Comentários
yngrid yngrid Author
Title: O PACIFISTA: COMO SER PACÍFICO E GAY EM MEIO A UMA GUERRA MUNDIAL
Author: yngrid
Rating 5 of 5 Des:
  Inglaterra, setembro de 1919. Tristan Sadler, vinte e um anos, toma o trem de Londres a Norwich para entregar algumas cartas à...




Inglaterra, setembro de 1919. Tristan Sadler, vinte e um anos, toma o trem de Londres a Norwich para entregar algumas cartas à irmã mais velha de William Bancroft, soldado com quem combateu na Grande Guerra. Mas as cartas não são o verdadeiro motivo da viagem de Tristan. Ele já não suporta o peso de um segredo que carrega no fundo de sua alma, e está desesperado para se livrar desse fardo, revelando tudo a Marian Bancroft. Resta saber se o antigo combatente terá coragem para tanto. Enquanto reconta os detalhes sombrios de uma guerra que para ele perdeu o sentido, Tristan fala também de sua amizade com Will, desde o campo de treinamento em Aldershot, onde se encontraram pela primeira vez, até o período que passaram juntos nas trincheiras do norte da França. O leitor pode testemunhar o relato de uma relação intensa e complicada, que proporcionou alegrias e descobertas, mas também foi motivo de muita dor e desespero.




Tenho um caso de amor com o autor John Boyne que já vem de muito tempo, já li outros 4 livros dele e é incrível como ele consegue manter a qualidade da sua escrita e de suas histórias, em O Pacifista não poderia ser diferente. Quando não souber o que ler, leia qualquer coisa desse escritor.

Em 1919 a gente acompanha o Tristan, um ex soldado de guerra, da primeira mundial, que vai fazer uma visita a uma irmã de seu falecido amigo de batalha, Will, para conversarem sobre ele. Como característica do autor, o livro vai alternar o presente com memórias, o que torna ainda gostosa a leitura com o gostinho da curiosidade que fica ao fim de cada capítulo. 

O foco do livro é falar sobre a guerra e suas diversas perspectivas, e uma das mais curiosas, as histórias dos pacifistas e de como os soldados lidavam com elas. Para  quem assistiu até o último homem já teve o primeiro contado do que seria esse "movimento", que são pessoas que se recusam a pegar em armas ou usá-las. Tristan e Will acabam conhecendo uma dessas pessoas, que dá nome ao livro, somando-se a isso os personagens protagonizam um romance LGBT. Assim, a temática de guerra por si só já é muito triste, imaginem acrescentando o fato de ser LGBT naquela época e já podem comprar 5 caixas de lencinhos, porque é uma história delicada, que muitas vezes você pode ter raiva de comportamentos duvidosos, hora amar hora odiar alguém, mas que não deixa de ser uma história triste, porém linda, como todas as outras deste autor.





AUTOR(A): John Boyne
PÁGINAS: 302
EDITORA:Companhia das Letras
LANÇAMENTO: 2012
ONDE COMPRAR: Aqui

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top