temos novas formas de representação e mais mulheres NOS representando também.



Este livro de Woolf é um convite a reflexão nos mais diversos sentidos. Ainda hoje, meninas e mulheres precisam lutar para terem garantido seus direitos básicos: direito à vida, ao seu corpo, às suas escolhas, à equidade de gênero e a educação. Hoje, ainda encontramos um número assustador de meninas que não possuem acesso às escolas. A representação literária das mulheres importa e é necessária, bem como a presença de autoras mulheres nas nossas estantes, nas nossas leituras e na nossa vida. 

E você? Quantos livros de autoras mulheres ou com protagonismo feminino forte você leu ano passado? Vamos ler mais ainda este ano? Vale a pena, eu te prometo. 

Título: Mulheres e ficção
Autor: Virginia Woolf
Tradutor: Leonardo Fróes
Editora: Penguin & Companhia das Letras
Páginas: 102
Ano: 2019
Onde Comprar: Amazon
Livro cedido pela editora para resenha.

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top